conecte-se conosco
Taça do Campeonato Paraibano Taça do Campeonato Paraibano

PBÚltimas

Sem verba do governo, clubes decidem pela não realização do Paraibano 2021

Publicados

em

A temporada 2020 foi péssima para o futebol da Paraíba, com o Botafogo-PB eliminado na 1ª fase da Série C, o Treze rebaixado à Série D e o Campinense não conseguindo avançar para os mata-matas da Quarta Divisão. E o próximo ano parece já iniciar comprometido. Isso porque, em reunião do Conselho Arbitral nesta segunda-feira, os clubes decidiram pela não realização do Campeonato Paraibano de 2021.

Participaram da reunião, representantes do Botafogo, Atlético de Cajazeiras, Campinense, Treze (atual campeão), Sousa, Perilima, Nacional de Patos e São Paulo Crystal. De acordo com a ata da reunião, os clubes solicitaram junto ao governo do estado o pagamento das verbas referente ao programa de incentivo ao futebol de 2020, mas receberam a informação de que a mesma não seria paga de imediato e que se os valores não fosse recebidos até o dia 31 de dezembro, os clubes não receberiam mais o dinheiro, já se configuraria uma “renúncia fiscal”.

Com isso, ainda segundo a ata, os representantes dos clubes informaram que, sem esse recurso, não teriam condições de arcar com as despesas para a realização do Campeonato Paraibano do próximo ano. Os clubes alegam que o Governo ainda não pagou valores referente ao programa de incentivo ao esporte de 2019.

Ata da reunião do Conselho Arbitral assinada pelos representantes dos clubes

O Programa de Incentivo ao Esporte Paraibano foi lançado em janeiro pelo governador João Azevêdo com o objetivo de centralizar e substituir os programas esportivos que existiam no estado até então e previa um investimento total de R$ 7 milhões.

O novo programa foi dividido em duas frentes. O Paraíba Esporte Total substituiu o Gol de Placa (no valor de R$ 4,2 milhões) e o Bolsa Esporte, o Bolsa Atleta. Desses R$ 4,3 milhões, um total de R$ 3 milhões seriam repartidos pelos clubes da Série A1 do Paraibano, com Botafogo, Treze, Campinense e Atlético de Cajazeiras recebendo um montante maior por estarem disputando as Séries C e D do Brasileiro.

Vale ressaltar que o Campeonato Paraibano serve para indicar os representantes do estado na Copa do Nordeste e também na Série D do Campeonato Brasileiro. Do estado, apenas o Botafogo tem calendário garantido no segundo semestre de 2021, com a Série C.

A reportagem tentou entrar em contato com a presidente da Federação Paraibana de Futebol, Michele Ramalho, mas ela não atendeu às ligações.

Foto: Divulgação

Continue lendo
3 Comentários

3 Comments

  1. gilvan de lima cedrim neto

    14 de dezembro de 2020 a 20:31

    Eu to aqui em Joao Pessoa à trabalho e até ouvi hoje à tarde que o arbitral havia acontecido e haviam definido o modelo de campeonato e datas, etc… Que bomba, essa! Os clubes ainda estão pagando o pato pelos escândalos de corrupção recentes… é muito ruim pro futebol do nordeste isso! Algo precisa ser feito!

  2. Curuense

    15 de dezembro de 2020 a 11:07

    Treze, Campinense e Sousa também teriam calendário para segundo semestre de 2021, pois tem a série D para esses 3 clubes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending