conecte-se conosco
Lance do gol de Ruan Levine no jogo entre Jacuipense e Santa Cruz, pela Série D Lance do gol de Ruan Levine no jogo entre Jacuipense e Santa Cruz, pela Série D

PESanta CruzSérie DÚltimas

Jacuipense controla e vence Santa Cruz por 2×0 na Série D

Reprodução/InStat TV

Publicados

em

A Jacuipense voltou a vencer nesta Série D. Recebendo o Santa Cruz, os baianos controlaram o jogo e venceram por 2×0, com gols de Ruan Levine e Welder, de pênalti. Com esse placar, a Jacupa vira vice-líder no grupo A4 e os corais, vice-lanternas.

Em campo, o Santa Cruz foi apático. Os pernambucanos sofreram com a criação do início ao fim do jogo e ainda fizeram um 1º tempo cedendo muitos espaços na defesa. Pelo lado baiano, a partida foi e controle do ritmo de jogo e de boa presença ofensiva.

Como fica?

Com a vitória, a Jacupa chega a oito pontos em cinco jogos nesta Série D. O time aparece na 2ª colocação, atrás do ASA, com nove. O G4 é encerrado por Juazeirense, também com oito pontos, e Lagarto, com sete.

Com a mesma pontuação, o CSE é o 5º. Por fim, a tabela é encerrada por uma trinca de clubes com quatro pontos ganhos. Em 6º, aparece o Atlético de Alagoinhas, seguido por Santa Cruz e Sergipe.

Na próxima rodada, Leão do Sisal e Cobra Coral entram em campo no mesmo horário: às 16h do próximo domingo. O próximo jogo do Santa Cruz será contra o CSE, no estádio do Arruda. O Jacuipense, por sua vez, visita o ASA de Arapiraca no Coaracy da Mata.

Jacuipense x Santa Cruz

1º tempo: Jacuipense anula jogo do Santa Cruz

O jogo do Jacuipense foi de pleno domínio desde os minutos iniciais. Com uma marcação organizada, o time baiano tomou o controle do meio de campo e expôs as dificuldades dos visitantes. Nisso, o Tricolor não conseguia ter uma boa troca de passes para subir ao ataque.

Mas isso não significa que o jogo do Santa Cruz era de boa postura defensiva. Na retaguarda, o time pernambucano cedia espaços na cabeça de área. Logo, o Jacuipense conseguia subir bem, entrar na área e criar oportunidades reais de gol. Mesmo assim, o gol não veio.

Em partes, isso aconteceu por finalizações erradas. Mas o goleiro coral, Kléver, também teve trabalho. Nas melhores chances baianas, aos 2 e aos 17, ele apareceu bem para evitar gols de Newton e Thiaguinho.

2º tempo: Jacuipense sai na frente e controla ritmo

Nos primeiros minutos, o Santa Cruz já conseguiu levar o que não tinha conseguido no 1º tempo: perigo real. Mais ofensivo, o time teve duas boas chegadas seguidas e quase marcou com Macena, que parou no goleiro Mota. E parecia que os visitantes tinham entrado no jogo.

Mas o Jacuipense também conseguiu fazer o que não tinha feito no 1º tempo: um gol. Aos 8, os baianos entraram bem pela direita e Railan cruzou para Ruan Levine aparecer na 2ª trave para concluir.

Com a vantagem no placar, o Jacuipense permitiu baixar as linhas e gastar tempo. Nisso, o jogo da Jacuipense entrou em uma área de maior segurança, tentando fechar espaços e usar os contra-ataques. E, assim, o jogo do Santa Cruz passou a chegar mais no campo de ataque.

Mas o time pecava muito nas decisões do último terço, tendo dificuldade para transformar essa presença ofensiva em oportunidades reais de gol. Nisso aos 46, um contra-ataque da Jacuipa terminou com bola na mão de Luan Bueno. Pênalti. Na cobrança, Welder fechou o placar.

Ficha do jogo

Jacuipense (2)
Mota; Railan, Renato, Cabral e Radar (Evandro); Fábio Bahia, Newton e Flávio (Luiz Fernando); Thiaguinho (Joílson), Ruan Levine (Jefferson) e Welder (Fábio Matos). Técnico: Rodrigo Chagas.

Santa Cruz (0)
Kléver; Edson Ratinho, Luan Bueno, Alex Alves e Ítalo Silva (Dudu Mandai); Gilberto Júnior (Daniel Pereira), Rodrigo Yuri (Elyeser) e Tarcísio (Fabrício); Wescley, Matheuzinho e Raphael Macena. Técnico: Marcelo Martelotte.

Local do jogo: Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe-BA
Árbitro: Tiago Ramos de Oliveira (PB)
Assistentes: Luanderson Lima dos Santos (BA) e Jose Carlos Oliveira dos Santos (BA)
Gol: Ruan Levine (8’/2ºT | JAC), Welder (46’/2ºT | JAC)
Cartão amarelo: Flávio, Railan (JAC) e Gilberto Júnior (SCZ)
Público: 522 torcedores
Renda: R$ 9.200,00

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending