conecte-se conosco
Na Arena Condá, CRB vence a Chapecoense de virada pela Série B Na Arena Condá, CRB vence a Chapecoense de virada pela Série B

ALCRBSérie BÚltimas

Na Arena Condá, CRB vence a Chapecoense de virada pela Série B

Galo se distancia do Z4 e encosta no G4 da Segundona; veja

Foto: Divulgação/ CRB

Publicados

em

De virada, o CRB venceu a Chapecoense por 2 a 1, na noite desta terça-feira, na Arena Condá, pela abertura da 14ª rodada da Série B.

O Galo da Pajuçara não começou bem o jogo e saiu em desvantagem, com gol de Ederson. Mas ainda no primeiro tempo virou e, na etapa complementar, foi cirúrgico para dar números finais ao jogo. Ambos os gols do time foram marcados por Fabinho.

E agora?

Com o resultado, a equipe regatiana subiu para o sétimo lugar, com 18 pontos, cinco acima da zona de rebaixamento e dois abaixo do G4. Na sequência da competição, o Galo recebe o Tombense, na próxima quarta-feira.

O jogo

O CRB não fez um bom primeiro tempo. Apesar dos três zagueiros, cedeu espaços para a Chapecoense e precisou contar com Diogo Silva em pressão sofrida no começo do jogo, além de grande defesa de Diogo Silva em conclusão de Tiago Real.

Apesar de ter segurado o ímpeto nos primeiros minutos, a marcação regatiana voltou a falhar. E custou caro. Aos 35 do primeiro tempo, o lado direito da zaga falhou e permitiu infultração de Orejuela, que só serviu Ederson, livre, na grande área para empurrar e abrir o placar. Um a zero para a Chape.

A desvantagem, no entanto, durou pouco. Em roubada de bola no campo ofensivo, Fabinho avançou pela intermediária, tabelo com Anselmo Ramon e saiu cara a cara para deslocar Vagner e deixar tudo igual, nos acréscimos.

Segundo tempo

A etapa complementar voltou mais equilibrada, mas com menos emoções. Defensivamente, o CRB melhorou. E foi letal em novo desarme para destravar, virar e vencer o jogo.

Em roubada de bola no campo de defesa, Anselmo Ramon ficou som a sobra no círculo central e acionou Fabinho, livre pela direita. O atacante arrancou e, na saída do goleiro catarinense, finalizou no canto, sem chances de defesa. Dois a um para o Galo.

A partir daí, o CRB se comportou bem defensivamente, Daniel Paulista fez trocas para dar gás novo, e segurou o resultado. Vitória importante longe de Maceió, com brilho dos atacantes.

Ficha

Chapecoense

Vagner; Ryan (Matheus Bianqui), Léo, Victor Ramos, Fernando; Pablo Oliveira, Marcelo Freitas (Betinho), Tiago Real (Claudinho); Chrystian, Ederson (Jonathan) e Orejuela (Rodrigo Silva). Técnico: Gilson Kleina

CRB

Diogo Silva; Wellington Carvalho, Gum, Gilvan; Raul Prata (Reginaldo), Marthã, Wallace, Guilherme Romão; Fabinho (Richard), Anselmo Ramon e Emerson Negueba. Técnico: Daniel Paulista

Local: Arena Condá, Chapecó
Gols: Ederson (CHA); Fabinho, duas vezes (CRB)
Cartões amarelos: Fabinho, Marthã, Gilvan (CRB); Claudinho (CHA)

Informações, números, análises e mais: veja as últimas do Blog de Cassio Zirpoli sobre o futebol nordestino

Continue lendo
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Trending