conecte-se conosco
Itamar Schulle - Santa Cruz Itamar Schulle - Santa Cruz

PEPernambucanoSanta CruzÚltimas

Itamar reconhece de dificuldades para contratar, mas enaltece elenco do Santa Cruz: “Me alegro com o que tenho”

Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Publicados

em

Comandante do Santa Cruz afirmou que clube segue em busca de novas opções para elenco visando a classificação à Série D 2025

Mesmo com o começo da temporada e quase 20 contratações incorporadas ao elenco construído para o curto ano de 2024, o Santa Cruz segue no mercado em busca de reforços. À procura especialmente de um centroavante por conta da saída de Matheus Matias, que teve um problema no coração diagnosticado durante a fase de preparação, o técnico Itamar Schülle voltou a falar sobre a dificuldade que o clube vem enfrentando para trazer novas peças.

De acordo com o comandante tricolor, a falta de calendário para 2024 vem sendo o maior obstáculo para a diretoria coral no mercado. Por isso, Itamar frisou que o trabalho segue em curso para preencher as lacunas, mas que a volta ao cenário do campeonato nacional é fundamental para que a Cobra Coral possa ter melhores possibilidades para se reforçar.

“Hoje, a questão de contratações é muito difícil pro Santa Cruz. Isso é claro para todos. Estamos em um campeonato à parte. Os nossos adversários aqui – Retrô, Náutico, Sport – são equipes que têm calendário. Isso é uma situação. Por isso, nós precisamos voltar ao cenário da Série D para que a equipe tenha esse calendário”, explicou o treinador.

“A gente tem conversado, falado isso com a direção, mas eu sei da dificuldade que é. Não estamos deixando – e quando eu falo nós, é a direção e somos nós (da comissão) – em nenhum momento de deixar de tentar, sempre estamos tentando e permanecemos em busca para que a gente possa ter um plantel com mais opções”, complementou.

Contudo, mesmo ainda enxergando lacunas no elenco do Santa Cruz, Itamar fez questão de enaltecer o grupo de jogadores que vem trabalhando com ele desde o início de dezembro. Segundo ele, a meta agora é buscar a evolução da equipe e caso haja alguma nova contratação, o treinador garantiu que será muito bem recebida.

“O que não está aqui, eu não tenho. Então, eu me alegro sempre com o que tenho. O que está aqui é o que me alegra, o que está aqui entre mim e os atletas, eu preservo, eu cuido, enfim, eu me dedico com eles. E, se por ventura, o Santa Cruz conseguir trazer mais algum atleta, vai ser muito bem-vindo no grupo, mas se isso não acontecer, é com esse grupo sempre buscando cada vez mais uma evolução para que a gente possa chegar nesse sonho tão grande, que é voltar a ter um calendário”, concluiu.

Enquanto procura novas possibilidades no mercado, o Santa Cruz segue se preparando para a sua segunda partida no Pernambucano. A Cobra Coral volta a campo diante do Flamengo de Arcoverde já na próxima quarta-feira, às 21h, no Arruda.

Quanto a desfalques, o treinador do Santa Cruz poderá não contar com o meia Matheus Melo, que fez exame de imagem na sexta-feira após sair de campo com dores musculares contra o Maguary, além do lateral esquerdo João Victor, que sentiu um desconforto contra o Altos e foi preservado na última partida, e dos meio-campistas Lucas Bessa e Willie, que nem estrearam e seguem entregues ao Departamento Médico.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados