conecte-se conosco

CEFortalezaSérie AÚltimas

Fortaleza leva gol cedo, pressiona, mas perde para o Flu e segue lanterna do Brasileirão

Leão permanece com apenas um ponto na Série A, em último; veja

Foto: Mailson Santana/ FFC

Publicados

em

O Fortaleza foi penalizado com o vacilo da defesa, ainda no início do jogo, e acabou derrotado pelo Fluminense por 1 a 0, na tarde deste domingo. Depois de Luiz Henrique abrir o placar aos nove minutos, o time do Pici foi melhor, pressionou, mas não conseguiu marcar no Castelão, pela sétima rodada do Brasileirão.

E agora?

Com o resultado, o Leão segue em último, com apenas um ponto em seis jogos. Na sequência da temporada, o Fortaleza vira a chave para a Taça Libertadores, onde visita o Colo Colo-CHI, nesta quarta.

O jogo – Fortaleza e Fluminense

O Fortaleza começou desatento defensivamente, o que custou caro. Logo aos nove minutos, Landázuri tentou cortar cobrança de lateral mas cabeceou para trás e a bola sobrou para Luiz Henrique, que avançou livre, cortou Capixaba e, apesar do chute fraco, abriu o placar – Max Walef falhou no lance.

A partir daí, só deu o time do Pici. A equipe encurralou o Fluminense e rondou a área, mas pecou na definição das jogadas. Na melhor conclusão, Capixaba parou no travessão em chute entrando área. Romero, em sobra de bola na marca do pênalti, parou em Fábio. O mesmo ocorreu em cabeceio de Jussa, que viu o goleiro se esticar todo para defender.

Outra alternativa do Leão foram as bolas em profundidade para Moisés. O atacante, no entanto, esteve pouco inspirado na tentativa de criar e parou na marcação. O primeiro tempo terminou com 11 finalizações do Fortaleza – contra duas -, oito escanteios e 62% de posse de bola para os donos da casa.

Segundo tempo – Fortaleza e Fluminense

Na etapa complementar, o cenário do jogo voltou o mesmo, com o Leão em cima atrás do resultado. Porém, com menos ímpeto por conta do ritmo que impôs no primeiro tempo. Ainda assim, o Fortaleza chegou a abrir o placar, mas teve o gol anulado.

VAR anula gol do Fortaleza

Aos dez minutos, Lucas Lima puxou contra-ataque e acionou Moisés, que no mano a mano da entrada da área cortou a marcação e bateu bem para abrir o placar. O VAR, no entanto, chamou a revisão do lance e apontou falta do Leão no início da jogada.

Mais mudanças em busca do empate

Com o passar do tempo, Vojvoda fez três alterações no setor ofensivo a fim de dar gás novo: Crispim, Depietri e Kayzer. O time retomou o ritmo do primeiro tempo e voltou a pressionar com chutes de fora da área, mas Robson parou em Fábio; chute de Lucas Lima, que a zaga tirou em cima da linha; e cruzamento rasteiro de Jussa, que por centímetros não achou Kayzer no segundo pau.

Mas não era o dia do Fortaleza, que perdeu mais uma e segue em último, sem vencer na Série A.

Ficha – Fortaleza e Fluminense

Fortaleza

Max Walef; Landázuri (Lucas Crispim), Marcelo Benevenuto, Titi (Matheus Jussa); Yago Pikachu, Zé Welison, Hércules (Robson), Lucas Lima, Juninho Capixaba; Silvio Romero (Kayzer) e Moisés (Depietri). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Fluminense

Fábio; Yago, Nino (Luccas Claro), David Braz, Marlon; André, Wellington, Nathan (Samuel Xavier), Luiz Henrique (Caio Paulista) e Ganso; Germán Cano. Técnico: Fernando Diniz

Local: Castelão, Fortaleza
Cartões amarelos: Lucas Lima (FOR)
Gols: Luiz Henrique (FLU)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados