conecte-se conosco
Fortaleza é eliminado da Libertadores pelo Cerro Fortaleza é eliminado da Libertadores pelo Cerro

CEFortalezaLibertadoresÚltimas

Fortaleza é derrotado pelo Cerro Porteño e dá adeus à Libertadores

Publicados

em

A experiência fez a diferença no confronto entre Cerro Porteño e Fortaleza pela última fase da pré-Libertadores. Jogando fora de casa, o Leão tentou propor o jogo, mas sofreu com a forte marcação e as descidas objetivas do time paraguaio. Assim, com gols de Carrizo e Aquino, o time paraguaio avançou para a fase de grupos com a vitória por 2 a 1.

Com o resultado, o Fortaleza se despede da Libertadores diante do tradicional time paraguaio. Assim, a eliminatória termina com o placar de 3 a 1 no agregado. Agora, o Tricolor do Pici irá disputar a fase de grupos da Copa Sul-Americana.

O jogo

Precisando reverter a desvantagem obtida com a derrota na capital cearense, o Fortaleza tentou dominar as ações desde o início da primeira etapa. Contudo, a primeira boa chance do jogo foi do Cerro Porteño. Aos 2, Báez cruzou pela esquerda e Churín subiu para cabecear para boa defesa de João Ricardo.

Apesar do susto, o Leão do Pici não se intimidou e seguiu trabalhando a bola para chegar à meta paraguaia. Dessa forma, Thiago Galhardo teve uma ótima oportunidade, mas esbarrou em Jean, que já havia fechado o gol na primeira partida. Entretanto, esse domínio das ações não se converteu em perigo, o que deu a possibilidade do Cerro Porteño tomar gosto pela partida.

Libertadores - Cerro x Fortaleza
Tricolor do Pici não conseguiu dominar as ações na primeira etapa – Foto: Mateus Lotif/Fortaleza

Portanto, aos 37, os donos da casa conseguiram abrir o placar e ampliar a sua vantagem. Após boa subida pela direita, Aquino cruzou para a área, Marcelo Benevenuto tentou cortar e acabou acertando a trave. Assim, a bola sobrou limpa para Carrizo, que entrou livre e bateu para superar o goleiro João Ricardo.

Com dois gols de prejuízo, o técnico Juan Pablo Vojvoda fez alterações visando tornar a equipe mais ofensiva. Logo, entraram Yago Pikachu e Calebe nas vagas de Romarinho e Hércules.

Porém, o que se viu em campo na segunda etapa foi um Cerro Porteño com mais posse de bola e controlando bem a partida. Assim, os paraguaios conseguiram marcar o segundo após uma cobrança de escanteio. Aos 16, Carrizo lança para a área e, em jogada ensaiada, Aquino finaliza de voleio para finalizar sem chances para João Ricardo.

Após sofrer o segundo gol e ver o agregado subir para 3 a 0, o Fortaleza sentiu bastante o golpe. Logo, o Cerro passou a tocar bem a bola e agredir o Tricolor que não conseguia esboçar reação. Nos minutos finais, Fernández ainda teve duas oportunidades de marcar, mas esbarrou em João Ricardo e Benevenuto.

Libertadores - Cerro Porteño x Libertadores
Foto: Mateus Lotif/Fortaleza

Nos acréscimos, o Leão do Pici ainda conseguiu marcar o seu gol de honra. Calebe fez bom lançamento para Júnior Santos, que avançou, driblou os defensores do Cerro e deu a bola para Guilherme completar de carrinho.

Mesmo assim, o Fortaleza dá adeus à Libertadores e irá disputar a fase de grupos da Copa Sul-Americana. O sorteio dos grupos da competição será realizado no dia 27 março, quando os cearense irão conhecer seus rivais.

Próximos jogos

Agora, o Fortaleza vira a chave para a decisão da vaga na final do Campeonato Cearense. O Tricolor do Pici volta a campo no próximo domingo, às 18h30, na Arena Castelão. Para avançar, o Leão precisa vencer o Ferroviário por qualquer placar.

Blog de Cassio: VAR Light: Versão mais simples do árbitro de vídeo chega ao NE e deve crescer em 2024

Ficha do jogo

Cerro Porteño 2
Jean; Espíndola, Patiño, Piris da Motta e Báez; Wilder Viera, Lucena (Bobadilla), Carrizo (Enzo Giménez) e Aquino (Samudio); Morales e Diego Churín (Fernando Fernández). Técnico: Facundo Sava.

Fortaleza 1
João Ricardo; Brítez, Marcelo Benevenuto, Titi e Lucas Crispim; Caio Alexandre, Hércules (Calebe) e Pochettino; Romarinho (Yago Pikachu), Thiago Galhardo (Júnior Santos) e Lucero (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Local: Estádio General Pablo Rojas
Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)
Assistentes:  Jorge Urrego e Tulio Moreno (VEN)
VAR: Juan Soto (VEN)
Gols: Carrizo aos 37/1ºT e Aquino aos 16/2ºT (Cerro); Guilherme aos 46/2ºT (Fortaleza)
Cartões amarelos: Viera, Churín, Lucena, Báez (Cerro); Benevenuto e Lucero (Fortaleza)

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados