conecte-se conosco
Presidente do Sport vê decisão arbitrária do STJD e critica punição pelo "CEP" ao relembrar casos no Brasil sem punição - FCF Presidente do Sport vê decisão arbitrária do STJD e critica punição pelo "CEP" ao relembrar casos no Brasil sem punição - FCF

CECopa do NordesteFortalezaPESportÚltimas

Federação Cearense emite nota após presidente do Sport afirmar que FCF queria “cinco minutos de fama”

Publicados

em

Yuri Romão não gostou do pedido feito junto ao STDJ para não ter jogos em Pernambuco após atentado a ônibus do Fortaleza

A Federação Cearense de Futebol (FCF) emitiu nota na manhã desta sexta-feira (01) repudiando a declaração do presidente do Sport. Em entrevista ao ge, Yuri Romão afirmou que o presidente da FCF queria “cinco minutos de fama” depois de solicitar que não houvesse mais jogos em Pernambuco diante do atentado contra o ônibus do Fortaleza.

Na nota, a FCF disse que “não se intimidará, de forma alguma, com comentários de quem quer que seja sobre suas atitudes e decisões tomadas em prol do futebol cearense e em defesa de todos aqueles que fazem parte do nosso futebol”.

Ainda segundo o comunicado, a federação não “irá gastar apenas cinco minutos, mas todo o tempo necessário para que tudo seja devidamente esclarecido e os responsáveis punidos em todas as searas, sejam aqueles que contribuíram diretamente quer seja indiretamente para o trágico e inaceitável episódio que não permanecerá apenas no discurso oportunista […]”.

Entenda o pedido da FCF

A Federação Cearense de Futebol pediu ao STJD, na última terça-feira, que jogos válidos por competições da CBF sejam suspensos em Pernambuco – independentemente do time mandante – até que o Estado comprove garantias para os clubes visitantes.

A medida ocorreu após o atentado contra o ônibus do Fortaleza, onde seis jogadores ficaram feridos depois que o veículo foi alvo de bombas e pedras enquanto se dirigia a um hotel em Boa Viagem, na Zona Sul do Recife, após o empate por 1 x 1 contra o Sport no Nordestão.

Caso este pedido seja recusado, a Federação Cearense solicita que o Sport não possa mandar jogos em Pernambuco. Se esta medida também for recusada, a FCF pede que os clubes cearenses não joguem em Pernambuco.

Confira a nota da FCF na íntegra

A Federação Cearense de Futebol vem repudiar as declarações do presidente do Sport Club do Recife, Yuri Romão, e não se intimidará, de forma alguma, com comentários de quem quer que seja sobre suas atitudes e decisões tomadas em prol do futebol cearense e em defesa de todos aqueles que fazem parte do nosso futebol.

Espera-se que o presidente do Sport assim como as autoridades pernambucanas desportivas e da segurança pública gastem os seus cinco minutos tentando encontrar os responsáveis pelo atentado terrorista sofrido pela agremiação do Fortaleza e não dando entrevistas sem qualquer cunho informativo ou resolutivo da questão.

A Federação Cearense de Futebol comunica que não irá gastar apenas cinco minutos, mas todo o tempo necessário para que tudo seja devidamente esclarecido e os responsáveis punidos em todas as searas, sejam aqueles que contribuíram diretamente quer seja indiretamente para o trágico e inaceitável episódio que não permanecerá apenas no discurso oportunista de quem deveria estar preocupado em localizar os responsáveis por essa verdadeira tentativa de homicídio.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados