conecte-se conosco
Elenco do Confiança treina no CT Sabino Ribeiro Elenco do Confiança treina no CT Sabino Ribeiro

ConfiançaSEÚltimas

Confiança detalha situação financeira e revela déficit mensal de R$ 300 mil

Lucas Almeida/ADC

Publicados

em

O presidente do Confiança, Pedro Dantas, publicou uma carta ao torcedor proletário e detalhou a situação financeira do clube. No texto, o clube enumera quase R$ 4 milhões em dívidas conhecidas e relata um déficit operacional acima de R$ 300 mil ao mês.

A situação financeira do Confiança

A atual gestão do Confiança assumiu o clube em abril, após a renúncia de Hyago França. Segundo o texto do novo presidente, o clube estava com uma folha (R$ 480 mil) em atraso, referente ao mês de março. E os cofres do Dragão estavam zerados.

Hoje, juntando valores de patrocínio, bilheteria e sócio-torcedores, a receita mensal do clube seria orçada em R$ 150 mil. Isso frente a despesas recorrentes que giram em torno de R$ 452 mil. Assim, a nota do Confiança afirma haver um déficit operacional de R$ 302 mil a cada mês.

Além disso, a carta de Pedro Dantas ainda trata de algumas dívidas específicas do clube. Além daqueles R$ 480 mil em atrasos na chegada, são mais de R$ 2,5 milhões em 37 processos no TRT20 e o clube ainda cita outras duas dívidas orçadas de R$ 950 mil.

Uma delas, inclusive, já teria congelado previamente as receitas de bilheteria das quatro próximas partidas do Confiança em casa. Os jogos em questão acontecem nos dias 18/06 (Campinense), 02 (Volta Redonda) e 17/07 (São José) e 31/08 (Altos).

Torcida do Confiança no Batistão
Próximas bilheterias do Batistão serão congeladas – Divulgação/ADC

Mas há mais…

Mas esses R$ 3.979.156,14 em dívidas listadas não são o teto do prejuízo do Confiança. O clube não detalhou todas as dívidas nas demais Varas Trabalhistas de Aracaju. Além disso, ainda há processos na Justiça Cível, além de encargos sociais e fiscais em aberto.

E o clube também não tem garantias de conhecer todas as suas dívidas. Segundo a nota, o setor jurídico do Confiança ainda trabalha para levantar todos os processos em execução para poder calcular o total da dívida do clube.

Presidente do Confiança, Pedro Dantas (D), presenteia presidente da CBF, Ednaldo Rodrigues (C), com camisa do clube
Pedro Dantas (d) esteve com presidente da CBF (c) no início do mês – Divulgação/ADC

Leia a nota completa

Caro torcedor proletário,

Como é de conhecimento público, a atual diretoria executiva da Associação Desportiva Confiança foi empossada no último dia 12/04/2022, para gestão, período abril de 2022 a dezembro de 2022.

No dia em que atual gestão assumiu o clube, os salários dos funcionários, atletas e comissão técnica do mês de março de 2022, no importe de aproximadamente R$480.000,00, estavam pendentes de pagamento, porém no caixa do clube não havia um centavo, obrigando a atual diretoria buscar recursos de empréstimos e ajuda de sócio-torcedores para honrar os compromissos assumidos.

Algumas receitas foram antecipadas pela gestão anterior, comprometendo ainda mais o orçamento – receitas x despesas, visto que atualmente a receita mensal gira em torno de R$150.000,00 (patrocínio, sócio-torcedor, bilheteria e doações), enquanto as despesas, em média de R$452.000,00, acumulando mensalmente um saldo negativo de aproximadamente R$ 302.000,00.

Além desse desequilíbrio orçamentário, de natureza ordinária, atualmente tramita na Justiça do Trabalho de Sergipe – TRT20, somente no Juízo Auxiliar de Execuções – JAE, 37 (trinta e sete) processos, todos na fase de execução, totalizando R$2.503.636,97.

Nas demais Varas do Trabalho – no total de nove varas em Aracaju, também tramitam dezenas de outros processos em execução, o que nosso jurídico busca no tribunal levantar todos os processos em execução para apurar o débito total do clube.

Nesse montante de execuções trabalhistas, hoje (17/06/2022), o clube foi notificado pela Justiça do Trabalho da existência de outro processo trabalhista, em tramite na 7ª Vara do Trabalho de Aracaju, de cobrança de R$341.519,17, inclusive com determinação de bloqueio prévio das rendas dos jogos dos dias 18/06/2022, 02/07/2022, 17/07/2022 e 31/08/2022.

Além dos processos trabalhistas, tramitam outros processos na área cível, a exemplo do processo 202010800146 ajuizado pelo Ministério Público de Sergipe, com cobrança de R$654.000,00.

Os encargos sociais e fiscais (INSS etc.) não foram pagos em sua totalidade, sendo necessário a atual gestão pleitear o parcelamento dos débitos junto aos órgãos públicos.

Diante de centenas de execuções em desfavor do clube, todas as contas bancárias de nossa Associação Desportiva Confiança, estão com penhoras ativas, impedindo o clube de movimentá-las, inclusive de receber valores dos patrocinadores.

Saudações azulinas.

Pedro Dantas

Presidente da Associação Desportivas Confiança.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados