conecte-se conosco
Santa Cruz: Com proposta de time da Série C, Lucas Silva acerta rescisão contratual Santa Cruz: Com proposta de time da Série C, Lucas Silva acerta rescisão contratual

PESanta CruzSérie DÚltimas

Por maior entrosamento, Santa Cruz deve repetir escalação contra Potiguar, pela Série D

Publicados

em

Tricolor teve a chegada de novas peças e busca aprimorar entrosamento do time neste início da competição

Depois de estrear com vitória na Série D, diante do Iguatu, o Santa Cruz tem mais um desafio na competição mais importante do seu ano. Agora, encara o Potiguar em Mossoró-RN, no Nogueirão, neste domingo (14), às 17h.

Para o jogo, a tendência é que o técnico Felipe Conceição repita a mesma escalação da última segunda-feira (8). Isso porque o Santa Cruz conta com novos jogadores que vieram para a disputa da Série D. Assim, o time tenta ainda buscar o entrosamento ideal com essas peças que chegaram para incrementar a equipe.

Para os jogadores, essa sequência é importante, já que houve tempo para o comandante treinar diferentes ideias que estão sendo aplicadas pela equipe coral. E que, com esse encaixe maior vindo do entrosamento, facilita um bom desempenho de quem vem do banco de reservas.

“Sim (é válida a repetição). O Felipe (Conceição) teve tempo para trabalhar. A gente teve uma sequência boa de entrosamento e vejo que não precisa de mudanças nesse momento. A gente tem que desenvolver”, avaliou o atacante Lucas Silva.

“É lógico que todo mundo quer jogar, nossos companheiros têm que jogar, sim. Mas estamos buscando esse equilíbrio para que, quem entrar, possa entrar com respaldo, tranquilo, para desempenhar o melhor”, completou.

Comparando a escalação do Tricolor que esteve em campo na eliminação no Campeonato Pernambucano, para o Petrolina, para o time que fez a estreia na Série D, diante do Iguatu, são 4 peças diferentes no time titular.

Daquela equipe da eliminação, saíram Jadson e Dayvid (banco), além de Arthur Santos e João Erick (deixaram o clube). No lugar deles, entraram, hoje, Léo Fernandes na lateral direita, Fabrício e Pingo na cabeça de área, e Nadson no ataque.

Além disso, naquela dolorosa eliminação para o Petrolina, também foram acionados Felipe Gedoz, Anderson Ceará e Ariel. Todos eles não fazem mais parte do elenco tricolor. Hoje, vindo do banco de reservas, já estrearam Emerson Galego (que estava no Petrolina) e Ítalo Henrique.

Escalação do Santa Cruz

Diante de um adversário que deve vir mais exposto, em busca da vitória, o Santa Cruz pretende explorar os erros do adversário para contragolpear e ser letal. Isso, claro, sem abdicar de também ter a bola e tentar controlar o ritmo da partida.

“A gente tem que entrar focado, sabendo que o time deles é muito bom, muito organizado. Temos que aproveitar o erro deles para conseguir essa vitória, que será importante para a sequência na temporada”, disse Lucas Silva

Lucas Silva - Santa Cruz x Central
Lucas Silva é uma das principais peças do setor de ataque tricolor na temporada. Foto: Evelyn Victoria/Santa Cruz

“Sabemos que se tivermos um resultado positivo aqui, o Arruda vai estar mais cheio. Temos que atrair o nosso torcedor para vir nos apoiar e buscarmos fazer um bom jogo para sair com o resultado positivo.”, concluiu o ponta coral.

Dessa forma, o Santa Cruz deve ir a campo com: Michael; Léo Fernandes, Ítalo Melo, Guedes e Marcus Vinícius; Pingo, Fabrício Bigode e Chiquinho; Nadson, Lucas Silva e Pipico.

A Cobra Coral terminou a 1ª rodada do Grupo A3 da Série D na 3ª colocação, com 3 pontos. Enquanto que o Potiguar foi derrotado pelo Nacional de Patos, por 2 a 0, e é o vice-lanterna da chave, sem pontuar.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados