conecte-se conosco

Copa do BrasilRNÚltimas

Em noite pouco inspirada, ABC é goleado pelo Flamengo no Maracanã

Reprodução/SporTV

Publicados

em

O ABC sofreu uma goleada história nesta quinta-feira. Enfrentando o Flamengo, atual bicampeão brasileiro no Maracanã, o Elefante teve uma péssima largada nas oitavas de final da Copa do Brasil e já está virtualmente eliminado do torneio após sofrer uma goleada por 6 a 0. Foram dois gols de Gabriel Barbosa e um de Giorgian De Arrascaeta, Bruno Henrique, Donato (contra) e Michael.

Como fica?

Com o placar sonoro, os times voltam a se enfrentar na próxima semana, na Arena das Dunas, em Natal. Para conseguir a vaga, o ABC precisa, ao menos, de uma vitória na mesma dimensão da que o Flamengo teve hoje. Qualquer resultado menor que esse dá a vaga ao Flamengo. Agora, o Santos volta a campo às 16h do domingo, visitando o Corinthians na Série A, no mesmo horário, o ABC vai a Caruaru, visitando o Central, em jogo válido pela Série D.

Goleada no primeiro tempo

O Flamengo não demorou a impor o ritmo do jogo. Muito presente na área do ABC, os cariocas já estavam criando jogadas de perigo com apenas um minuto de jogo. A defesa do ABC tentava fechar as portas, mas o Rubro-Negro conseguia aplicar a sua intensidade com muito uso de triangulações e movimentação.

Assim, antes dos 30 minutos, o Flamengo já tinha conseguido finalizar de dentro da área potiguar em sete oportunidades. Na última, inclusive, a bola entrou. Aos 28, o Flamengo entrou na área, o ABC conseguiu recuperar a bola, mas, na hora de afastar a bola, ela rebateu na defesa e sobrou livre para Arrascaeta limpar e abrir o placar.

Quatro minutos depois, Bruno Henrique cruzou da esquerda, Vinícius Leandro tentou afastar, mas a bola sobrou para Everton Ribeiro tocar para Gabriel, livre, ampliar. Atrás no placar, o ABC buscava os espaços do Flamengo para buscar seus ataques, mas eles eram raros e o Elefante tinha pouca gente na criação, o que inviabilizava qualquer chance de resposta efetiva.

Aos 41, saiu o terceiro, com Bruno Henrique, que tabelou com Renê, tirarando cinco abecedistas da marcação e ampliando. O quarto veio quatro minutos depois, com Arrascaeta cruzando da direita para Gabriel desviar de cabeça para o seu segundo.

Ritmo de treino

Com o jogo basicamente resolvido na primeira etapa, o Flamengo desacelerou. Poupando titulares, o time continuou entrando na área potiguar, mas com bem mais dificuldades para transformar isso em finalização. A dificuldade para chutar era tanta que o quinto gol foi contra. Em um rápido contra-ataque, Thiago Maia cruzou rasteiro, Donato tentou rasgar e empurrou para o fundo das redes.

A primeira finalização do ABC no jogo só aconteceu aos 33 do segundo tempo, quando Vinícius Leandro subiu sozinho após cobrança de falta para mandar a bola muito longe do gol de Diego Alves, que não precisou fazer uma única defesa no jogo inteiro. Isso era diferente para o Flamengo, que, ampliou aos 38, quando Michael aproveitou uma falha absurda de Netinho para fazer o sexto.

Ficha do jogo

Flamengo 6
Diego Alves; Mauricio Isla, Bruno Viana, Léo Pereira e Renê (Rodinei); Willian Arão, Diego (Thiago Maia) e Everton Ribeiro; Giorgian De Arrascaeta (Pedro), Bruno Henrique (Michael) e Gabriel Barbosa (Vitinho). Técnico: Renato Portaluppi.

ABC 0
Wellington; Netinho, Donato, Vinicius Leandro, Alisson Cassiano e Bruno Souza (Vinicius Silva); Valderrama (Allef), Vinícius Paulista (Felipe Manoel), Marco Antônio (Claudinho) e Wesley Pimbinha (Rodrigo Fumaça); Gustavo Henrique. Técnico: Moacir Júnior.

Local do jogo: Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), Rio de Janeiro-RJ
Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)
Assistentes: Alessandro Alvaro Rocha de Matos (FIFA-BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA)
Gols: Giorgian De Arrascaeta (28’/1ºT) , Gabriel Barbosa (32’/1ºT, 45’/1ºT), Bruno Henrique (41’/1ºT), Donato (contra 30’/2ºT) e Michael (38’/2ºT)
Cartões amarelos: Marcos Antônio, Wesley Pimbinha, Alisson Cassiano e Rodrigo Fumaça (ABC)

Trending