conecte-se conosco

ALCopa do NordesteCSAÚltimas

Com um gol em cada tempo, CSA bate o Floresta e segue em segundo no Nordestão

Foto: Morgana Oliveira/CSA

Publicados

em

Uma vitória sem sustos. O CSA recebeu o Floresta, no Rei Pelé, pela segunda rodada da Copa do Nordeste e venceu de maneira dominante. Com um gol em cada tempo, o Azulão do Mutange manteve os 100% de aproveitamento e segue na cola do Fortaleza nas primeiras posições do Grupo A do Nordestão. Os gols da partida foram marcados pelo meia Marco Túlio e pelo lateral Lucas Marques.

Com o resultado, o CSA chegou aos seis pontos e permaneceu na vice-liderança do seu grupo na Copa do Nordeste. O Azulão do Mutange segue empatado com o Sport, com seis pontos, mas fica à frente do Leão nos critérios de desempate. O Floresta, por sua vez, segue na lanterna do grupo B com apenas um ponto conquistado.

O próximo compromisso do CSA pelo Nordestão é o clássico diante do CRB, no domingo, às 18h30. Já o Floresta volta a campo pelo regional contra o Campinense, em casa, no mesmo dia, mas às 15h.

O jogo

Em busca de se manter no G4 do grupo na Copa do Nordeste, o CSA buscou se impor diante do Floresta desde o inicio da primeira etapa diante do Floresta, no Rei Pelé. Assim, jogando com linhas altas, o time do técnico Mozart pressionava os cearenses no seu campo de defesa nos minutos iniciais.

Porém, a primeira grande chance da partida foi do Floresta. Em cobrança de escanteio, o volante Jô subiu mais que a zaga do CSA e cabeceou forte para a defesa do goleiro Marcelo Carné.

Após o susto, o CSA continuou controlando a partida e tentando criar chances ao ocupar o campo de defesa do Floresta e pressionar a saída de bola do Verdão da Vila. Maestro do Azulão, o meia Gabriel foi o destaque do jogo na primeira etapa.

A pressão dos donos da casa só conseguiu surtir efeito no apagar das luzes. Aos 45 do primeiro tempo, após boa jogada pela direita, o lateral Cedric lançou para a área e a bola desviou no volante Dudu e se apresentou para o meia Marco Túlio só empurrar para as redes.

Segunda etapa

Na volta dos vestiários a partida continuou semelhante ao que se viu no primeiro tempo. Superior em campo, o CSA continuou empilhando chances de ampliar o placar, mas viu faltar capricho nos seus homens de ataque para vazar as redes do goleiro Marcão.

O Floresta, por sua vez, tentava resistir ao ímpeto ofensivo dos alagoanos e buscar o gol de empate através de descidas no contra-ataque. O Verdão da Vila ainda conseguiu se aproximar do gol em uma oportunidade com o lateral Fábio Alves. O jogador recebeu bola na área e finalizou de bicicleta. O chute sem perigo saiu à direita do gol de Marcelo Carné.

Quando o jogo já se encaminhava para o fim, com ambos os times diminuindo o ritmo, o CSA conseguiu chegar ao segundo gol. Em cobrança de falta, o atacante Lucas Marques acerta bom chute por cima da barreira para vencer o goleiro Marcão e dar números finais à partida, no Rei Pelé.

Ficha do jogo

CSA
Marcelo Carné; Cedric, Werley, Wellington Nascimento e Ernandes; Geovane (Lucas Marques), Giva Santos (Luiz Henrique), Gabriel (Yann Rolim) e Marco Túlio; Lucas Barcelos (Didira) e Rodrigo Rodrigues (Dalberto). Técnico: Mozart.

Floresta
Marcão; Lito Guerreiro (Pedro Igor), Yan Souto, Alisson e Fábio Alves; Jô, Dudu e Athyrson (Pedro Rosa); Yago Rocha, Matheus Bahia (Eugênio) (Renê) e Flávio Torres. Técnico: Ricardo Drubscky.

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió.
Árbitro: Diego Pombo Lopez (BA)
Assistentes: Elicarlos Franco de Oliveira e Helder Brasileiro de Aquino (ambos da BA)
Gols: Marco Túlio aos 45/1ºT e Lucas Marques aos 45/2ºT (CSA)
Cartões amarelos: Eugênio (Floresta)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados