conecte-se conosco
Chapecoense x Sport, 27/06/2023 - Foto: Divulgação Chapecoense x Sport, 27/06/2023 - Foto: Divulgação

PESérie BSportÚltimas

Sport sofre gol no apagar das luzes, empata com a Chapecoense e desperdiça chance de recuperar liderança da Série B

Publicados

em

Leão empatou com a Chape por 1 x 1 e ficou na vice-lierança

Sem poder contar com Vagner Love e Luciano Juba, lesionados, o Sport ficou apenas no empate com a Chapecoense, por 1 x 1, na Arena Condá, nesta terça-feira (27). O Leão estava vencendo a partida até os 44 minutos do segundo tempo, quando sofreu o empate.

Os gols da partida foram marcados por Fábio Matheus, para o Sport, ainda no primeiro tempo, e por Bruno Nazário, na etapa complementar, para os donos da casa. O resultado impediu o rubro-negro pernambucano de reassumir a posto de líder da Série B do Campeonato Brasileiro.

O empate deixa os donos da casa fora da zona de rebaixamento, na 15ª colocação, com 12 pontos. O Sport segue na vice-liderança da competição com 28 pontos, atrás do Novorizontino.

Próximos jogos

Reeditando a final da Copa do Nordeste, o Sport recebe o Ceará, na Ilha do Retiro, no próximo domingo (02). O duelo acontece às 18h, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

A Chape entra em campo na próxima sexta-feira (30), às 21h30, diante do Tombense. O duelo acontece no estádio Soares de Azevedo, em Muriae- MG. O confronto é valido pela Série B.

Chapecoense x Sport – Resumo da partida

A primeira chegada da partida aconteceu aos 6 minutos, com Jorginho. Após boa jogada individual de Felipinho, o camisa 10 recebeu a bola na entrada da área e bateu rasteiro. O chute passou perto da trave esquerda do goleiro João Paulo.

A resposta da Chape veio logo na sequência, com Alisson Farias. O atacante recebeu a bola pela direita, rabiscou na frente do zagueiro Rafael Thyere e bateu no canto, tentando deslocar o goleiro Renan. A bola acabou indo para fora.

Aos 11 minutos, o time catarinense chegou mais uma vez. O zagueiro Sabino errou o corte dentro da área, deixando a bola sobrar para Pablo Siles. O volante pegou de primeiro, levando perigo à meta rubro-negra.

Jogando em casa, a Chapecoense começou a tomar conta das ações. Aos 21 minutos, foi a vez de Neto arriscar. O camisa 13 arriscou do meio da rua, causando um frisson na Arena Condá. A bola passou por cima da meta de Renan.

O Leão respondeu aos 34 minutos, após boa saída de bola que envolveu vários jogadores. No fim do lance, Edinho carregou pelo meio e achou Igor Cariús dentro da área. O lateral-esquerdo puxou a bola para a perna direita e bateu forte, levando perigo à meta de João Paulo.

Um minuto depois, aos 35, mais uma boa jogada rubro-negra. Edinho recebeu pelo meio e arriscou de fora da área. O chute foi muito forte, e acabou passando muito próximo da meta catarinense.

Aproveitando o bom momento na partida, o Leão abriu o placar. O volante Fábio Matheus recebeu a bola de Igor Cariús, entrou na área e finalizou rasteiro. O chute matou qualquer possibilidade de defesa para o goleiro João Paulo.

A resposta da Chape veio no apagar das luzes, aos 44 minutos. Alisson Farias cruzou na esquerda e Neto cabeceou para boa defesa de Renan, que protagonizou um lance elástico após ser encoberto pela bola.

Segundo tempo

O jogo começou bastante agitado. Após cruzamento de Edinho, em jogada de escanteio, o Sport quase marcou o segundo gol. A bola acabou pegando na trave, gerando contra-ataque para os donos da casa.

Na sequência do lance, o árbitro Leonardo Ferreira Lima marcou pênalti de Eduardo em Cazonatti, após boa jogada de Bruno Nazário. Porém, após auxilio do VAR, a penalidade foi cancelada.

Aos 15 minutos, mais uma chegada do time catarinense. Cristiano cruzou na segunda trave e Maxwell completou de cabeça. O goleiro Renan, seguro no lance, fez mais uma boa defesa na partida.

O Sport voltou a criar aos 24 minutos, após boa jogada entre Edinho e Gabriel Santos. Os jogadores fizeram uma tabela pela direita, onde Edinho achou o lateral-esquerdo Felipinho dentro da área. Sozinho, o atleta finalizou mal, por cima do gol de João Paulo.

Depois de muito martela, a Chape chegou ao empate aos 44 minutos. No apagar das luzes, Bruno Nazário recebeu a bola de Maxwell e finalizou forte, sem chances para o goleiro Renan, que pouco fez no lance.

Ficha do jogo

Chapecoense 1

João Paulo; Felipe Albuquerque (Ribamar), Rafael Ribeiro (Bruno Leonardo), Rodrigo e Cristiano; Pablo Siles (Bruno Nazário), Cazonatti e Neto (Giovanni Pavani); Maxwell, Danrlei e Alisson Farias (Richard). Técnico: Gilmar Dal Pozzo

Sport 1

Renan; Eduardo (Ewerthon), Rafael Thyere, Sabino e Igor Cariús; Fábio Matheus, Ronaldo e Jorginho; Edinho (Alisson Cassiano), Gabriel Santos (Kayke) e Felipinho (Fabrício Daniel). Técnico: Enderson Moreira

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Árbitro: Leonardo Ferreira Lima (PR)

Assistentes: Rafael Trombeta e Sidmar dos Santos Meurer (ambos do PR)

Quatro árbitro: Célio Amorim (SC)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Maxwell e Ítalo (C); Alisson Cassiano (S)

Gols: Fábio Matheus, aos 40/1ºT (S); Bruno Nazário aos 44/2ºT (C)

Público: 5.760 torcedores

Renda: R$ 116.830,00

A CONFUSÃO NA VILA BELMIRO E A REPETIÇÃO DE EPISÓDIOS ENVOLVENDO ORGANIZADAS – SPORT

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados