conecte-se conosco
Vagner Love, do Sport, é condecorado com título de Cidadão do Recife - Vagner Love, autor do gol da vitória do Sport sobre o Sampaio Corrêa pela Série B. Foto: Divulgação / Sport Club do Recife Vagner Love, do Sport, é condecorado com título de Cidadão do Recife - Vagner Love, autor do gol da vitória do Sport sobre o Sampaio Corrêa pela Série B. Foto: Divulgação / Sport Club do Recife

MAPESampaio CorrêaSérie BSportÚltimas

Sport vence Sampaio Corrêa, quebra tabu e volta ao G-4 da Série B

Publicados

em

Felipinho e Vagner Love fizeram os gols da vitória do Leão; Ytalo marcou para o Sampaio

De volta ao G-4 e tabu quebrado. Após 37 anos sem vencer o Sampaio Corrêa fora de casa, o Sport bateu o Tubarão por 2 x 1 jogando no estádio Castelão e voltou ao pelotão de cima da Série B do Brasileirão. Anteriormente, o último triunfo longe de Pernambuco havia sido em 1986.

Os gols da vitória do Leão foram marcados por Felipinho, aos 11 minutos do primeiro tempo, e Vagner Love, aos nove da segunda etapa. Enquanto Ytalo marcou para o Sampaio, aos 24 minutos do primeiro tempo.

Com o resultado fora de casa, o Sport chegou aos 35 pontos e subiu duas posições na tabela, chegando a terceira posição. O Sampaio, por sua vez, se mantém na 15ª colocação com 20 pontos.

Sampaio Corrêa x Sport – Resumo da partida

A partida começou bem equilibrada, com maior posse de bola para a equipe mandante. Durante os primeiros minutos, o Tubarão pressionou o Leão em seu campo de defesa, e apostou em ataques especialmente pelo lado esquerdo, com Pimentinha. Contudo, a primeira finalização da partida só aconteceu aos seis minutos, com Marcinho, experimentou de fora da área mas jogou sobre o gol.

Aos 11 minutos o Sport abriu o placar da partida, com Felipinho. Após boa jogada pela direita, Labandeira cruzou a bola, que achou Luciano Juba no meio da área. O camisa 46 rubro-negro achou um passe açucarado para Felipinho, que estava livre de marcação na esquerda e acertou um belo chute cruzado para o fundo das redes.

O jogo ficou mais aberto após o gol, com o Paio sendo mais ousado no ataque, buscando brechas na defesa do Sport, que por sua vez, adotou uma postura mais recuada, com o objetivo de explorar os erros do adversário.

Em contra-ataque, Vagner Love teve a chance de ampliar o marcador para o Leão após ótimo lançamento de Labandeira. Entretanto, o experiente atacante rubro-negro optou por realizar um drible ao invés da finalização, mas não conseguiu vencer a marcação de Gabriel Furtado. O defensor desarmou o camisa nove e afastou o perigo.

Quem não faz, leva. Aos 24 minutos da primeira etapa, após algumas tentativas sem sucesso, o Sampaio Corrêa empatou o jogo, com Ytalo. Pimentinha bagunçou a defesa do Leão e logo em seguida tocou para Marcinho, que tentou o chute para o gol, mas a bola se ofereceu para Ytalo empurrar para o fundo das redes, com direito a toque na trave antes de ultrapassar o linha.

O Tubarão cresceu na partida após o empate, conseguiu pressionar a equipe do Sport e criar jogadas com maior qualidade. Aos 33 minutos, Ytalo quase virou o jogo. O atacante finalizou de primeira após cobrança de escanteio com desvio na área, mas a bola passou tirando tinta da trave.

As últimas boas chances da primeira etapa foram do time mandante. Já nos acréscimos, após ótimo cruzamento na área, Robinho cabeceou no canto e exigiu uma boa defesa do goleiro Renan, que espalmou para a linha de fundo. Na sequência do lance, após o escanteio, Fábio Aguiar testa de cabeça no contrapé do arqueiro rubro-negro, mas a bola passa por cima do gol.

Segundo tempo

A segunda etapa começou da mesma forma que terminou a primeira, com o Paio assustando. Marcinho achou uma grande bola enfiada para Pimentinha, que entrou na área do Sport, driblou o zagueiro Sabino e com boa condição de finalizar, caiu pedindo pênalti. O árbitro não marcou.

Na sequência do lance, aos nove minutos, o Sport recuperou a bola e contra-atacou pelo lado direito. Já no setor de ataque, Alan Ruiz consegue um grande passe para Edinho, que fintou a marcação e cruzou para a pequena área. A bola desviou no caminho e achou Vagner Love. Livre de marcação, o atacante empurrou a bola para o fundo das redes.

Aos 18 minutos, Gabriel Furtado quase empata a partida novamente. Após cobrança de escanteio na área, o defensor ganhou a disputa no alto e cabeceou forte no travessão.

Atrás do placar, o Sampaio tentou igualar o marcador até o último minuto, mas não obteve sucesso. A última chance perigosa da partida aconteceu nos acréscimos, aos 46 minutos. Neto Paraíba cobra escanteio na área e Vagner Love tenta afastar mas quase acabou fazendo um gol contra.

Próximos jogos

O Leão entra em campo na próxima sexta-feira (28), diante do CRB, na Ilha do Retiro. O duelo válido pela 20ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, acontece às 21h30.

A Bolívia Querida encara o Atlético-GO, no sábado (29), também pela Série B do Campeonato Brasileiro. O duelo acontece às 18h, no estádio Antônio Accioly.

Ficha do jogo

Sampaio Corrêa 1
Luiz Daniel; Matheus Pivô, Gabriel Furtado, Fábio, Vitinho (Alyson); Mikael (Henrique), Ferreira (Emerson Carioca) e Robinho; Pimentinha (Vinícius Alves), Marcinho (Neto Paraiba) e Ytalo. Técnico: Márcio Fernandes. 

Sport 2
Renan; Eduardo (Ewerthon), Rafael Thyere, Sabino e Felipinho; Ronaldo (Pedro Martins), Fábio Matheus e Alan Ruiz (Alisson Cassiano); Luciano Juba (Michel Lima), Labandeira (Edinho) e Vagner Love. Técnico: Enderson Moreira 

Estádio: Castelão (São Luís/MA)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)
Assistentes: Michael Correia e Gustavo Mota Correia (ambos do RJ)
VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)
Cartões amarelos: Ferreira (SCO); Ronaldo (SPT)
Gols: Ytalo (24’/1ºT) (SCO); Felipinho (11’/1ºT) e Vagner Love (9’/2ºT) (SPT)
Público: 4.621
Renda: R$65.900,00

RAIO X DA SÉRIE B – 45 MINUTOS

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados