conecte-se conosco
Vina - Internacional x Ceará Vina - Internacional x Ceará

CECearáSérie AÚltimas

Ceará sai na frente, mas toma virada do Inter e chega a 8 jogos sem vencer na Série A

Foto: Fausto Filho/Ceará

Publicados

em

Mais uma derrota. Após um primeiro tempo animador, em que mostrou a intensidade dos primeiros jogos com Lucho e até chegou a sair na frente, o Ceará viu falhas defensivas minarem seu desempenho e favorecerem mais um rival com o resultado positivo. Dessa vez, o Vozão foi derrotado por 2 a 1 pelo Internacional, chegou ao oitavo confronto sem vencer e vê a zona de rebaixamento ainda mais próxima.

Os gols do jogo foram marcados por Lima, de pênalti ainda no primeiro tempo, para o Ceará. Já pelo Internacional, Edenilson e Alan Patrick, também da marca penal, selaram o destino do Vozão.

Como fica?

Com o resultado, o Alvinegro segue na 16ª posição da Série A, com apenas 34 pontos conquistados em 34 partidas. Contudo, os alencarinos ainda podem entrar no Z-4 nesta rodada.

Para que isso não ocorra, o Atlético-GO não poderá conquistar pontos contra o São Paulo no Morumbi, e o Cuiabá não poderá vencer o Avaí, em casa. Ambos os jogos acontecem ainda na quinta-feira à noite.

Próximo jogo

Agora, o Ceará terá mais cinco dias para se preparar para o jogo válido pela 35ª rodada da Série A. Assim, os alencarinos receberão o Fluminense, sem público, na Arena Castelão, na próxima segunda-feira (31), às 20h.

Ficha do jogo – Internacional x Ceará

1º Tempo – Vozão em alta rotação no Beira-Rio

A importância do jogo para o Ceará na luta contra o rebaixamento ficou muito nítida já nos primeiros minutos da partida contra o Internacional. Com intensidade e forte marcação desde o apito inicial, os alvinegros partiram para cima dos donos da casa em busca de quebrar a sequência de sete jogos sem vencer na Série A.

Assim, na segunda estocada no campo de ataque, o Vozão chegou ao gol. Aos 5, após troca de passes, Bruno Pacheco foi acionado na esquerda, entrou na área e foi derrubado por Igor Gomes. O árbitro Ramon Abbati Abel marcou o pênalti, que foi cobrado por Lima para colocar os alencarinos à frente.

Em vantagem, o Ceará passou a dar mais campo para o Internacional e buscar os contra-ataques, uma vez que os Colorados não possuíam nenhum volante de maior poder de marcação. Dessa forma, os alvinegros ainda tiveram uma grande chance com Vina, em chute de fora, para excelente defesa de Keiller.

Na reta final de jogo, os gaúchos passaram a acelerar mais o jogo e abafar a saída de bola dos cearenses. Assim, conseguiram cercar mais a área de João Ricardo, mas sem exigir nenhuma boa defesa do arqueiro do Ceará. Os jogadores do Inter ainda reclamaram de um possível pênalti em Pedro Henrique, mas que não foi marcado pelo árbitro.

Lima - Internacional x Ceará
Lima bateu pênalti com categoria para dar a vantagem ao Vozão – Foto: Fausto Filho/Ceará SC

2º Tempo – Vantagem escapa em 10 minutos e Vozão perde mais uma

Na volta do segundo tempo, o Internacional volta com um time ainda mais ofensivo. O técnico Mano Menezes sacou o lateral Igor Gomes e acionou Weverton, que tem características mais agudas. Por isso, os Colorados logo imprimiram uma blitz ao redor da área de João Ricardo.

Apesar de suportar bem a pressão, o Ceará não conseguia mais incomodar no campo de ataque. Dessa forma, os alvinegros foram vendo o volume do Inter até chegar ao gol. Aos 17, Alan Patrick recebeu bola na grande área e bateu para boa defesa de João Ricardo.

Contudo, um minuto depois, o goleiro alencarino não conseguiu salvar. Após boa jogada pela esquerda, Carlos de Pena aproveitou escorregão de Nino Paraíba, chegou na linha de fundo e cruzou voltando. A bola passou por toda a defesa do Ceará e se apresentou para Edenilson só encostar para o gol.

Com o empate, o Ceará esboçou uma reação e passou a fazer força para chegar mais à frente. Porém, com muitos erros de passes, os alvinegros não conseguiam imprimir um forte ritmo para buscar o desempate. A melhor chance do Vozão no período foi aos 26, quando Vina arriscou de fora para mais uma boa defesa de Keiller.

O castigo pela chance perdida veio quatro minutos depois. Após cobrança de escanteio, Luiz Otávio tenta interceptar um chute da entrada da área, mas a bola acerta o seu braço. O árbitro de campo manda o lance seguir, mas foi chamado pelo VAR e assinalou o pênalti aos 33. Na cobrança, Alan Patrick vence João Ricardo e deu a virada ao gaúchos.

Nos minutos finais, Lucho González soltou mais a equipe com as entradas de Guilherme e Iury Castilho nas vagas de Geovane e Bruno Pacheco. Assim, o Vozão até buscou aproveitar a velocidade dos seus pontas no campo de ataque, mas não incomodou Keiller e chegou ao oitavo jogo sem vencer na Série A.

Ficha do jogo

Internacional 2
Keiller; Igor Gomes (Weverton), Vitão, Rodrigo Moledo e Renê; Edenilson, Carlos de Pena, Alan Patrick (Lucas Ramos) e Pedro Henrique (Maurício); Wanderson (Taison) e Braian Romero (David). Técnico: Mano Menezes

Ceará 1
João Ricardo; Nino Paraíba (Zé Roberto), Gabriel Lacerda, Luiz Otávio e Bruno Pacheco (Guilherme Castilho); Geovane (Iury Castilho), Fernando Sobral e Vina; Lima, Diego Rigonato (Victor Luís) e Cléber (Michel Macedo). Técnico: Lucho González.

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Ramon Abbati Abel (SC)
Assistentes: Éder Alexandre e Thiaggo Americano Labes (ambos de SC)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (FIFA-SP)
Gols: Lima aos 5/1ºT (Ceará); Edenilson aos 20/2ºT (Internacional)
Cartões amarelos: Mano Menezes (Internacional); Geovane (Ceará)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados