conecte-se conosco

PESanta CruzSérie DÚltimas

Apresentado, Fabrício destaca força da torcida do Santa Cruz e vê como diferencial

Fabrício fez a sua estreia na derrota ante o Asa. Foto: Henrique Barros/Santa Cruz

Publicados

em

Apesar dos problemas que muitos tricolores enfrentaram para entrar no Arruda, a torcida do Santa Cruz fez a sua parte e compareceu com um bom público na derrota da Cobra Coral por 2 a 1 ante o ASA, no último sábado, pela segunda rodada da Série D.

Para esse jogo, o Arruda poderia receber até 20 mil torcedores, e o público foi de 19.491, ou seja, quase 100% da ocupação permitida. E quem teve o primeiro contato com a massa coral foi o atacante Fabrício, um dos últimos reforços do Santa Cruz.

Apesar da derrota, o atacante reconheceu que a torcida coral fez uma festa bonita e chegou junto. Além disso, Fabrício destacou que esse apoio é um diferencial para o Santa Cruz no restante da Série D.

“Que sensação maravilhosa, que atmosfera bacana. Nunca tinha sentido isso na minha vida, porque estreei no Palmeiras na época de covid-19, aí não tinha torcedor. Até arrepiei quando a torcida começou a cantar. É a torcida que motiva a gente a dar mais”, afirmou Fabrício.

O Santa Cruz volta a campo no dia 4 de maio, contra a Juazeirense, no estádio Adauto Moraes. Os clubes, inclusive, ainda não venceram na Série D. O Tricolor tem um ponto em dois jogos, enquanto o time baiano soma dois pontos no mesmo recorte.

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending