conecte-se conosco
Itamar fala sobre derrota do Santa Cruz em Clássico Itamar fala sobre derrota do Santa Cruz em Clássico

PEPernambucanoSanta CruzÚltimas

Santa Cruz: Itamar aponta que “erros” custaram resultado no clássico e assume responsabilidade sobre derrota

Foto: Rafael Melo/Santa Cruz

Publicados

em

Técnico do Santa Cruz apontou que elenco ainda conta com carências para reposição em alguns setores do campo

Invicto em clássicos na sua primeira passagem pelo Santa Cruz, o técnico Itamar Schülle conheceu hoje o segundo revés – consecutivo – diante de um rival do Trio de Ferro. Jogando no Arruda, o Tricolor acabou perdendo para o Náutico por 2 x 1 e o treinador apontou os erros individuais como a principal causa para o insucesso na frente do seu torcedor.

“Nós, novamente, erramos em uma bola parada, coisas que a gente já tem conversado muito, treinado e mostrado ao elenco, mas aí uma coisa é você fazer tudo isso, outra coisa, é a decisão na hora de executar. Depois, a gente teve a capacidade de ir buscar o empate. Não em uma bola parada, mas em uma jogada e ainda tivemos outras situações. Acho que fomos muito bem no primeiro tempo, com um desempenho muito sólido, como vem sendo o Santa Cruz”, explicou.

“Mais uma vez, por erros nossos, é que não conseguimos a vitória. Porém, eu acredito que nos momentos difíceis é que se fazem homens fortes. Temos que ter serenidade para construir a força e passar ela para os atletas. Isso também passa por mim e vamos amadurecer com esse processo”, complementou Itamar.

Questionado sobre a queda de rendimento do time do Santa Cruz na segunda etapa, Itamar explicou que a limitação nas peças de reposição pode ter sido o gatilho para que a equipe não conseguisse buscar a virada. Assumindo a responsabilidade pela derrota, o treinador ressaltou que a necessidade de construir as melhoras junto com os atletas e apontou que o foco precisa se virar já para a próxima partida

“A gente tem sido muito intenso no nosso trabalho, muito dedicado junto com todos. E nenhum detalhe a gente passa por nós despercebidos. A gente tem muita atenção no que a gente faz e projeta sempre o seguimento de trabalho. E é evidente e isso eu tenho falado, que nosso grupo é um grupo reduzido, e faltam algumas peças de reposição em determinadas posições. Às vezes as mudanças trazem para mim o efeito que nós esperamos. O que é preciso agora é alertar algumas coisas aos atletas e tentar consertar esses detalhes que não nos foram positivos para construir as melhoras”, disse o comandante do Santa Cruz

“Eu jamais eu passo a responsabilidade para atletas. A responsabilidade é minha nas trocas que a gente faz, agora, eu também não posso cobrar de alguns atletas, jogar em determinadas posições que às vezes eles não são habituados. Temos um elenco novo e com atletas novos. Eles precisam de jogos, de clássicos e de amadurecimento. É o que a gente tem feito Há jogadores que há bem pouco tempo atrás não sonhavam e nem treinavam, hoje jogam no clássico. Vamos conversar e orientar, mas o nosso foco já está na próxima partida”, finalizou.

Vindo de uma sequência de duas derrotas, o Santa Cruz já voltará a campo na próxima quarta-feira (31), quando encara o Porto, pela sexta rodada do Estadual, no estádio Lacerdão. Com um jogo a menos, atualmente, o Tricolor do Arruda ocupa o sexto lugar. Entretanto, ainda pode ser ultrapassado por Afogados da Ingazeira e Petrolina, que ainda entram em campo na rodada, contra Sport e Flamengo de Arcoverde, respectivamente.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados