conecte-se conosco
Paulo Miranda_Náutico_2023 Paulo Miranda_Náutico_2023

NáuticoPESérie CÚltimas

Paulo Miranda pede para deixar o Náutico após denúncia de manipulação de resultados

Foto: Tiago Caldas/CNC

Publicados

em

O zagueiro Paulo Miranda não joga mais pelo Náutico. Após receber um mandado de busca e apreensão por uma denúncia de manipulação de resultados, o jogador solicitou a rescisão de contrato com o clube. A informação da saída do atleta foi antecipada pelo Tá Na Rede e confirmada pela reportagem do NE45.

De acordo com informações apuradas pelo NE45, o jogador recebeu o mandado de busca e apreensão na manhã da última terça-feira (18), na sua casa, no Paiva, na cidade do Cabo de Santo Agostinho. Assim como aconteceu com o lateral Igor Cariús, do Sport. 

Os dois são alvos de busca e apreensão da Operação Penalidade Máxima II, deflagrada pelo Ministério Público de Goiás (MPGO).

A investigação é sobre a atuação de uma organização criminosa especializada na manipulação de resultados esportivos de partidas de futebol profissional. Os jogos sob suspeitas foram válidos pela Série A de 2022 e em outros Estaduais deste ano: Goiano, Gaúcho, Mato-Grossense e Paulista.

Dos jogos do Juventude, apenas em um Paulo Miranda estava em campo, que foi na derrota para o Goiás por 1×0. Na ocasião, o atleta tomou um cartão amarelo. De acordo com a súmula da árbitra Edina Alves Batista, o atleta, que se chama Jonathan Doin como consta no documento, foi punido aos 4 minutos do primeiro tempo por reclamação.

Náutico com tolerância zero com denúncias

No final de 2022, o auxiliar técnico Kuki, em entrevista ao canal de Wellington Araújo, afirmou que um zagueiro do elenco da última esteve envolvido com apostas esportivas. Não houve denúncias, mas o Náutico passou a ter tolerância zero a partir de qualquer suspeita.

Por isso, mesmo que Paulo Miranda não pedisse para sair, a tendência é de que o zagueiro deixasse o clube de todo jeito.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados