conecte-se conosco

ALCRBNáuticoPESérie BÚltimas

CRB vence, chega ao 3º lugar e deixa o Náutico com cinco derrotas seguidas

Foto: Francisco Cedrim / AscomCRB

Publicados

em

Na volta da torcida aos estádios pernambucanos, quem fez a festa e levou a melhor foi um time alagoano. Na noite desta terça-feira (28), o CRB foi melhor e mais eficiente para vencer o Náutico por 3×1, na Arena de Pernambuco. Os gols do Galo foram marcados por Pablo Dyego, duas vezes, e Yago, contra. Enquanto Álvaro descontou para o Timbu.

O resultado significou a recuperação do Galo, que subiu para o 3º lugar com 47 pontos. No próximo sábado (2), o CRB terá o clássico contra o CSA, às 18h30, no Rei Pelé. Já o Náutico chegou à quinta derrota seguida, está em 11º com 35 pontos e enfrentará o Operário, na sexta, às 21h30, no Germano Kruger.

Erros do Náutico e eficiência do CRB

O primeiro tempo na Arena de Pernambuco teve um dono e foi o CRB. Embora não tenha atacado o tempo, o Galo cumpriu a sua estratégia, dominou as ações em todos os setores, se aproveitou dos erros do Náutico e foi eficiente para aproveitar as oportunidades criadas.

O Timbu teve muitas dificuldades na saída de bola, principalmente na saída de bola. Assim, o Galo abriu o placar. Hereda errou no início da jogada – havia sido a segunda em poucos minutos -, Claudinei roubou, passou para Diego Torres ,que deixou Pablo Dyego em condições de cortar a defesa e mandar para o fundo das redes aos 15 minutos.

Não demorou para o segundo sair. Aos 26, em rápido contra-ataque, Reginaldo cruzou e Pablo Dyego, novamente, recebeu e arrematou para deixar o placar em 2×0 para os visitantes. Nem mesmo na base do desespero ou do abafa o Timbu chegou com perigo. Apenas Vinícius assustou de cabeça, mas sem dar trabalho ao goleiro Diogo Silva. O Náutico foi para o intervalo sem finalizar na meta do adversário. 

Um gol a favor e outro contra

O Timbu voltou com Álvaro na vaga de Breno Lorran e outra postura. Mais incisivo no setor ofensivo, a equipe acertou a trave com Vinícius aos cinco minutos. E, aos 12, diminuiu o placar. Jean Carlos cobrou uma falta para a área, Álvaro desviou de cabeça para marcar o gol alvirrubro pernambucano.

A reação do Náutico, no entanto, foi frustrada pela própria equipe. Aos 12 minutos, Guilherme Romão cobrou um lateral para a área, Yago tentou cortar e cabeceou contra a própria meta para marcar um gol. Com o 3×1 no placar, o CRB voltou a se retrair para contra-atacar. Enquanto o Timbu atacou de forma descoordenada no desespero. De forma tranquila, o Galo segurou a vitória.

Ficha do jogo

Náutico 1
Jefferson; Hereda (Thássio), Yago, Camutanga e Breno Lorran (Álvaro); Trindade (Vargas), Rhaldney (Luiz Henrique), Júnior Tavares e Jean Carlos; Vinícius e Jailson (Murillo). Técnico: Hélio dos Anjos.

CRB 3
Diogo Silva; Reginaldo, Gum, Caetano e Guilherme Romão; Claudinei (Wesley), Jean Patrick (Carlos Jatobá) e Diego Torres (Renan Bressan); Pablo Dyego, Jajá e Nicolas Careca (Júnior Brandão). Técnico: Allan Aal.

Local: Arena de Pernambuco, em São Lourenço da Mata-PE.
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Helcio Araujo Neves (PA).
Gols: Pablo Dyego (CRB); aos 15 e aos 26 do 1ºT; Álvaro (Náutico), aos 12 do 2ºT; Yago (contra), aos 21 do 2ºT; 
Cartões amarelos: Jean Carlos, Rhaldney e Camutanga (Náutico); Jajá e Guilherme Romão (CRB).

Trending