conecte-se conosco

Copa do BrasilPESportÚltimas

Sport convive com jejum e problema ofensivo antes de decisão na Copa do Brasil

Nos últimos quatro jogos, Leão passou em branco em três; veja mais

Publicados

em

O início de temporada segue delicado e o Sport chega para o decisivo confronto diante do Altos, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, sob pressão. A bola rola às 19h, no estádio Lindolfo Monteiro, em jogo único pela primeira fase da competição e o Rubro-negro tem a vantagem do empate.

VÍDEO: Assista aos melhores momentos do empate entre Altos e Sport pelo Nordestão
LEIA: Sabino sai na bronca com atuação do Sport após empate diante do Altos: ‘Esquecer’

Depois do 0 a 0 contra o próprio Jacaré no último sábado, também em Teresina, sendo que pela Copa do Nordeste, o Sport ampliou o jejum de vitórias em 2022, que agora chega a seis partidas – o mais recente triunfo foi há 20 dias, contra o Sousa. 

Além disso, tem demonstrado dificuldades também para balançar as redes, passando em branco em três das últimas quatro partidas – exceção foi contra o Santa Cruz. Desde a última vitória, três jogadores diferentes foram acionados na função de centroavante, com o posto sendo atualmente ocupado por Rodrigão, após Flávio e Parraguez.

Depois da partida do último domingo, aliás, o técnico Gustavo Florentín falou sobre a dificuldade para fazer gols e afirmou que a equipe tem criado. No entanto, tem faltado tranquilidade para balançar as redes, conforme avalia.

“A equipe cria situações, criamos no primeiro tempo três ou quatro situações claras, no segundo tempo também tivemos situações claras. Acho que o que nos falta é o toque final, o gol. O gol é o que falta. Isso é o mais importante que falta. Temos que ter mais tranquilidade e confiança positiva”, disse o treinador.

Defensivamente, por sua vez, pode-se mencionar que a equipe tem deixado a desejar na bola aérea: dos 11 gols sofridos pelo Sport na temporada, seis foram originados desta forma. No empate contra o Altos, apesar de não ter sido vazado, a jogada seguiu incomodando, até pelo fato de a equipe piauiense atuar com dois centroavantes, o que eleva o arsenal do Jacaré no quesito.

Em preparação para a competição nacional, o Sport treina nesta segunda-feira e terça-feira à tarde. Além de tudo o que rodeia o confronto no aspecto esportivo, ainda há o importante ponto financeiro, uma vez que o Rubro-negro ganha R$ 750 mil em caso de classificação.

Trending