Connect with us
Vitória x Guarani - Léo Gamalho - 15/10/2023 - Foto: Victor Ferreira/ECV Vitória x Guarani - Léo Gamalho - 15/10/2023 - Foto: Victor Ferreira/ECV

BASérie BÚltimasVitória

Vitória joga bem, supera o Guarani no Barradão e amplia vantagem na liderança da Série B

Foto: Victor Ferreira/ECV

Published

on

O Leão da Barra segue próximo do retorno à elite do futebol nacional

Segue o líder! Jogando no Barradão, o Vitória superou o Guarani, por 2 x 0, na noite deste domingo (15), e ampliou sua vantagem sobre os demais concorrentes na briga pelo acesso à elite do futebol nacional.

Os gols do confronto foram marcados por Léo Gamalho, ainda no primeiro tempo, e Wagner Leonardo, na segunda etapa. O duelo foi válido pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Com o resultado, o Rubro-negro chegou aos 61 pontos, se consolidando ainda mais na liderança da Segundona. O Bugre, por outro lado, sem vencer há dois jogos, caiu para o quinto lugar, com 54 pontos. Porém, segue vivo na briga pelo acesso.

Próximos jogos

O Leão da Barra entra em campo na sexta-feira (20), diante do Sampaio Corrêa, no Castelão. O duelo, válido pela Série B do Campeonato Brasileiro, será às 19h.

O Bugre encara o Mirassol, também na sexta-feira (20), pela Série B. O jogo será às 21h30, Estádio Municipal José Maria de Campos Maia.

Vitória x Guarani – Resumo da partida

Apesar de estar jogando em casa, o Vitória sofreu bastante com a forte marcação paulista nos primeiros dez minutos da partida. Enquanto os comandados de Léo Condé se lançavam ao ataque buscando alguma possibilidade, o time de Umberto Louzer se defendia bem.

A primeira chance do Leão da Barra só aconteceu aos 15 minutos. O atacante Osvaldo aproveitou o erro na saída de bola do Guarani, e passou a bola para Iury Castilho na entrada da área. O atacante finalizou muito forte, porém, a bola acabou pegando altura e saindo.

A resposta paulista veio um minuto depois. O atacante Bruninho recebeu uma ótima bola na intermediária e bateu colocado. Ligado no lance, o goleiro Lucas Arcanjo protagonizou uma linda defesa.

Aos 18 minutos, veio o gol Rubro-negro. Matheusinho recebeu passe de Dudu dentro da área e finaliza no canto para grande defesa de Pegorari. No rebote, Osvaldo cruzou para Léo Gamalho que só teve o trabalho de empurrar para das redes.

O time paulista se complicou ainda mais aos 26 minutos. O volante Matheus Bueno, após reclamações direcionadas ao árbitro Wagner do Nascimento Magalhães, acabou recebendo o segundo cartão amarelo e foi expulso da partida.

Léo Gamalho voltou a criar uma boa chance. Matheusinho rolou a bola para o centroavante, que dominou e finalizou entre a marcação paulista para uma defesa segura do goleiro Pegorari. O lance aconteceu aos 38 minutos.

O Bugre quase empata aos 41. Wálber cobrou escanteio mais fechado na cabeça de Matheus Barbosa, que deixou o Barradão em silêncio. A finalização tirou tinta da meta do goleiro Lucas Arcanjo, que apenas torceu para a bola sair.

Segundo tempo

O Leão da Barra retornou do intervalo voando. Osvaldo cobrou escanteio pela esquerda e Wagner Leonardo subiu mais alto que a defesa paulista para cabecear firme no centro do gol, sem chances para Pegorari.

Aos seis minutos, Iury Castilho balançou as redes, mas o lance acabou sendo anulado por impedimento. O árbitro Wagner do Nascimento Magalhães esperou pela checagem do VAR para, de fato, anular o que seria o terceiro gol rubro-negro.

O time paulista respondeu aos 17 minutos. O atacante Derek foi acionado na intermediária e finalizou de longa distância para defesa em dois tempos do goleiro Lucas Arcanjo, que se mostrou seguro sempre que foi acionado.

Aos 21 minutos, nova chegada do Bugre. Bruno Mendes desarmou o volante Dudu, do Vitória, e a bola ficou com Gustavo França, que arrematou de fora da área em chute colocado para linda defesa de Lucas Arcanjo.

O Leão da Barra, com Giovanni Augusto, voltou a criar aos 32 minutos. Edson Lucas passou com facilidade pela marcação e achou Iury Castilho dentro da área. O atacante rolou para Giovanni Augusto na entrada da área. A finalização tirou tinta da meta de Pegorari.

Dez minutos depois, Giovanni Augusto cruzou na medida para Léo Gomes na área. O volante tentou de cabeça, mas a bola pega em seu ombro e acaba saindo, sem grandes sustos para o goleiro Pegorari.

Ficha do jogo

Vitória 2

 Lucas Arcanjo; Railan, Camutanga, Wagner Leonardo e Edson Lucas; Dudu (Gegê), Rodrigo Andrade (Léo Gomes) e Matheuzinho (Giovanni Augusto); Osvaldo (Wellington Nem), Iury Castilho e Léo Gamalho (Zé Hugo). Técnico: Léo Condé.

Guarani 0

Pegorari; Diogo Mateus, Lucão, Walber e Mayk; Matheus Barbosa (Isaque), Matheus Bueno e Bruninho (Lucas Araújo); Bruno José (Bruno Mendes), João Victor (Gustavo França) e Derek (Pablo Thomaz). Técnico: Umberto Louzer.

Local: Barradão
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ-Fifa)
Assistentes: Thiago Rosa de Oliveira e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (ambos do RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Público: Pagantes: 27.887/Presentes: 29.093

Renda: R$ 436.220,00

Cartões amarelos: Wagner Leonardo, Iury Castilho (VIT); Bruninho e Matheus Bueno (GUA)
Cartões vermelhos: Matheus Bueno (GUA)
Gols: Léo Gamalho e Wagner Leonardo (VIT)

Matéria em atualização

AGAMENON – VITÓRIA

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados