conecte-se conosco
Fortaleza x Mérida - Sul-Americana Fortaleza x Mérida - Sul-Americana

CECopa Sul-AmericanaFortalezaÚltimas

Fortaleza goleia Estudiantes de Mérida em aniversário de dois anos de Vojvoda no Pici

Publicados

em

No dia do segundo aniversário de Juan Pablo Vojvoda no comando do Fortaleza, o time do Leão do Pici deu um presente ao técnico e por consequência ao seu torcedor. Diante do Estudiantes de Mérida, o Tricolor do Pici foi dominante na Arena Castelão e manteve os 100% na Copa Sul-Americana ao golear por 6 a 1.

Com o resultado, os alencarinos seguem na liderança do Grupo H, com nove pontos em três jogos. Em uma campanha exemplar, o Fortaleza tem 12 gols marcados – melhor ataque da competição até aqui – e apenas dois sofridos.

O jogo

Diante de seu torcedor e querendo coroar o aniversário de dois anos de Vojvoda no Fortaleza, o time cearense não tomou conhecimento Estudiantes de Mérida e partiu para cima dos venezuelanos em busca do primeiro gol, que quase saiu aos 10 minutos, em belo chute de Thiago Galhardo, mas o lance foi impugnado pela arbitragem colombiana.

Contudo, o primeiro gol do Leão não demoraria a acontecer. Aos 24, Zé Welison chutou da entrada da área e a bola resvalou na mão de um defensor venezuelano. Assim, com auxílio do VAR, a arbitragem de campo marcou a penalidade, que foi bem batida por Yago Pikachu.

Após o gol, o Fortaleza seguiu com mais volume de jogo e criando chances para marcar, mas esbarrando na linha de 3 zagueiros do Mérida. Assim, na reta final, Zé Welison ampliou a vantagem. Aos 42, o volante recebeu bola na entrada da área e bateu colocado para vencer Velásquez.

Zé Welison - Fortaleza
Zé Welison participou dos dois gols do Leão na primeira etapa – Foto: Mateus Lotif/Fortaleza

O que a torcida do Fortaleza não contava era que a defesa desligaria na primeira chegada perigosa do Mérida. Dessa forma, já nos acréscimos, Medrano recebeu bola na área após cruzamento da esquerda, chutou errado e a bola sobrou para Arenas, livre, finalizar sem chances para Fernando Miguel.

A volta para o segundo tempo mostrou uma queda vertiginosa de desempenho do Fortaleza. Assim, o Mérida se aproveitou e chegou a marcar o segundo gol com Arenas. Contudo, para a sorte do Leão, a arbitragem impugnou o lance.

Dessa forma, sentindo o momento da equipe Vojvoda realizou duas alterações, acionando Calebe e Moisés nas vagas de Pochettino e Guilherme. Com as mudanças, o Tricolor do Pici voltou a ser efetivo no campo de ataque, mas sem o domínio da primeira etapa.

Os caminhos da vitória voltaram a se abrir para o Fortaleza aos 24 minutos, quando Calebe foi derrubado na área. Na cobrança, Thiago Galhardo bateu com tranquilidade marcou o terceiro para dar tranquilidade para a reta final de partida.

Fortaleza x Mérida - Sul-Americana
Tricolor contou com duas penalidades para abrir caminhos para a segunda goleada em casa pela Sul-Americana – Foto: Mateus Lotif/Fortaleza

Seis minutos depois, o que era um jogo com contornos estranhos para o Fortaleza se tornou uma goleada. Em bobeira da zaga do Mérida, Calebe recuperou a bola, tabelou com Galhardo e finalizou com categoria para marcar o quarto do Leão.

Aos 41, Moisés também marcou o dele. Acionado do banco de reservas, o camisa 21 arrancou em velocidade, passou pelo defensor venezuelano e finalizou com chute muito para superar o goleiro Velásquez e marcar um golaço.

E cabia mais. Nos acréscimos, o Fortaleza chegou ao sexto gol e igualou a sua maior goleada na temporada, diante do Águia de Marabá, pela Copa do Brasil. Yago Pikachu cobrou escanteio e Silvio Romero desviou para balançar mais uma vez as redes e finalizar o placar no Castelão.

Próximos jogos

Agora, o Fortaleza vira a chave para a disputa do Campeonato Brasileiro. Na próxima segunda-feira, o Tricolor do Pici visita o Corinthians, na Neo Química Arena, às 20h. O próximo confronto pela Sul-Americana só acontecerá no dia 24 de maio, quando o Leão recebe o San Lorenzo, em disputa pela liderança da chave, na Arena Castelão, às 19h.

Blog de Cassio: O ranking de títulos da Copa do Nordeste até 2023, com o Ceará tricampeão

Ficha do jogo

Fortaleza 4
Fernando Miguel; Tinga, Marcelo Benevenuto (Brítez), Titi e Bruno Pacheco; Zé Welison, Caio Alexandre (Zanocelo) e Pochettino (Calebe); Yago Pikachu, Guilherme (Moisés) e Thiago Galhardo (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Estudiantes de Mérida 1
Velásquez; Anthony Matos, Penilla e Doldan; Guaramato (Jhonder Gómez), Uzcátegui (Jorge Páez), Aarón Rodríguez, Jesús Gomez (Flores) e Arenas; Canelón (Peña) e Medrano (Zorrilla). Técnico: Ali Cañas

Local: Arena Castelão
Árbitro: Jhon Hinestroza (COL)
Assistentes: Jhon León e Dionísio Ruiz (ambos de COL)
VAR: Nícolas Gallo (COL)
Gols: Yago Pikachu aos 28/1ºT, Zé Welison aos 42/1ºT (Fortaleza), Arenas aos 49/1ºT (Estudiantes de Mérida), Thiago Galhardo aos 24/2ºT, Calebe aos 30/2ºT, Moisés aos 41/2ºT e Silvio Romero aos 45/2ºT (Fortaleza)
Cartões amarelos: Titi (Fortaleza)
Público: 28.071 torcedores
Renda: R$ 237.372,00

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados