conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Veja raio-x dos 25 reforços do Sport em 2020; maioria não deu certo

NE45 traz análise e números dos 25 jogadores que chegaram ao clube na temporada; confira balanço

Publicados

em

Foram encerradas, no fim da semana passada, as inscrições para a Série A. O Sport, portanto, finalizou o período de contratações para a temporada. Nesta matéria, o NE45 traz um raio-x com análise e números de todos os 25 reforços trazidos pelo clube em 2020 – onde a maioria não deu certo.

A reportagem divide os jogadores entre os titulares (sete), reservas utilizados com frequência (quatro), reservas pouco utilizados (seis), jogadores que deixaram o clube (seis) e atletas sem avaliação (dois).

Considerações

Reservas utilizados com frequência são os casos de Betinho e Marquinhos – o volante era titular até ficar ausente das atividades, enquanto o atacante está em praticamente todos os jogos do time. Já os atletas sem análise são os recém-contratados Dalberto e Vinícius Popó.

Além disso, a reportagem considerou Rithely e Mikael (retornos de empréstimos) reforços – o clube negociou a permanência do volante e solicitou a volta do atacante antes do prazo. Já o lateral-direito Elias não entrou nesta conta por ter voltado de cessão ao fim do contrato.

Abaixo, confira todos os reforços do clube, na ordem em que foram contratados

Carlos Eduardo

Contratado como goleiro que realizou mais difíceis na Série B de 2019, ainda não estreou no Sport. Nem Guto Ferreira, nem Daniel Paulista, nem Jair Ventura deram oportunidades ao jogador de 27 anos – que, diga-se, conta com boa concorrência de Luan Polli e Mailson. No ano inteiro, foi relacionado apenas para seis partidas.

Jogos: 0
Status: reserva pouco utilizado

Betinho

O volante sofreu com idas ao departamento médico no início do ano e demorou a ter oportunidades. As primeiras como titular surgiram no quadrangular do rebaixamento do Estadual, com Daniel Paulista, e Betinho foi bem, mantendo-se no time para a Série A e permanecendo com Jair Ventura, com destaque. Porém, por problemas cardíacos, virou desfalque por mais de dois meses e voltou ao banco na última rodada.

Jogos: 18
Minutos: 1083
Gols: 1
Assistências: 1
Status: reserva utilizado com frequência

Jean Patrick

O volante começou a temporada com moral, sendo titular com Guto Ferreira. Contudo, não agradou, foi mal e perdeu a posição depois de apenas três partidas. Em abril, entrou com um processo contra o Sport alegando três meses de salários atrasados e conseguiu a rescisão na Justiça.

Jogos: 6
Minutos: 356
Gols: 1
Assistências: 0
Status: deixou o clube

Ewandro

Contratado como aposta, o atacante recifense não vingou no Sport. No início, até deixou uma boa impressão, mas foi mostrando-se displicente no decorrer dos jogos e perdeu espaço. Em julho, acertou com o Vitória.

Jogos: 11
Minutos: 549
Gols: 1
Assistências: 0
Status: deixou o clube

Lucas Mugni

Titular, o meia não teve um bom começo de ano no Sport com Guto Ferreira e perdeu a posição com a chegada de Daniel Paulista. Parecia uma contratação fadada a dar errado, porém, o argentino cresceu de produção com Jair Ventura – atuando ora por dentro, ora pelos lados e com boa entrega em campo – e tornou-se um dos jogadores mais importantes do Sport na Série A.

Jogos: 33
Minutos: 2195
Gols: 2
Assistências: 1
Status: titular

Marquinhos

O atacante começou o ano como titular e foi um dos poucos jogadores do setor ofensivo do Leão que deu certo em 2020, com bons números e quantidade de partidas, ainda que oscile dentro dos jogos e na própria temporada até aqui.

Jogos: 35
Minutos: 2149
Gols: 6
Assistências: 5
Status: reserva utilizado com frequência

Leandro Barcia

Assim como Marquinhos, o uruguaio é um dos poucos jogadores do ataque que têm dado resultado na temporada e foi titular durante praticamente todo o ano, exceto em momentos em que voltou de lesão, atuando pela esquerda, direita ou até mesmo por dentro.

Jogos: 27
Minutos: 1826
Gols: 6
Assistências: 1
Status: titular

Rithely

De volta ao clube no começo do ano após readequação de dívidas e salários, o volante não teve sucesso pelo clube. Foram apenas nove partidas pelo Sport com atuações bem apagadas, ainda fora de forma pelo período inativo em 2019. Na volta das atividades, em julho, Rithely acionou o clube na Justiça depois de ser colocado para treinar em separado, cobrando R$ 20 milhões em débitos alegando que o clube não cumpriu acordos feitos. Atualmente, defende o Atlético-GO.

Jogos: 9
Minutos: 722
Gols: 0
Assistências: 0
Status: deixou o clube

Maxwell

Contratado para testes, o atacante foi aprovado em janeiro e assinou contrato. Porém, não conseguiu maiores oportunidades e não foi titular em nenhum jogo. E quando acionado no decorrer das partidas, teve exibições discretas.

Jogos: 8
Minutos: 250
Gols: 0
Assistências: 0
Status: reserva pouco utilizado

Jonatan Gomez

Contratado com boas expectativas, Jonatan Gomez tem sido bem utilizado, ainda que venha sendo irregular até aqui pelo Sport. Começou como titular com Daniel Paulista, perdeu a posição com Jair Ventura e voltou a ser titular nos últimos três jogos, atuando não como um meia de ligação, mas aberto e, em alguns momentos, até recuado na linha de volantes.

Jogos: 27
Minutos: 1285
Gols: 1
Assistências: 1
Status: titular

Maidana

Contratado para ser o parceiro de Adryelson, o zagueiro começou mal no Sport, cometendo erros e atuando de forma desorganizada. Porém, com a chegada de Jair Ventura e o ajuste do sistema defensivo, cresceu de rendimento e se tornou um dos principais jogadores do Sport na Série A. De quebra, decidiu na frente quando necessário e é o artilheiro da equipe na competição com quatro gols.

Jogos: 25
Minutos: 2246
Gols: 5
Assistências: 0
Status: titular

Bruninho

Contratado em marco como aposta após destaque na base do Atlético-MG, o meia-atacante ainda não mostrou para que veio. Acionado no decorrer dos jogos, tem acrescentado pouco ao time e só ganhou uma chance como titular, sob o comando de Daniel Paulista. O principal atributo visto até aqui foi a bola parada.

Jogos: 16
Minutos: 326
Gols: 0
Assistências: 0
Status: reserva pouco utilizado

Philip

Contratado junto ao Afogados após boa atuação diante do Atlético-MG na Copa do Brasil, foi uma aposta bem questionada pela torcida. E não vingou. O atacante foi relacionado para apenas quatro jogos e entrou em campo somente uma vez (por 18 minutos). Atualmente, defende o Manaus na Série C.

Jogos: 1
Minutos: 18
Gols: 0
Assistências: 0
Status: deixou o clube

Patric

Contratado durante a pandemia para ser titular, Patric, além do acréscimo técnico, se tornou um dos líderes do elenco e vinha muito bem até a metade do primeiro turno da Série A, quando começou a apresentar uma oscilação física. É absoluto na função e uma das referências da equipe.

Jogos: 26
Minutos: 2295
Gols: 1
Assistências: 4
Status: titular

Ronaldo

Contratado durante a pandemia após bom paulistão pelo Santo André, onde era vice-artilheiro, o atacante teve poucas oportunidades e durou pouco no Sport. Sendo acionado sobretudo do banco de reservas, não convenceu Daniel Paulista, nem Jair Ventura. Atualmente, defende o Avaí.

Jogos: 8
Minutos: 236
Gols: 2
Assistências: 0
Status: deixou o clube

Ricardinho

Titular em 18 dos 20 jogos em que esteve à disposição – todos na Série A -, Ricardinho tem ido bem, com atuações regulares no Sport e só perdeu a posição no último jogo, diante do Atlético-GO, de maneira que pegou de surpresa.

Jogos: 19
Minutos: 1472
Gols: 0
Assistências: 0
Status: reserva utilizado com frequência

Lucas Venuto

O atacante começou a passagem pelo Sport sendo titular com Daniel Paulista, mas rapidamente perdeu espaço, principalmente com Jair Ventura, chegando a ficar dois meses sem ser relacionado – voltou justamente na última partida, contra o Atlético-GO. Em campo, mostrou-se pouco efetivo.

Jogos: 7
Minutos: 277
Gols: 0
Assistências: 0
Status: reserva pouco utilizado

Rogério

Contratado após passagens apagadas por Bahia e Ceará, foi um reforço bem questionado. E que não deu certo. Depois de chegar acima do peso, Rogério não conseguiu aproveitar as oportunidades e não fez nenhum jogo de titular, perdendo espaço até do banco de reservas. Atualmente, está no Juventude.

Jogos: 7
Minutos: 179
Gols: 0
Assistências: 1
Status: deixou o clube

Marcos Serrato

Contratado no início da Série A para compor elenco, o volante não conseguiu oportunidades no time titular e foi perdendo espaço até no banco de reservas, deixando de ser relacionado em algumas partidas.

Jogos: 2
Minutos: 28
Gols: 0
Assistências: 0
Status: reserva pouco utilizado

Thiago Neves

Contratação mais midiática do Sport, o meia não tem sido tão participativo, mas nitidamente qualifica as jogadas ofensivas do time. Tendo chegado no decorrer da Série A, melhorou a bola parada e tem dois gols e duas assistências. No jogo diante do Atlético-GO, porém, cobrou errado a falta que originou o gol do adversário e foi muito criticado.

Jogos: 11
Minutos: 887
Gols: 2
Assistências: 2
Status: titular

Márcio Araújo

Contratação bem questionada, o experiente volante não vem rendendo bem no Sport. Em três jogos como titular na ausência de Marcão, teve atuações poucas efetivas na marcação e acrescentando pouco com a bola.

Jogos: 5
Minutos: 236
Gols: 0
Assistências: 0
Status: reserva utilizado com frequência

Júnior Tavares

Contratado como alternativa para a lateral-esquerda e para o meio, Júnior Tavares demorou a entrar em forma e ainda não conseguiu se firmar em nenhuma das funções, ainda que tenha atuado só uma vez como titular. Vem sendo discreto até aqui.

Jogos: 6
Minutos: 170
Gols: 0
Assistências: 1
Status: reserva pouco utilizado

Mikael

De volta após retorno de empréstimo solicitado pelo Sport, o atacante de 21 anos foi mais uma tentativa do clube em solucionar o setor de referência no ataque. Apesar da entrega e do gol marcado em poucos minutos em campo, Mikael nos poucos jogos que fez ainda pareceu verde, mas com mais força e mobilidade, é uma aposta mais efetiva do que Hernane, Élton e Ronaldo apresentaram na Série A até aqui.

Jogos: 5
Minutos: 205
Gols: 1
Assistências: 0
Status: titular

Dalberto

Mais um reforço para o setor de ataque, foi anunciado na semana passada e ainda não estreou.

Vinícius Popó

Mais um reforço para o setor de ataque, foi anunciado na semana passada e ainda não estreou.

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados