conecte-se conosco

MASampaio CorrêaSérie BÚltimas

Dois gols sofridos em nove jogos: Sampaio tem melhor defesa da Série B de pontos corridos

Lucas Gabriel Cardoso/Brusque FC

Publicados

em

Após nove rodadas da Série B, o Sampaio Corrêa sofreu apenas dois gols. Isso não é apenas a melhor defesa desta edição do torneio nacional, mas já é o melhor desempenho defensivo da história da Segunda Divisão desde a instauração do modelo de pontos corridos, em 2006. Os levantamentos foram antecipados pelo estatístico Thiago Minhoca, no Telecast de 3 de julho.

Além disso, outra marca atingida pela Bolívia Querida é o maior número de jogos sem sofrer gol (clean sheet) da história da Segundona neste recorte. Dos nove jogos, a meta maranhense passou ilesa em sete oportunidades, algo que, após nove jogos, só havia acontecido com o Avaí (2006), Vasco da Gama (2009) e a Chapecoense (2020), todos esses, porém, tinham mais gols sofridos ao fim do nono jogo.

Quem chegou mais perto do desempenho defensivo do Sampaio Corrêa foi, justamente, a Chape, campeã da Série B de 2020. Para o time catarinense, a campanha, naquele momento, era igual a atual dos maranhenses, com cinco vitórias, três empates e uma derrota. Na oportunidade, a Chapecoense só tinha sofrido gols na derrota por 2 a 1 para o Cuiabá, no Centro-Oeste, e no empate em 1 a 1 com o Náutico, no Recife.

Hoje, com a mesma pontuação, o Sampaio consegue esses bons números defensivos ao empatar sem gols com Goiás (em casa), CSA e Brusque (fora), vencer a Ponte Preta e o Londrina por 1 a 0 (em casa), vencer o Botafogo (em casa) e o Clube do Remo (fora) por 2 a 0, além da vitória por 3 a 1 sobre o Confiança (em casa) e da derrota por 1 a 0 para o Operário Ferroviário (fora).

Para o Avaí, logo no primeiro ano dos pontos corridos, a campanha tinha quatro vitórias por 1 a 0, três empates sem gols e quatro gols sofridos no total, no empate em 2 a 2 com o Guarani e na derrota por 2 a 1 para o Sport. Na campanha do Vasco, três anos depois, foram três vitórias sem gols sofridos e quatro empates por zero. Também foram quatro gols no total, no empate em 1 a 1 com o Figueirense e na derrota por 3 a 1 para o Paraná.

Curiosamente, entre todas as quatro equipes que chegaram a essa altura do campeonato com apenas dois jogos com gols sofridos, o Sampaio é o único a sofrer um gol em casa, assim como é o único a sofrer um gol em uma vitória, o que, também significa a melhor defesa enquanto visitante e o menos número de jogos com resultado “atrapalhado” por um gol sofrido dentro deste recorte de nove jogos da Série B de pontos corridos.

Ouça a análise da Série B a partir do minuto 103′:

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados