conecte-se conosco

BABahiaSérie AÚltimas

Ramírez evolui em recuperação, mas Bahia prega cautela: ‘Sem ansiedade’

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia

Publicados

em

Fora de campo desde o início de fevereiro, após ser diagnosticado com uma lesão no ligamento cruzado anterior do joelho, Índio Ramírez voltou a trabalhar no Centro de Treinamento Evaristo de Macedo nos últimos dias. Mas seu retorno é debatido com extrema cautela pelo departamento do Bahia, que segue fazendo os tratamentos de recuperação com o meia e prefere não estipular um prazo exato para sua volta aos gramados.

Médico do clube, Luiz Sapucaia, em entrevista coletiva na tarde desta terça-feira, detalhou o quadro geral de Índio, que passou por uma artroscopia no joelho em março, feita em Medellin, na Colômbia, a pedidos do Atlético Nacional, clube que detém seus direitos econômicos.

“O Índio evoluiu muito bem, ele teve uma lesão de cruzado anterior e foi operado lá em Medellin, iniciou os trabalhos fisioterápicos já e se reapresenta em estado geral bom. A cirurgia foi um sucesso, está com ligamento estável, o joelho estável. Depois de de quatro meses operado, já começa os trabalhos de força e acredito que no quinto mês a gente já possa fazer uns trabalhos isocinéticos, com bola no campo para liberá-lo em breve. Mas a evolução tem sido muito boa”, avaliou Sapucaia.

Apesar da boa evolução de Ramírez, o técnico Dado Cavalcanti, pelo que explicou o médico do Esquadrão, não poderá contar com o meia agora. A tendência é de que o prazo de recuperação da lesão, que gira em torno de seis meses, deva ser esticado para sete. Ou seja: o colombiano só deve voltar a reforçar o Bahia no segundo turno da Série A.

“Sem ansiedade, o quadro do atleta, com uma cirurgia desse porte, normalmente o tempo literal é de seis meses, mas nós vamos prepara-lo ao longo desse tempo para que dentro desse prazo a gente possa reintegrá-lo ao grupo e aí vai depender da disposição do técnico. Acredito que em sete meses ele já esteja condições de jogo”, completou.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending