conecte-se conosco
CSA saiu derrotado para o Operário pela Série C. CSA saiu derrotado para o Operário pela Série C.

ALCSASérie CÚltimas

CSA perde para o Operário e quebra sequência invicta de seis jogos na Série C

Divulgação/CSA

Publicados

em

Azulão saiu derrotado com gol contra do zagueiro Rafael Foster

Não deu para o Azulão. Jogando fora de casa e apostando em um jogo reativo, o CSA foi derrotado por 1 x 0 pelo Operário e freia sequência invicta de seis jogos no Brasileiro da Série C. Após levar o gol no começo da segunda etapa, o time alagoano até teve chance de empatar, mas desperdiçou as oportunidades. Rafael Foster, contra, selou a derrota.

Como fica?

Com o resultado, o Fantasma chega aos 12 pontos, ultrapassa os alagoanos e chegam à 6ª posição. O Azulão, por sua vez, ainda segue no G-8, com 12 conquistados. A aparição no pelotão de frente pode mudar, no entanto, em caso de vitórias de Brusque e Ypiranga.

O jogo – Operário x CSA

O primeiro tempo foi de um jogo morno e sem grandes chances criadas pelas equipes. Mandante, o Operário se mostrou, desde o início, mais disposto para jogar, tendo mais posse e levando perigo em três principais chances: com Índio, e Felipe Augusto, duas vezes. Mas, para a sorte do CSA, faltava efetividade aos donos da casa.

Do lado do Azulão, a proposta era reativa. Recuado, o time alagoano se atentava à marcação e apostava em explorar o erro do adversário. O bloqueio azulino, diga-se, até funcionou bem, mas a equipe sequer criou na primeira etapa.

Azulão não conseguiu reverter gol sofrido na 1ª etapa. Crédito: André Jonsson/OFEC

Na volta do intervalo, o CSA nem mesmo teve tempo para respirar. Ainda aos 4 minutos, após chute de Felipe Augusto, o goleiro Dalberson até defendeu, mas o rebote explodiu no zagueiro Rafael Foster, que marcou contra. Um gol que fez justiça às chances criadas pelos paranaenses.

Com 30 jogados, o Azulão já era mais presente no ataque. E teve chances de sair com o empate. Aos 25, após escanteio cobrado por Tomas Basto, Almir Luan cabeceou firme, acertando o travessão.

Já na reta final, a partida seguia mais favorável ao Fantasma, que só teve o trabalho de controlar a vantagem conquistada até o apito final.

Abaixo, confira o único gol da partida:

Próximos jogos no Brasileiro

O Operário volta a campo no próximo domingo (18), quando visita o Ypiranga, em Erechim, às 16h30. Já o CSA joga na segunda (19), diante da Aparecidense, em Maceió, às 20h.

FICHA DO JOGO

OPERÁRIO 1
Rafael Santos; Sávio (Yago Rocha), Jonathan Costa, Willian Machado e Arthur Neves; Índio, Vinícius Diniz (Ferreira) e Alisson Taddei (Matheus Alemão); Erick Bessa (Luidy), Felipe Augusto e Rafhael Lucas. Técnico: Rafael Guanaes.

CSA 0
Dalberson; Everton Silva, Rafael Foster, Paulo Cesar (Yago) e Rhuan (Jô); Moises Ribeiro (Almir Luan), Cedric e Tomas Bastos; Robinho (Ruan), Iago Teles (Thiaguinho) e Gabriel Taliari. Técnico: Vinícius Bergantin.

Local: Germano Krüger, em Ponta Grossa (PR)
Árbitro:
Vinicius Gomes do Amaral (MG)
Assistentes:
Filipe Ramos de Santana e Samuel Henrique Soares Silva (ambos de MG)
Gols:
Rafael Foster, contra (4’/2T) (OPE)
Cartões amarelos: Vinícius Diniz, Sávio (OPE); Rhuan, Everton Silva, Rafael Foster (CSA)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados