conecte-se conosco
Volantes Raniele, do Cuiabá, e Zé Welison, do Fortaleza, em lance de jogo do Brasileirão Volantes Raniele, do Cuiabá, e Zé Welison, do Fortaleza, em lance de jogo do Brasileirão

CEFortalezaSérie AÚltimas

Fortaleza acerta três bolas na trave contra o Cuiabá e perde primeira em casa no Brasileirão

Divulgação/Fortaleza EC

Publicados

em

Fortaleza acertou três bolas na trave na reta final do jogo

Chegou ao fim a invencibilidade do Fortaleza no Castelão pelo Brasileirão. Neste domingo (16), o Leão recebeu o Cuiabá pela 15ª rodada e conheceu a sua primeira derrota em casa no campeonato: 1 x 0 para o time mato-grossense, com gol solitário de Deyverson.

Em campo, o Leão teve o domínio da posse e conseguiu levar muita pressão na reta final, com direito a três bolas na trave. Mas o time penou em uma falha de saída de bola de João Ricardo, que gerou o gol cuiabano ainda no 1º tempo. Assim, o Cuiabá se fechou e garantiu a vitória.

Atacante Deyverson comemora em lance do jogo Fortaleza x Cuiabá no Brasileirão
Divulgação/Asscom Dourado

Como fica?

Com a derrota, o Fortaleza cai para a oitava colocação da Série A, mas pode perder ainda mais posições com o complemento da rodada, a depender dos resultados de Internacional, Atlético-MG e Athletico-PR. O Leão tem 23 pontos, apenas um a menos que o Palmeiras, último do G-6.

O Cuiabá, por sua vez, dá um passo para se afastar da zona de rebaixamento. O Dourado chega aos 19 pontos, quatro a mais que o Goiás, primeiro no Z-4, mas ainda com um jogo a menos.

Agora, o Fortaleza volta a campo em um confronto difícil no próximo sábado. O Leão visita o Palmeiras no Allianz Parque às 16h do próximo sábado (22). O Cuiabá, por sua vez, enfrenta outro dos grandes paulistas, recebendo o São Paulo no Mato Grosso, às 18h30 do mesmo dia.

Fortaleza x Cuiabá

1º tempo: Leão na roda

O Cuiabá entrou em campo com mais disposição ofensiva e já conseguiu ter boas chances logo nos primeiros minutos. O Fortaleza não demorou a encaixar o meio de campo e tomar o controle da posse de bola, buscando espaços na defesa cuiabana para entrar na área.

Mas os visitantes tinham uma boa postura defensiva e o Leão sofria para acionar as jogadas de velocidade com os seus pontas. Assim, o Tricolor controlava a posse, mas não conseguia criar grandes chances de perigo. E o Cuiabá, pressionando com linhas altas, levou a melhor.

Aos 18, João Ricardo saiu jogando errado e entregou a bola nos pés de Deyverson, que só teve o trabalho de ajeitar e bater para abrir o placar para o Dourado. A partir daí, o Fortaleza subiu a pressão para buscar o empate, mas faltava criatividade.

As jogadas ofensivas do Tricolor saiam apenas dos pés de Marinho, sem mostrar outras alternativas para a construção das jogadas de ataque. Do outro lado, o Cuiabá se fechou ainda mais e passou a travar o jogo, controlando o placar até o intervalo.

2º tempo: Pouco muda

Depois que os times voltaram dos vestiário, a dificuldade do Fortaleza na construção de jogadas não mudou. O time tentou aumentar a pressão ofensiva, mas seguia travado em frente à defesa mato-grossense e mostrava pouca capacidade de variação de jogadas.

Enquanto isso, o Cuiabá seguia apostando em um jogo truncado, pouco confortável para o Leão, pressionado pelo placar, pelos erros, pela boa atuação da defesa adversária e pelo ritmo de jogo que não tinha a sequência que o clube esperava.

Assim, Vojvoda tentou mexer no time e reforçou as peças ofensivas, com entradas de peças como Guilherme, Yago Pikachu e Silvio Romero. Com isso, a reta final de jogo foi de pressão total do Fortaleza e várias chances claras de empatar.

Aos 34, Romero chegou batendo na entrada da pequena área, mas a finalização explodiu no travessão. Aos 47, mas duas bolas no poste, com Guilherme parando a trave e Lucas Crispim acertando o travessão no rebote. Assim, o jogo ficou no 1 x 0 para o Dourado.

Atacante Marinho em lance do jogo Fortaleza x Cuiabá no Brasileirão
Divulgação/Fortaleza EC

Ficha do jogo

Fortaleza (0)
João Ricardo; Emauel Brítez, Marcelo Benevenuto, Titi e Bruno Pacheco (Guilherme); Zé Welison, Caio Alexandre (Lucas Crispim) e Thomás Pochettino (Calebe); Marinho (Yago Pikachu), Thiago Galhardo (Silvio Romero) e Juan Martín Lucero. Técnico: Juan Pablo Vojvoda.

Cuiabá (1)
Walter; Matheus Alexandre, Alan Empereur, Marllon e Rikelme; Fernando Sobral (Denilson), Raniele (Filipe Augusto) e Pablo Ceppelini; Jonathan Cafú (Iury Castilho), Clayson (Wellington Silva) e Deyverson (Isidro Pitta). Técnico: António Oliveira.

Local do jogo: Estádio Governador Plácido Castelo (Arena Castelão), em Fortaleza-CE
Árbitro: Yuri Elino Ferreira da Cruz (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Luiz Claudio Regazone (RJ)
Gol: Deyverson (18’/1ºT | CUI)
Cartões Amarelos: Caio Alexandre, Bruno Pacheco, Marcelo Benevenuto, Thiago Galhardo, Emanuel Brítez (FOR), Deyverson, Clayson, Iury Castilho, António Oliveira e Pablo Ceppelini (CUI)

Atacante Thiago Galhardo em lance do jogo Fortaleza x Cuiabá no Brasileirão
Divulgação/Fortaleza EC

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados