conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Hélio vê descuido em gol tomado e diz que faltou contundência ao Náutico

Publicados

em

Não foi desta vez que o Náutico conseguiu emplacar a segunda vitória seguida na Série B – no momento, vital para a reação do clube na luta contra o rebaixamento. Após empate em 1 a 1 com o Botafogo-SP, na noite deste domingo, o técnico Hélio dos Anjos valorizou o domínio timbu nos 45 minutos iniciais, mas reconheceu ‘descuido’ do time no gol marcado pelo Pantera, ao final do primeiro tempo.

Para o comandante, a partir dali, o cenário mudou. No segundo tempo, o Alvirrubro se expôs mais, cedendo contra-ataques para os adversários, chegou a marcar o gol de empate, mas faltou “maior definição” em jogadas de perigo.

“Na minha visão nós tivemos totalmente o controle do jogo até a hora do gol. Nós não tínhamos dado uma chance para o adversário, a não ser o cruzamento que o Anderson levou para escanteio. Nós tivemos o controle do jogo, das ações, mas faltou contundência de definir algumas jogadas boas criadas no primeiro tempo. Cobrei isso nos vestiários. Tivemos a bola do jogo com o Bryan, já no final da partida. Então acho que faltou sim poder de definição no momento em que nós criamos”, avaliou.

“Claro que o empate não era o que nós queríamos, todo o jogo nós sempre tivemos a iniciativa de sair com o resultado positivo. Tivemos um descuido mais uma vez no final do primeiro tempo e nos propomos a oferecer, no segundo tempo, mais contra-ataques para o adversário. Mas a busca do gol foi incessante”, completou a análise.

Na tabela, o Náutico estacionou na 18ª posição, com 28 pontos somados. Está a três de sair da zona de rebaixamento. Na quarta-feira, o Timbu volta a campo para enfrentar a líder Chapecoense, na Arena Condá, às 19h15.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados