conecte-se conosco
Copa do Mundo - Ademir Menezes, Rivaldo, Bebeto e Zagallo Copa do Mundo - Ademir Menezes, Rivaldo, Bebeto e Zagallo

ALBACEMAPBPEPIRNSESeleção BrasileiraÚltimas

Copa do Mundo: Com baianos, Nordeste vai em busca de mais história no Mundial; veja as conquistas

Ademir Menezes, Rivaldo, Bebeto e Zagallo - Reprodução; Divulgação/CBF

Publicados

em

NE já teve dois artilheiros, um camisa 10 e um treinador campeão

Ao longo de 92 anos, a Copa do Mundo já mexeu com a emoção de bilhões de pessoas mundo afora – e não será diferente a partir deste domingo, no Catar. Com uma história rica na Seleção Brasileira, o Nordeste vai atrás de mais uma campanha marcante, com Daniel Alves e Bremer.

A lista de campeões mundiais do Nordeste é longa. Entre os campeões, já são 14 nomes: Dida (1958), Zózimo, Vavá (1958 e 1962), Zequinha (1962), Zagallo (1958, 1962 e 1970), Mazinho, Ricardo Rocha, Aldair, Bebeto (1994), Dida, Júnior, Vampeta, Rivaldo e Edílson (2002).

Zagueiro Bremer e lateral direito Daniel Alves
Baianos, Bremer e Daniel Alves são os nordestinos na Seleção – Lucas Figueiredo/CBF

A história do Nordeste nas Copas

Desde 1930, as únicas Seleções Brasileiras sem jogadores nordestinos nas Copas do Mundo foram as de 1934 e 1938. Todos os demais times, de 1950 até hoje, contaram com nordestinos na lista, incluindo 14 jogadores (e um treinador) campeões do Mundial.

O pioneiro entre os nordestinos foi o volante maranhense Fausto, curiosamente, também o último maranhense na lista. Mas o estado ainda aparece na frente de Ceará e Piauí, que nunca tiveram um jogador nascido por lá envergando a Canarinha em uma Copa do Mundo.

Entre as cidades, a mais bem representada é o Recife, com oito jogadores nascidos na capital pernambucana, incluindo os dois nordestinos artilheiros do Mundial (Ademir Menezes, 1950, e Vavá, 1958) e o único camisa 10 (Rivaldo, 1998 e 2002).

Falando dos estados, a Bahia é quem tem mais mundialistas. A lista de 13 nomes inclui Aldair, Bebeto, Dida e Daniel Alves, os únicos da região a participar de três Copas. Juazeiro também é a única cidade do interior com mais de um jogador nas Copas (Luís Pereira e Dani Alves).

Outro nordestino também detém uma marca importante. Maceioense, Zagallo é o único brasileiro a ser campeão tanto como jogador, quanto como treinador. Além dele, o alemão Franz Beckenbauer e o francês Didier Deschamps são os únicos com esse feito.

Atacante Roberto Firmino, da Seleção Brasileira
Alagoano, Firmino foi o único nordestino na Copa de 2008 – Lucas Figueiredo/CBF

E os naturalizados

Mas o recordista entre nordestinos é o zagueiro Pepe, que vai para a sua 4ª Copa do Mundo, defendendo a Seleção de Portugal. Natural de Maceió, o defensor de 39 anos estará ao lado de Otávio, natural de João Pessoa e cria do Santa Cruz, no time lusitano

Além deles, outros nomes com passagens por outras equipes em Copa do Mundo são os meias Sammir (BA – Croácia, 14), Sinha (RN – México, 06) e Clayton (MA – Tunísia, 98 e 02) e os atacantes Francileudo (MA – Tunísia, 06) e Luís Oliveira (MA – Bélgica, 98).

Sergipano de nascimento, o atacante Diego Costa, que jogou a Copa do Mundo de 2014 pela Espanha, até chegou a atuar em dois amistoso na Seleção Brasileira antes da naturalização.

Outro nome de destaque é o de Alexandre Guimarães. Nascido em Maceió, ele jogou a Copa de 1990 pela Costa Rica e, depois, treinou o time centro-americano nos Mundiais de 2002 e 2006.

Atacante Diego Costa, da Seleção Espanhola
Diego Costa é sergipano e jogou na Seleção Espanhola – Divulgação/SEFutbol

Os nordestinos da Seleção

Uruguai-1930

  • V – Fausto – Vasco da Gama (Codó-MA)

Brasil-1950

  • A – Ademir Menezes – Vasco da Gama (Recife-PE)
  • A – Maneca – Vasco da Gama (Salvador-BA)

Suíça-1954

  • V – Dequinha – Flamengo (Mossoró-RN)
  • A – Índio – Flamengo (Cabedelo-PB)

Suécia-1958*

  • Z – Zózimo – Bangu (Salvador-BA)
  • M – Dida – Flamengo (Maceió-AL)
  • A – Zagallo – Flamengo (Maceió-AL)
  • A – Vavá – Vasco (Recife-PE)

Chile-1962*

  • Z – Zózimo – Bangu (Salvador-BA)
  • M – Zequinha – Palmeiras (Recife-PE)
  • A – Zagallo – Botafogo (Maceió-AL)
  • A – Vavá – Palmeiras (Recife-PE)

Inglaterra-1966

  • G – Manga – Botafogo (Recife-PE)
  • LE – Rildo – Botafogo (Recife-PE)

México-1970*

  • V – Clodoaldo – Santos (Itabaiana-SE)
  • T – Zagallo (Maceió-AL)

Alemanha Ocidental-1974

  • Z – Luís Pereira – Palmeiras (Juazeiro-BA)
  • LE – Marinho Chagas – Botafogo (Natal-RN)
  • T – Zagallo (Maceió-AL)

Argentina-1978

  • LD – Toninho Baiano – Flamengo (Vera Cruz-BA)

México-1982

  • LE – Júnior – Flamengo (João Pessoa-PB)

México-1986

  • LE – Júnior – Torino (João Pessoa-PB)

Itália-1990

  • LD – Mazinho – Vasco (Santa Rita-PB)
  • Z – Ricardo Rocha – São Paulo (Recife-PE)
  • Z – Aldair – Benfica (Ilhéus-BA)
  • A – Bebeto – Vasco (Salvador-BA)

EUA-1994*

  • LD – Mazinho – Palmeiras (Santa Rita-PB)
  • Z – Ricardo Rocha – Vasco (Recife-PE)
  • Z – Aldair – Roma (Ilhéus-BA)
  • A – Bebeto – Deportivo La Coruña (Salvador-BA)

França-1998

  • G – Dida – Corinthians (Irará-BA)
  • Z – Júnior Baiano – Flamengo (Feira de Santana-BA)
  • Z – Aldair – Roma (Ilhéus-BA)
  • M – Rivaldo – Barcelona (Recife-PE)
  • A – Bebeto – Botafogo (Salvador-BA)

Japão e Coreia do Sul-2002*

  • G – Dida – Corinthians (Irará-BA)
  • LE – Júnior – Parma (Santo Antônio de Jesus-BA)
  • V – Vampeta – Corinthians (Nazaré-BA)
  • M – Rivaldo – Barcelona (Recife-PE)
  • A – Edílson Capetinha – Cruzeiro (Salvador-BA)

Alemanha-2006

  • G – Dida – Corinthians (Irará-BA)
  • M – Juninho Pernambucano – Lyon (Recife-PE)

África do Sul-2010

  • LD – Daniel Alves – Barcelona (Juazeiro-BA)
  • V – Josué – Wolfsburg (Vitória de Santo Antão-PE)

Brasil-2014

  • LD – Daniel Alves – Barcelona (Juazeiro-BA)
  • Z – Dante – Bayern de Munique (Salvador-BA)
  • M – Hernanes – Internazionale (Recife-PE)

Rússia-2018

  • A – Roberto Firmino – Liverpool (Maceió-AL)

Catar-2022

  • LD – Daniel Alves – Pumas (Juazeiro-BA)
  • Z – Bremer – Juventus (Itapitanga-BA)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados