conecte-se conosco

Copa do NordesteMANáuticoPESampaio CorrêaÚltimas

Em São Luís, Náutico aproveita chance e vence o Sampaio Corrêa pelo Nordestão

Timbu venceu a primeira no Regional; Bolívia segue fora do G4

Foto: Divulgação/ Náutico/ João Lucas/ MA

Publicados

em

Em um jogo bem disputado, mas de poucas oportunidades, o Náutico aproveitou a melhor chance que teve e venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0, na noite deste sábado, no estádio Castelão, pela terceira rodada da Copa do Nordeste. O solitário gol do confronto foi marcado por Rhaldney, no primeiro tempo.

E agora?

Com o resultado, o time maranhense fica em quinto do grupo A, com três pontos, enquanto o Náutico sobe para segundo da chave B, com quatro. Na sequência, a Bolívia visita o Ceará, enquanto o Náutico recebe o Fortaleza, ambos no próximo sábado.

O jogo

Sampaio Corrêa e Náutico fizeram um jogo bem equilibrado e de poucas chances. Muito disputado no meio de campo, as equipes esbarraram nos sistemas defensivos, mas com o passar do tempo os espaços foram aparecendo pelo desgaste apresentado de cada lado. Assim, o jogo passou a ter emoção na metade final da primeira etapa. E foi em um desses lances que o Timbu abriu o placar.

Aos 32 minutos, Ewandro foi acionado em profundidade entre a marcação pela esquerda, chegou na linha de fundo e cruzou para Rhaldney – como elemento surpresa – completar de carrinho e colocar o Timbu em vantagem.

O gol acordou a Bolívia, que tentou ser mais incisivo e conseguiu chegar pela direita duas vezes. Na melhor delas, Wesley Dias exigiu grande defesa de Lucas Perri em chute da entrada da área, enquanto na outra Pimentinha entrou na diagonal em boas condições, mas bateu fraco e parou no goleiro Alvirrubro.

Segundo tempo

A etapa complementar voltou com o mesmo cenário: o Sampaio Corrêa tentando ir para cima em busca do empate e o Náutico bem postado explorando a velocidade dos pontas. E dentro dessa proposta foi o Timbu quem assustou, com Leandro Carvalho, em chute cruzado pela esquerda após escapada individual.

Com o passar do tempo, o técnico João Brigatti fez mexidas a fim de melhorar o rendimento da equipe, com as entradas de Eloir e Wendson. Mas o Náutico seguiu bem em campo e conseguiu impedir o ímpeto dos mandantes – a jogada mais perigosa foi uma cobrança de falta de Soares, bem defendida por Lucas Perri. Assim, o Timbu conquistou a primeira vitória no Nordestão.

Ficha

Sampaio Corrêa

Luiz Daniel; Matheusinho (Van), Allan, Nilson Júnior, João Victor; Wesley Dias (Eloir), Ferreira, Soares; Thiago André (Wendson), Eron e Pimentinha (Gabriel Popó). Técnico: João Brigatto

Náutico

Lucas Perri; Hereda, Carlão, Rafael Ribeiro, Júnior Tavares; Djavan, Rhaldney, Richardo Franco (Wagninho); Ewandro (Juninho Carpina), Robinho e Leandro Carvalho (Pedro Vitor). Técnico: Hélio dos Anjos

Local: Castelão
Cartões amarelos: Matheusinho (SAM); Júnior Tavares e Pedro Vitor (NÁU)
Gols: Rhaldney (NÁU)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados