conecte-se conosco

Copa do BrasilMASampaio CorrêaÚltimas

Com um jogador a mais, Sampaio sofre virada no fim e é eliminado na Copa do Brasil

Publicados

em

A zebra já começou a passear na Copa do Brasil e sobrou para o Sampaio Corrêa. Na noite desta quarta-feira (10), o Tubarão perdeu para o Rio Branco-ES por 2×1 e foi eliminado na primeira fase da competição nacional. Mesmo com um jogador a mais e saindo na frente com André Luiz, a equipe maranhense tomou a virada com Edu Capetinha e Petróleo, nos minutos finais da partida.

Com a eliminação, o Sampaio Corrêa deixou de faturar R$ 675 mil pela cota de participação da segunda fase. Já o Rio Branco-ES, além do valor pela classificação, enfrentará o Vitória, no Barradão. O próximo compromisso do Tubarão será diante do Botafogo-PB, no sábado (13), diante do Botafogo-PB, às 20h30, no Almeidão.

Domínio maranhense

O Sampaio Corrêa se impôs na parte física, técnica e tática para dominar o primeiro tempo no estádio Kléber Andrade. Com uma marcação alta, o time de Rafael Guanaes foi melhor em campo, criou mais chances, mas não soube aproveitá-las.

Foram pelo menos quatro oportunidades claras, além do gol anulado de Dione logo aos oito minutos. Porém, o bandeirinha marcou impedimento no lance. Os outros bons momentos do Tubarão saíram com Matheus Cassini, Dudu e Jefinho. Porém, não foram aproveitadas. Aos 46 minutos, o cenário ficou ainda mais positivo para os maranhenses com a expulsão de Esley, do Rio Branco.

Virada com Edu Capetinha e Petróleo

Mesmo com um jogador a menos, o Rio Branco-ES melhorou na volta do intervalo atrás do gol para avançar de fase. Porém, cedeu espaços no setor defensivo e aos 29 minutos o Sampaio Corrêa abriu o placar. Marlon cruzou e André Luiz cabeceou no canto do goleiro para fazer 1×0. A reação dos donos da casa, no entanto, foi imediata. Edu Capetinha limpou a zaga e chutou para deixar tudo igual.

Assustado com o empate, o Sampaio Corrêa tentou ganhar tempo, mas não conseguiu e tomou o gol da virada. Aos 41 minutos, Paulinho cruzou e Petróleo cabeceou com força para marcar o gol da vitória e da classificação do Rio Branco-ES.

Tabu quebrado

Esta foi a primeira vez que o Rio Branco-ES venceu e avançou de fase na Copa do Brasil. Desde 1999, foram cinco participações e cinco eliminações na estreia.

Ficha do jogo

Rio Branco-ES 2
Gott; Gugu (Mateus Bidick), Luan, Petróleo e Arthur; Esley, Gian (Geovane Lobo) e GIl Mineiro; Paulinho, Thiago Freitas (Luis Sánchez) e Vandinho (Edu Capetinha). Técnico: André Visser.

Sampaio Corrêa 1
Mota; Rony, Allan, Paulo Sérgio e Marlon; Ferreira (André Luiz), Guilherme Teixeira (Maurício) e Dione; Matheus Cassini (Jajá), Dudu (Gabriel Vasconcelos) e Jefinho. Técnico: Rafael Guanaes.

Local: Estádio Kleber Andrade, em Vitória-ES. Gols: André Luiz (Sampaio Corrêa), aos 29 do 2ºT; Edu Capetinha (Rio Branco-ES), aos 31 do 2ºT, e Petróleo (Rio Branco-ES), aos 41 do 2ºT. Cartões amarelos: Matheus Cassini e Ferreira (Sampaio Corrêa). Cartão vermelho: Esley (Rio Branco-ES).

Foto: Divulgação/Rio Branco-ES

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending