conecte-se conosco
Técnico Vinícius Eutrópio_Confiança_2023 Técnico Vinícius Eutrópio_Confiança_2023

ConfiançaSESérie CÚltimas

Da sequência no cargo ao sonho do acesso para a Série B: Vinícius Eutrópio avalia trabalho no Confiança

Foto: Neto Ferreira/ADC

Publicados

em

Treinador está há quase um ano no clube e faz trabalho sólido até então

Aos 56 anos, o técnico Vinícius Eutrópio carrega em seu trabalho no Confiança algo que muitos treinadores do país não conseguem atingir: a manutenção duradoura no cargo. No comando da equipe desde o fim de junho de 2022, ele cumpriu a maioria dos objetivos até aqui. Mas quer mais. E sonha com o acesso à Série B.

A missão, claro, não é fácil. E Eutrópio sabe disso. O treinador, que comanda o seu 21º clube da carreira, é enfático ao revelar que a meta prioritária da equipe na temporada é a manutenção da Série C, mas não esconde a vontade de conquistar o acesso. Contudo, trabalha com os pés no chão e jogo a jogo.

Em quase um ano de trabalho, Eutrópio já conquistou dois objetivos principais: a manutenção na Série C em 2022 e a garantia de um calendário cheio, incluindo a participação na Copa do Brasil, para 2024. Contudo, para ter ainda mais datas no ano que vem, é preciso se garantir na Terceira Divisão deste ano e, no melhor dos cenários, subir para a Série B.

O começo na Série C deste ano, aliás, foi excelente: nove pontos em quatro jogos, ocupando a quarta colocação – pode até pular para a vice-liderança se vencer o Remo nesta terça-feira. O “segredo” do Confiança neste início de competição, na visão de Eutrópio, é a sequência do trabalho, que não abateu a equipe mesmo com o vice-campeonato Estadual.

Em entrevista exclusiva ao NE45, o técnico Vinícius Eutrópio avaliou o trabalho feito até aqui, as buscas por melhoria e também falou sobre o sonho do acesso à Série B.

Técnico Vinícius Eutrópio_Confiança_2023
Foto: Neto Ferreira/ADC

Entrevista com o técnico Vinícius Eutrópio

NE45 – Apesar do vice no Estadual, o Confiança teve um bom início de Série C. Qual foi o segredo para não se abater emocionalmente e começar bem a principal competição do clube na temporada?

Na verdade é uma sequência do trabalho desde a Série C de 2022 e demos sequência. Fizemos um campeonato em que nós ganhamos de todos os adversários no campeonato regional e somente na final que faltou a vitória. E agora iniciamos bem também (a Série C) com vitórias importantes. Eu credito isso à uma sequência do trabalho natural que a gente vem obtendo.

NE45 – Como você avalia o seu elenco para a disputa da Série C? Vê com bons olhos possíveis contratações para acrescentarem mais qualidade ao time? Se sim, qual o perfil buscado?

O nosso elenco não é o top, aquele com os jogadores de maior investimento. Não é o elenco com investimento mais baixo, mas se caracteriza com jogadores com experiência, com passagem em Série B. Falo que são atletas que têm um sarrafo para aumentar. A cada partida eles mostram a qualidade. É um elenco de boa qualidade. E há margem, sim, para contratações. Queremos mais e buscar a classificação entre os oito. Queremos sempre dar o melhor futebol para a torcida e o melhor elenco para representar bem o Confiança.

Técnico Vinícius Eutrópio_Confiança_2023
Foto: Neto Ferreira/ADC

NE45 – O Confiança está 100% como mandante nesta Série C. Queria que você falasse da importância de jogar em casa e ser forte dentro dos domínios de vocês.

É um histórico de jogos dentro do Batistão muito favorável para nós. Desde o ano passado obtivemos 100% e a gente tem mantido isso. É um diferencial, um fator importante para nos dar tranquilidade, principalmente em termos de pontuação. Isso tudo é fruto de um trabalho de toda equipe ao lado da torcida que sempre tem nos apoiado.

NE45 – Muito se fala que a Série C é equilibrada e qualquer sequência pode levar a equipe ao topo ou tirar dos trilhos. Como você vê esse equilíbrio na atual temporada e em que bloco se encontra o Confiança na competição?

Acredito que cada ano que passa a Série C ela está sendo mais valorizada, com maiores patrocínios e com o poder de divulgação muito grande da mídia, que atrai melhores jogadores e patrocinadores. É um campeonato muito equilibrado. A importância de ter o acesso à Série B tem trazido uma importância muito grande. Acho que o Confiança está no bloco intermediário e, ao longo da competição, vamos trabalhar para alcançar o bloco do primeiro escalão: a chance real de ter a classificação entre os oito e brigar pelo acesso.

NE45 – Você chegou ao Confiança no ano passado e conseguiu renovar para 2023. Como você avalia seu trabalho até aqui?

O trabalho a gente tem conseguido os objetivos. Cheguei junto com uma renovação da diretoria. E conseguimos os objetivos eram bem claros: a manutenção na Série C e melhorar o calendário para 2024, com a Copa do Brasil. Também chegar na final do Estadual nos trouxe renda, aumentou patrocínio, aumentou sócio-torcedor. E a gente espera continuar assim, vitoriosos nesse objetivos, para que em 2024 a gente possa fortalecer nosso calendário, porque só resultados positivos que a gente pode trazer melhorias para o clube dentro e fora de campo.

NE45 – Qual a principal meta do Confiança na Série C? Dá para sonhar com o acesso?

A principal meta do Confiança na Série C, em princípio, é a manutenção. A gente vai bem gradativo, bem pé no chão. Se nos mantivermos na Série C, a gente vai dar o passo seguinte, que é classificar entre os oito.

Técnico Vinícius Eutrópio_Confiança_2023
Foto: Neto Ferreira/ADC

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados