conecte-se conosco
Silvio Romero - Fortaleza Silvio Romero - Fortaleza

CEFortalezaLibertadoresÚltimas

Fortaleza perde para o Estudiantes por 3 a 0 e fica fora das quartas de final da Libertadores

Publicados

em

Com Yago Pikachu expulso ainda no 1º tempo, Leão do Pici foi completamente dominado pelo Estudiantes atuando em Buenos Aires

Não deu para o Fortaleza. Atuando em Buenos Aires, o time cearense deu muitas brechas em falhas defensivas ao time do Estudiantes e acabou derrotado por 3 a 0 no estádio Jorge Luis Hirschi. Os gols do jogo foram marcados por Manuel Castro – duas vezes – e Zapiola.

O resultado encerra a campanha do Leão do Pici na primeira Libertadores de sua história. Agora, o Tricolor voltará seu foco para se recuperar na Série A do Campeonato Brasileiro, além de tentar seguir avançando na Copa do Brasil.

Próximos jogos

Após o embate na Argentina, o Tricolor alencarino terá uma árdua missão pela Série A. No domingo, às 19h, o Leão do Pici enfrentará o Palmeiras, que lidera a competição, na Arena Castelão.

O jogo – Estudiantes x Fortaleza

1º Tempo – Pesadelo tricolor

Jogando em casa, o Estudiantes veio disposto a pressionar o Fortaleza em seu campo desde o início da primeira etapa. Atuando com a mesma linha de 5 defensores que entrou em campo na capital cearense, o time argentino acrescentou a presença do centroavante Leandro Díaz para fortalecer seu jogo aéreo, calo do Leão do Pici na temporada.

Aos 8 minutos, em falha na saída de bola do Fortaleza pela esquerda, o Estudiantes chegou ao seu primeiro gol. Após a defesa afastar, o lateral Godoy interceptou o passe para Moisés, arrancou pela direita, o jogador argentino levantou a cabeça e cruzou para Manuel Castro, que subiu sozinho na área para cabecear e estufar as redes de Marcelo Boeck.

Depois do gol, o Tricolor do Pici pareceu ter se assustado em campo e viu o “León” adotar uma postura mais agressiva, pressionando a saída de bola alencarina.

Conutdo, o que estava difícil ficou ainda pior. Aos 21, em jogada pelo lado esquerdo do ataque argentino, o Fortaleza sofreu um durou golpe. Tentando retomar a bola, Yago Pikachu entrou por cima e deu uma solada no atacante Boselli. O árbitro Esteban Ostojich foi chamado ao VAR e mandou o ala mais cedo para o vestiário.

A situação só não se tornou ainda mais desastrosa também graças a uma intervenção do árbitro de vídeo. Na cobrança da falta sofrida por Boselli, o Estudiantes chegou ao segundo gol. Porém, o VAR acionou novamente o juiz de campo para sinalizar um impedimento na jogada.

Com um homem a menos, o Fortaleza demorou a se assentar em campo. O Leão só conseguiu reduzir a pressão argentina e ficar mais com a posse de bola a partir dos 30 minutos. Porém, praticamente não conseguia chegar perto da área do Estudiantes e, menos ainda, incomodar o goleiro Andújar.

Lucas Lima - Fortaleza
Principais jogadores do Tricolor foram anulados pelo Estudiantes – Foto: Felipe Cruz/Fortaleza

2º Tempo – Fortaleza vacila e Estudiantes define vaga com 11 minutos

O Fortaleza não teve nem tempo de aplicar as orientações do seu treinador na volta do intervalo. Assim, com menos de 2 minutos, o Estudiantes conseguiu ampliar o placar. O lateral Más arrancou pela esquerda e lançou para a área. Castro apareceu mais uma vez livre e cabeceou bola que morreu caprichosamente nas redes do Leão do Pici.

Dez minutos depois, os argentinos ampliaram o placar. Em nova falha na saída de bola, o goleiro Marcelo Boeck dá um presente para o atacante Zapiola, que invade a área, dribla o arqueiro tricolor e marca o terceiro.

Com três gols de desvantagem (4 a 1 no placar agregado) e um jogador a menos, aos 15 minutos, o técnico Juan Pablo Vojvoda começou a rodar o elenco já pensando no jogo contra o Palmeiras pela Série A. Assim, o treinador tricolor sacou sua dupla de ataque titular – Romero e Moisés – para acionar Romarinho e Igor Torres.

Assim, com o resultado – e a classificação – em mãos, coube ao time argentino apenas administrar o restante da segunda etapa e carimbar a o passaporte para enfrentar o Athletico Paranaense nas quartas de final da Libertadores.

Fortaleza derrotado pelo Estudiantes
Leão do Pici pouco conseguiu produzir ofensivamente – Foto: Felipe Cruz/Fortaleza

Ficha do jogo

Estudiantes 3
Andújar; Godoy, Rogel, Lollo, Noguera e Emmanuel Mas; Jorge Rodríguez (Morel), Zuqui (Rollheiser) e Manuel Castro (Piatti); Boselli (Zapiola) e Leandro Díaz (Pellegrino). Técnico: Ricardo Zielinski.

Fortaleza 0
Marcelo Boeck; Ceballos, Marcelo Benevenuto e Titi; Yago Pikachu, Zé Welison (Matheus Jussa), Hércules (Ronald), Lucas Lima (Matheus Vargas) e Juninho Capixaba; Moisés (Romarinho) e Silvio Romero (Igor Torres). Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Local: Estádio Jorge Luis Hirschi, em Buenos Aires.
Árbitro: Esteban Ostojich (URU)
Assistentes: Carlos Barreiro e Pablo Llarena (ambos do URU)
VAR: Roberto Pérez (PER)
Gols: Manuel Castro aos 8/1ºT e aos 2/2ºT e Zapiola aos 11/2ºT (Estudiantes)
Cartões amarelos: Zuqui e Noguera (Estudiantes); Juninho Capixaba, Moisés, Zé Welison e Romarinho (Fortaleza)
Cartão vermelho: Yago Pikachu (Fortaleza)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados