conecte-se conosco

Copa do NordestePESportÚltimas

Governo e Arena cobram R$ 125 mil ao Sport por assentos quebrados no estádio 

Clube atuou no estádio na final do Nordestão, há duas semanas

Foto: Anderson Stevnes/ Sport Recife

Publicados

em

O vandalismo que ocorreu sobre parte dos assentos da Arena de Pernambuco, na decisão da Copa do Nordeste do Sport contra o Fortaleza, no fim de março, vai custar caro aos cofres rubro-negros.

Na última terça-feira, o clube foi notificado pelo Governo do Estado e pela administração do estádio acerca dos custos dos reparos. E os valores giram em torno de R$ 125 mil.

Os registros das cadeiras destruídas apontam para o setor sul inferior, onde fica o principal grupo organizado que utiliza as cores do clube. Veja imagem de como ficaram os assentos, na ocasião.

cadeiras_assentos_arena
Registros das cadeiras quebradas no setor sul inferior da Arena de Pernambuco, após Sport x Fortaleza pela final do Nordestão. Foto: Reprodução

“Ainda iremos analisar essa solicitação, mas é lamentável que um clube na nossa situação financeira, ainda tenha que pagar R$ 125 mil por danos ao patrimônio público. Atitude de vandalismo”, disse o presidente leonino, Yuri Romão, à Rádio Clube.

O Sport atuou na Arena de Pernambuco por conta das limitações de público que ainda vigoram em relação à Ilha do Retiro, que pode receber no máximo 17 mil pessoas.

A ideia do clube, portanto, era que pudesse receber a capacidade máxima do estádio em São Lourenço da Mata. E conseguiu: o Rubro-negro bateu o recorde de público entre clubes da Arena.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados