conecte-se conosco
Felipe Cruz, atacante do do Maranhão Felipe Cruz, atacante do do Maranhão

MAMaranhenseÚltimas

Maranhão vence o Tuntum nos pênaltis e vai à final do Campeonato Maranhense

Publicados

em

Macão abre vantagem, sofre gol no fim e decisão vai para os pênaltis, mas consegue bater Leão dos Cocais e avança pelo título

Num jogo de muita entrega e emoção até o fim, o Maranhão venceu o Tuntum por 2 x 1 nesta quinta-feira (11), no estádio Castelão, pelo jogo da volta da semifinal do Campeonato Maranhense. Nos pênaltis, vitória do Macão por 6 x 5, que conquista a vaga para a final do Estadual, além da Série D e Copa do Brasil para 2025.

O Maranhão abriu o placar com Felipe Cruz e ampliou com Ronald Camarão. Richard marcou no último lance do jogo e levou o Tuntum aos pênaltis, por ter vencido o jogo de ida por 1 x 0 e uma vitória por um gol de diferença do Bode levaria a decisão para as penalidades.

Entretanto, o Bode voltou a se impor e teve 100% de aproveitamento, convertendo as seis cobranças que fez. Já o Leão dos Cocais, depois de marcar as cinco primeiras, desperdiçou a sexta, com Matheus. Agora o Maranhão fará o clássico contra o Sampaio Corrêa pelo título do Campeonato Maranhense.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Maranhão vence o Tuntum e vai para a final do Maranhense

A primeira etapa teve seus momentos de equilíbrio, mas o Maranhão era mais perigoso que o Tuntum. Ocupou mais o campo de ataque, teve mais posse de bola, e o Leão dos Cocais buscava o contra-ataque para responder.

O Bode criou boas chances e vinha parando no goleiro Chicão, até que balançou as redes. O centroavante Felipe Cruz recebeu em profundidade e chutou prensado aos 38 minutos para abrir o placar.

Na segunda etapa, o ritmo foi semelhante. O Maranhão pressionava bastante em busca do segundo gol para ter a vantagem e não precisar dos pênaltis. Criou, errou, perdeu gols, mas a luta valeu a pena.

Felipe Cruz, atacante do do Maranhão
Foto: Iury Oliveira/Maranhão AC

Aos 31 do segundo tempo, Ronald Camarão carregou pela esquerda, próximo da risca de grande área, e arriscou o chute cruzado. O goleiro Chicão estava mal posicionado e levou no canto esquerdo.

Aos 34, Ronald Camarão cometeu pênalti e poderia se tornar vilão. Mas o goleiro Moisés salvou o Bode. Kaká cobrou aos 37 minutos, no canto direito do goleiro, que caiu bem e espalmou.

O jogo parecia controlado, o Maranhão não sofria grandes sustos, mas o Tuntum lutou até o fim. Tentando o gol na base do abafa, ele veio. Aos 51, escanteio cobrado para a área e a zaga cortou mal. Wadson chutou cruzado e Richard completou, batendo cruzado, para fazer 2 x 1 e levar a decisão para os pênaltis.

Pelo lado do Maranhão, André Radija, Capote, Pedro Gustavo, Cavi, Clessione e Adeilson Maranhão marcaram. Pelo Tuntum, Romero, Rodrigo, Ferreira, João Victor e Ádrian marcaram e Matheus perdeu. Com muito sofrimento, vitória do Bode que avançou para a final.

Ronald Camarão, do Maranhão, em jogo contra o Tuntum, pelo Campeonato Maranhense
Foto: Iury Oliveira/Maranhão AC

FICHA DO JOGO

Maranhão 2 (6)

Moisés; Franklin, Pedro Gustavo, Denilson e André Radija; Cavi, Vander (Clessione), Ronald Camarão e Adeilson Maranhão; Vinícius Barata (Capote) e Felipe Cruz (Rafael Teixeira). Técnico: Zé Augusto.

Tuntum 1 (5)

Chicão; Romário (Ferreira), João Victor, Yuri (Matheus) e Wadson; Rodrigo, Romero, Neto (Kaká) e Micael; Marciano (Richard) e Cleber Pereira (Ádrian). Técnico: Marlon Cutrim.

Local: Estádio Castelão, em São Luís-MA.
Árbitro: Ranilton Oliveira de Sousa (MA).
Assistentes: Edna Cristina Santos Ferreira e Jhon Cleyson Viegas Sousa (ambos MA).
Gols: Felipe Cruz (38’/1ºT) e Ronald Maranhão (31’/2ºT) (MAC); Richard (51’/2ºT) (TUN).
Cartões amarelos: André Radija, Capote (MAC); Matheus (TUN).

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados