conecte-se conosco

PESérie ASportÚltimas

Sport se impõe, vence o Coritiba na Ilha e respira na luta contra o Z4

Com a vitória, Leão quebrou sequência de derrotas, ganhou uma posição e abriu quatro pontos para a degola

Publicados

em

Após 42 dias, o torcedor Rubro-negro, enfim, voltou a comemorar uma vitória. Na noite deste domingo, o Sport se impôs e, atuando de forma propositiva, venceu o Coritiba por 1 a 0, com gol de Thiago Neves aos 36 minutos do primeiro tempo – o placar poderia ter sido mais elástico -, no estádio da Ilha do Retiro, pela 25ª rodada da Série A.

VEJA MAIS: confira aqui outras notícias do Sport

E agora?

Com o resultado, o Leão freia a série de quatro derrotas seguidas e dá uma mínima respirada na luta contra o rebaixamento, subindo ao 15º lugar com 28 pontos, quatro acima do primeiro time da deloga (Vasco), além de manter o Coxa distante, com 21. Agora, o Sport se prepara para novo duelo na Ilha do Retiro, contra o Grêmio, neste sábado, às 19h.

Leia: Com provável lesão, Hernane pode virar desfalque no Sport; Sander não deve preocupar

Estatísticas 

Posse de bola: Sport 54% x 46% Coritiba
Finalizações: Sport 19 x 13 Coritiba
Finalizações certas: Sport 6 x 3 Coritiba
Faltas: Sport 20 x 14 Coritiba
Passes certos: Sport 380 (85%) x 298 (831%) Coritiba
Desarmes: Sport 17 x 21 Coritiba
Defesas do goleiro: Sport 3 x 5 Coritiba

– Fonte: Sofascore

Alta intensidade 

O Sport começou a partida impondo um alto volume. Com a bola, foi para cima, tentou verticalizar o jogo, com muita movimentação entre os jogadores de frente – Mugni pela direita e Marquinhos revezando com Dalberto ora pelo centro ora pela esquerda.

Com mais posse, o Leão circulou muito, especialmente partindo do lado direito, porém, não conseguiu entrar na área, com dificuldade na escolha e execução do último passe.

Melhora na metade final do primeiro tempo – e gol 

Com o passar do tempo, o Sport diminuiu o ritmo inicial – nenhum time consegue jogar assim o tempo inteiro -, mas, curiosamente, melhorou. Passou a ser mais paciente com a bola e a tomar melhores decisões, seguindo com espaço para jogar. E assim criou melhores chances, chegando ao gol. Aos 27 minutos, Marquinhos saiu da direita para o centro e deu ótimo passe para Thiago Neves por trás da zaga, mas o meia bateu cruzado demais e errou o alvo. 

Pouco depois, Marquinhos fez a mesma movimentação, mas em vez de enfiar a bola, lançou para Patric no corredor direito, que entrou livre e só rolou para trás. Na bola, Thiago Neves bateu bem, de primeira, para abrir o placar. 

VÍDEO: clique aqui para assistir ao gol marcado por Thiago Neves na vitória contra o Coxa

E o Coritiba? 

Frágil, foi um time que não se preocupou em defender e tentou um jogo franco, mas esbarrou nas limitações e não fez nem um nem outro – por isso o Leão teve tanto campo para jogar. Com a posse, errou muito e só assustou Polli aos 46 minutos, em chute da entrada da área defendido pelo goleiro. 

Segundo tempo equilibrado 

A etapa complementar começou mais equilibrada, até porque o Leão conseguiu a vantagem e o Coxa precisava justamente correr atrás. Com dois minutos, dois sustos. Primeiro, Rhodolfo acertou a trave do Sport após cruzamento. Depois, Polli precisou fazer boa intervenção em cruzamento rasteiro.

Com mexidas ofensivas do adversário, o Sport passou a ter menos posse do que no primeiro tempo, porém, pouco sofreu, e quando recuperou a bola passou a ter mais campo para contra-atacar. 

E assim o Sport perdeu chances

Na reta final do segundo tempo, o Sport ainda perdeu três boas chances com Dalberto – duas de cabeça na pequena área após cruzamento da direita, além de um chute na trave – e uma com Júnior Tavaes, em bom chute cruzado defendido por Wilson. Porém, as oportunidades não fizeram falta e o voltou a vencer com justiça.

Dobras entre laterais

No decorrer do segundo tempo, Jair Ventura acionou Luciano Juba e Raul Prata para promover dobras nas laterais da equipe. Na direita, Patric subiu para a segunda linha, enquanto na esquerda Luciano Juba foi utilizado mais adiantado. As mudanças trouxeram gás novo ao Sport para marcar e sair em velocidade.

Foto: Anderson Stevens/ Sport Recife

Trending