conecte-se conosco
Eduardo - Fortaleza x Botafogo Eduardo - Fortaleza x Botafogo

CEFortalezaSérie AÚltimas

Fortaleza não repete bom desempenho e perde invencibilidade no returno contra o Botafogo

Foto: Vítor Silva/Botafogo

Publicados

em

Com o goleiro Fernando Miguel sendo vazado pela primeira vez em sete jogos, o Tricolor do Pici conheceu sua primeira derrota no returno da Série A

Não deu para o Fortaleza. Após seis jogos sem perder, sendo cinco com vitórias e sem sofrer gols, o Leão do Pici conheceu sua primeira derrota no returno da Série A. Mostrando um futebol abaixo do que vinha mostrando nas últimas partidas, o Tricolor não conseguiu segurar o Botafogo, que contou com uma tarde iluminada do meia Eduardo, que marcou dois dos três gols do Glorioso, no triunfo por 3 a 1, na Arena Castelão.

Como fica?

Com o resultado, o Leão freia a sua subida na tabela da Série A neste returno. Assim, a derrota quebra a invencibilidade de cinco jogos e faz com que o Tricolor do Pici siga na 12ª posição com 31 pontos ganhos. O time cearense pode perder uma colocação caso o São Paulo vença o Cuiabá, na Arena Pantanal, neste domingo, a partir das 19h.

Próximos jogos

O Fortaleza volta a campo apenas no próximo sábado, às 19h. O Leão do Pici irá visitar o Fluminense, no Maracanã, visando retomar a subida na tabela da Série A. O jogo será válido pela 26ª rodada do Brasileirão.

O jogo – Fortaleza x Botafogo

1º Tempo – Cariocas derrubam invencibilidade da defesa do Leão

A etapa inicial do confronto diante do Botafogo, em casa, não foi bom para o time do Fortaleza. Apesar de criar a primeira chance antes do primeiro minuto de jogo, o Leão não conseguiu apresentar o bom ritmo de atuação que vem marcando sua retomada no segundo turno da Série A.

Assim, os donos da casa acabaram sendo dominados no meio-campo pelo Fogão, que foi mais perigoso ao longo da primeira etapa. Os cariocas, inclusive, tiveram uma baixa logo nos minutos iniciais, quando o lateral Rafael foi retirado de campo após choque com Thiago Galhardo para dar vaga ao defensor Lucas Mezenga.

Porém, a mudança não atrapalhou o Botafogo, que começou a construir sua vantagem logo aos 18 minutos. Em disputa de bola na esquerda, Jeffinho superou Brítez, chegou na linha de fundo e cruzou voltando para encontrar o meia Eduardo, que finalizou para vazar Fernando Miguel pela primeira vez em sete jogos.

Atrás no placar, o Fortaleza tentou ser mais ousado e chegar ao ataque empurrado pela sua torcida, contudo, quem marcou novamente foi ao Botafogo. Aos 35, Marçal bateu escanteio na primeira trave, o zagueiro Cuesta desviou e a bola se apresentou para Eduardo marcar o segundo no jogo.

Nos minutos finais, as duas equipes não conseguiram mais chegar ao ataque criando perigo aos goleiros adversários. Com marcação forte, especialmente do Botafogo, que se retraiu mais, a partida ficou bastante truncada e faltosa até o apito final de Ramon Abbati Abel.

2º Tempo – Mais ofensivo, Fortaleza marca e perde pênalti

Em desvantagem, o técnico Juan Pablo Vojvoda trouxe o time do Fortaleza modificado dos vestiários na volta ao jogo. Tentando tornar a equipe mais ofensiva, o treinador sacou Zé Welison e Romarinho para as entradas de Hércules e Pedro Rocha, que fez sua estreia pelo Leão.

Se lançando mais à frente, o Tricolor teve a sua primeira boa chance logo aos 7 minutos de jogo no segundo tempo. Thiago Galhardo foi derrubado por Lucas Mezenga e o árbitro marcou o pênalti. Na cobrança, Robson bateu e o goleiro Gatito Fernández. No rebote, o arqueiro alvinegro fez nova intervenção para afastar o perigo.

Após a penalidade, o Botafogo começou a se animar para ir ao ataque. Assim, Eduardo recebeu boa bola na área após cobrança de lateral, mas acabou errando o chute. O castigo para o Leão veio 11 minutos depois das defesas de Gatito, o Fortaleza viu os visitantes ampliarem o placar.

Aos 18, Marçal recolheu bola mal afastada pela defesa cearense na entrada da área e bateu colocado para superar Fernando Miguel e marcar seu primeiro gol com a camisa do Alvinegro.

Depois do terceiro gol, Vojvoda colocou o time do Fortaleza ainda mais à frente para tentar diminuir o prejuízo. Assim, acionou Otero e Romero nas vagas de Titi e Robson, respectivamente. Com as mudanças, o Tricolor logo chegou ao gol. Após boa tabela pela esquerda, Moisés encontrou Thiago Galhardo, que devolveu para o camisa 21 avançar e bater na saída de Gatito Fernández.

No lance seguinte, o Leão retomou a bola após a saída de jogo do Botafogo e logo trabalhou a jogada para Silvio Romero receber na entrada da área e finalizar de primeira para mais uma grande defesa do goleiro botafoguense.

Fortaleza x Botafogo
Foto: Leonardo Moreira/Fortaleza

O Fortaleza ainda teve uma grande oportunidade com Thiago Galhardo. Aos 40, o meia fez excelente jogada individual pela direita, entrou na área e bateu cruzado, porém o chute não foi o ideal e a bola saiu pela linha de fundo.

O Botafogo, por sua vez, seguiu com uma postura mais resguarda, e apenas administrou o resultado para sair com a vitória – a primeira desde 24 de julho.

Análises, informações, números e mais: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Ficha do jogo

Fortaleza 1
Fernando Miguel; Brítez, Marcelo Benevenuto, Titi (Otero) e Juninho Capixaba; Zé Welison (Hércules), Lucas Sasha (Lucas Lima) e Thiago Galhardo; Romarinho (Pedro Rocha), Moisés e Robson (Silvio Romero). Técnico: Juan Pablo Vojvoda

Botafogo 3
Gatito Fernández; Rafael (Lucas Mezenga), Adryelson, Victor Cuesta e Marçal; Tchê Tchê, Lucas Fernandes e Eduardo (Gabriel Pires); Victor Sá (Lucas Piazon), Jeffinho (Kanu) e Tiquinho Soares (Júnior Santos). Técnico: Luís Castro

Local: Arena Castelão
Árbitro: Ramon Abbati Abel (SC)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (FIFA-GO) e Thiaggo Americano Labes (SC)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (FIFA-SP)
Gols: Eduardo aos 18 e 35/1ºT, Marçal aos 17/2ºT (Botafogo); Moisés aos 24/2ºT (Fortaleza)
Cartões amarelos: Juninho Capixaba (Fortaleza); Marçal e Eduardo (Botafogo)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados