conecte-se conosco
Fortaleza_Chapecoense_Pikachu Fortaleza_Chapecoense_Pikachu

CEFortalezaSérie AÚltimas

Com um a menos, Fortaleza vence de virada a Chapecoense e assume o 3º lugar da Série A

Foto: Fortaleza/EC

Publicados

em

Com direito a pênalti anulado pelo VAR e expulsão de Quintero logo no início do segundo tempo, o Fortaleza fez um jogo intenso contra a Chapecoense no Castelão, na tarde desta quarta-feira, pela oitava rodada da Série A. Mas os cearenses tiveram um final feliz. Mesmo depois de sair atrás no placar, o Tricolor do Pici empatou a partida com David, virou com Robson e ampliou com Pikachu. O time catarinense marcou com Anselmo Ramon e Perotti.

Com o triunfo, o Leão volta a vencer no Brasileiro após três empates e uma derrota e sobe para a terceira posição na tabela, agora com 15 pontos somados. Na próxima rodada, o Fortaleza volta a campo em um confronto direto na briga pela segunda colocação. O time cearense o vice-líder Athletico-PR, na Arena da Baixada, no sábado, às 19h.

Fortaleza tem dificuldade para se infiltrar na defesa da Chape e sai atrás no primeiro tempo

Um primeiro tempo em que o Fortaleza penou para se infiltrar na defesa muito bem postada da Chapecoense, principal virtude da equipe comandada pelo técnico Jair Ventura. Que, por sua vez, quando chegava ao ataque do Leão do Pici, conseguia ser mais produtiva. Aos 11, Derlan aproveitou falha de Lucas Crispim e quase abriu o placar no Castelão. Depois, aos 22, em cobrança de falta na entrada da área, Ravanelli levou perigo ao gol de Felipe Alves.

A partir daí, o Fortaleza conseguiu trabalhar melhor a bola e criar chances efetivas ao gol de João Paulo. a primeira, aos 24, Ederson recebeu cruzamento de Crispim na esquerda e finalizou na grande área para o goleiro da Chape se esticar todo e defender. No rebote, Romarinho finalizou mal, fraco, e o arqueiro segurou em dois tempos. Na sequência, mais uma chance, com nova intervenção de João Paulo. Felipe enfiou boa bola, Matheus Vargas ficou cara a cara com o goleiro catarinense, que defendeu.

Martelando por 10 minutos e sem conseguir achar o gol, a Chapecoense, na oportunidade que teve, abriu o placar. Fernandinho foi derrubado na área por Romarinho e, com o VAR, o pênalti foi marcado. Anselmo Ramon foi para a cobrança e abriu o placar em Fortaleza. Com o jogo se encaminhando para os minutos finais, o time cearense se lançou mais ao ataque mas abusou de perder chances – além de ter um pênalti assinalado pelo árbitro, mas invalidado pelo VAR. Aos 50, após disputa de Titi pelo alto, a bola sobro para Quintero na grande área e, com o gol praticamente livre, finalizou para muito longe do gol da Chape.

Mas reage logo cedo, apesar de expulsão de Quintero: empata, vira e amplia

Mas se a tentativa de marcar o gol foi impedida no primeiro tempo, ela se concretizou logo no início da etapa complementar. Aos 4, Matheus Vargas recuperou a bola, cruzou para o gol e João Paulo espalmou. No rebote, David empatou para o Tricolor. Seguindo na pressão, o Fortaleza criou nova chance com Pikachu, aos oito. O meia atacante bateu cruzado e o arqueiro da Chape defendeu.

E mesmo com expulsão no minuto seguinte de Quintero, e com boa defesa de Felipe Alves no chute de Fernandinho, o time cearense foi absoluto na partida. Na verdade, melhorou seu desempenho ofensivo logo depois de estar em desvantagem numérica. Não à toa, virou a partida com Robson, aos 16, com ‘dedo’ de Vojvoda, e ampliou a vantagem com Pikachu, em bela jogada individual, aos 26. Depois do gol, em uma posição confortável no jogo, os cearenses baixaram as linhas de marcação, dando campo para a Chape, mas foi em um jogada de bola parada que ela diminuiu o placar. Ignácio, que acabara de entrar, ajeitou de cabeça e Perotti se jogou para fazer o 3 a 2.

Ficha do jogo

Fortaleza 3

Felipe Alves, Quintero, Benevnuto, Titi e Éderson; Felipe (Ronald), Matheus Vargas (Robson) e Crispim (Bruno Melo); Pikachu, David (Tinga) e Romarinho (Luiz Henrique). Técnico: Vodjova.

Chapecoense 2

João, Derlan, Ignácio, Felipe Santana e Matheus Ribeiro; Lima, Mancha (Felipe Silva) e Ravanelli (Jeuvânio); Mike (Kaio Nunes), Fernandinho e Anselmo Ramon (Perotti). Técnico: Jair Ventura.

Local: Arena Castelão
Árbitro: Antônio Dib Moraes (PI)
Assistentes: Rogério de Oliveira Braga (PI) e Márcio Iglésias Araújo (PI)
Gols: Anselmo Ramon, da Chapecoense, aos 35′ do 1T; David, aos 4′ do 2T, para o Fortaleza; Robson, aos 16′ do 2T; Pikachu, aos 26′ do 2T; Perotti, aos 35′ do 2T, para a Chapecoense
Cartões amarelos: Quintero (F), Lima (C), Ravanelli (C), Benevenuto (F), Felipe Alves (F)
Cartão vermelho: Quintero (F)

Ouça a partir do minuto 12′:

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending