conecte-se conosco
Layza, atacante das Leoas da Ilha. Layza, atacante das Leoas da Ilha.

Futebol de MulheresPESportÚltimas

Leoas da Ilha: Sport conta com Layza, artilheira de 2022, para alcançar voos mais altos na A2

Sandy James/Sport Club do Recife

Publicados

em

Rubro-negras têm como primeiro objetivo a permanência na divisão, mas se permitem sonhar com a volta à elite

Se as Leoas da Ilha trilharam uma trajetória de destaque em 2022, muito se deve ao grande ano feito pela atacante Layza. Artilheira do Sport na última temporada, com 14 gols em 15 jogos, a jogadora de apenas 19 anos foi fundamental nas conquistas do acesso à Série A2 e do Campeonato Pernambucano, de forma invicta. E ela diz querer mais.

“É o mesmo foco de sempre. E a expectativa está lá em cima. Nunca deixei de acreditar que eu sempre posso estar dando o meu melhor dentro e fora do campo. Então, acredito que posso, sim, conquistar novamente a artilharia do Estadual como também ajudar a equipe a ir mais longe dentro do Brasileiro”, declarou a camisa 9 em entrevista ao NE45.

Layza, atacante das Leoas da Ilha. Crédito: Sandy James/Sport Club do Recife

As Leoas da Ilha levaram o último Pernambucano de forma invicta, alcançando o 8º título da sua história e dividindo, junto ao Vitória das Tabocas, o posto de maior vencedor do certame. Ano que ainda foi contemplado com um acesso incontestável, tendo como ‘bônus’ o fato de ter deixado um rival, o Náutico, pelo caminho – mais uma vez.

Para 2023, os objetivos são assumir a liderança na corrida das taças no Estadual e ao menos assegurar a permanência na nova divisão. Mas sem deixar de sonhar com o retorno à A1, onde o Sport esteve pela última vez em 2019.

Números de Layza detalhados

Brasileiro A3 – 4 gols em 8 partidas
Pernambucano – 10 gols em 7 partidas (artilheira)
Total: 14 gols em 15 partidas

Leoas da Ilha se aproximam de estreia

Leoas comemoram gol contra o rival pela A3. Crédito: Sandy James/Sport Club do Recife

A menos de um mês da estreia na A2 do Brasileiro, a equipe comandada pela técnica Regiane Santos ainda passa por ajustes. Apesar da base mantida para 2023, o elenco conta com lacunas – principalmente defensivas – que devem ser preenchidas nas duas próximas semanas.

No ataque, no entanto, o posto de Layza está assegurado. E, apesar da pouca idade, a atleta se junta a nomes como o da zagueira Bicê, de 35 anos, e da atacante Lindinalva, a ‘Pintinho’, de 34, como peças importantes dentro do plantel rubro-negro. A camisa 9 avaliou o trabalho que vem sendo realizado e reforçou os focos do ano.

“Essa pré-temporada está sendo muito intensa. A gente vem trabalhando e se preparando bem fisicamente e também psicologicamente. Tudo pensando na nossa temporada. Estamos focadas no objetivo da A2. E, de degrau em degrau, queremos manter a mesma pegada do ano passado”, projetou.

Layza (canto esq.), Débora BB e Géssica. Crédito: Rafael Vieira/FPF

As Leoas da Ilha ainda aguardam a divulgação da tabela da competição nacional por parte da CBF, mas já sabem quando entram em campo pela primeira vez. Segundo apurou a reportagem, o time rubro-negro estreia no dia 16 de abril.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados