conecte-se conosco
Rafael Thyere x Kieza Rafael Thyere x Kieza

NáuticoPESérie BSportÚltimas

Nos Aflitos, Náutico e Sport empatam em primeiro clássico em 10 anos pelo Brasileiro

Foto: Rafael Bandeira/Sport

Publicados

em

Leão deixa o grupo dos quatro primeiros e Náutico sai momentaneamente da zona de rebaixamento da Série B

O resultado não foi o esperado para nenhum dos dois lados. Em jogo movimentado nos Aflitos, Náutico e Sport empataram em 1 a 1 no primeiro Clássico dos Clássicos disputado pelo Campeonato Brasileiro desde 2012.

Com gols de Kayke, na primeira etapa, e Richard Franco, que venceu Mailson em chute de fora da área no segundo tempo, o Leão segue sua invencibilidade, agora de cinco jogos, diante do Timbu.

Como fica?

Com o empate, o Náutico deixou, momentaneamente, a zona de rebaixamento da Série B. Na 16ª colocação, o Timbu precisará secar o CSA, que ainda joga pela 13ª rodada para se manter fora do Z4.

Já o Sport terminará a rodada perdendo a posição para o Grêmio, que bateu o Sampaio Corrêa na manhã de sábado. Assim, o Leão ficará fora do G4, na quinta posição, com 20 pontos ganhos.

Agenda de Náutico e Sport

As duas equipes pernambucanas terão ao menos uma semana para se preparar para os jogos da 14ª rodada. O Sport receberá o Brusque, na Ilha do Retiro, no próximo sábado, às 19h. O Timbu, por sua vez, visita o Tombense, em Muriaé, no domingo, às 11h.

Blog de Cassio Zirpoli: Clássico dos Clássicos termina empatado, com o Náutico no Z4 e o Sport fora do G4 do BR

Náutico x Sport

1º Tempo – Náutico domina, mas Sport sai na frente

O Náutico entrou em campo com uma postura renovada para buscar sair da zona de rebaixamento da Série B. Com três zagueiros e três volantes, o Timbu até foi efetivo na marcação e pouco permitiu que o Sport produzisse no campo de ataque.

Assim, nos primeiros 30 minutos de jogo, os alvirrubros foram muito presentes no campo de ataque que o Leão. Contudo, apesar do volume ofensivo, o Náutico pouco conseguia incomodar o goleiro Mailson.

A melhor chance do Timbu no primeiro tempo aconteceu aos 13 minutos, quando Kieza, que fez sua reestreia após se recuperar de lesão, recebeu bola na entrada da área e bateu travado. A bola passou perto do poste esquerdo do goleiro rubro-negro.

Mesmo dominado, o Sport conseguiu ser letal em sua melhor oportunidade. Aos 34, Luciano Juba levantou bola para a área e encontrou Rafael Thyere. O zagueiro carimbou a trave de Lucas Perri e, no rebote, Kayke se apresentou para empurrar a bola para as redes.

Nos minutos finais, o Sport conseguiu equilibrar mais ações. Enquanto o Náutico ocupava o campo de ataque, o Leão tentava conectar os contra-ataques pela esquerda, mas sem sucesso para ampliar o placar.

Comemoração Sport
Foto: Rafael Bandeira/Sport

2º Tempo – Timbu chega ao empate nas bolas longas

Com o intuito de diminuir o domínio do Náutico no meio-campo, apesar da vitória, o técnico Gilmar Dal Pozzo já retornou com o Sport modificado para a segunda etapa. Assim, o volante Bruno Matias foi sacado para a entrada de Pedro Naressi.

A mudança fez com o Leão fechasse a área para o Náutico. Com dificuldades para se aproximar do goleiro Mailson, o Timbu buscava chegar ao gol com bolas arrematadas de fora da área, especialmente pelo meia Jean Carlos.

O Sport, por sua vez, seguia na sua estratégia de partir para o contra-ataque para ampliar o placar. A melhor chance dos minutos iniciais aconteceu aos 17 minutos, quando Jaderson fez jogada pela direita acionou Luciano Juba, que foi travado por Júnior Tavares na hora exata do chute.

Aos 30, o Náutico conseguiu empatar utilizando a sua principal arma durante o segundo tempo. Após cobrança rápida de falta, o Timbu tabelou no meio-campo e a bola se apresentou para Richard Franco, que acertou um chute rasante de fora da área para vencer o goleiro Mailson.

Com o empate, o Sport aproveitou que o Náutico estava mais exposto em campo e cresceu no jogo em busca da vitória. Assim, o Leão teve oportunidades com Juba e Thiago Lopes, que esbarraram em boas intevenções de Lucas Perri para garantir o empate.

Náutico x Sport
Foto: Rafael Bandeira/Sport

Ficha do jogo

Náutico 1
Lucas Perri; Carlão, Bruno Bispo e João Paulo (Júnior Tavares); Rhaldney (Thássio), Ralph (Geuvânio), Victor Ferraz, Richard Franco e Pedro Vítor (Niltinho); Jean Carlos e Kieza (Amarildo). Técnico: Roberto Fernandes.

Sport 1
Mailson; Ezequiel, Rafael Thyere, Sabino e Sander; Fabinho, Bruno Matias (Pedro Naressi) e Giovanni (Bill); Luciano Juba, Jaderson (Thiago Lopes) e Kayke (Búfalo Parraguez). Técnico: Gilmar Dal Pozzo.

Local: Estádio dos Aflitos
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (FIFA-RJ)
Assistentes: Thiago Henrique Corrêa e Daniel do Espírito Santo Parro (ambos do RJ)
Gols: Kayke aos 34/1º T (Sport), Richard Franco aos 30/2ºT (Náutico)
Cartões amarelos: Carlão (Náutico); Rafael Thyere, Ray Vanegas, Ezequiel (Sport)
Público: 6.011 torcedores
Renda: R$ 147.144,00

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending