conecte-se conosco
Confira as datas e horários de Ceará x São Paulo na Sul-Americana Confira as datas e horários de Ceará x São Paulo na Sul-Americana

CECearáSérie AÚltimas

Ceará faz melhor 1º turno como visitante e soma mais pontos fora que em casa pela 1ª vez

Felipe Santos/Ceará SCDivulgação/Ceará SC

Publicados

em

Vozão é o 4º pior mandante deste Brasileirão

O Ceará viveu um 1º turno de Série A bem diferente do seu padrão. Sem conseguir exercer a força tradicional do seu mando de campo, o Vozão faz uma campanha intermediária bastante baseada no desempenho fora de casa, que é o melhor da sua história para os jogos de ida.

Do outro lado, o rendimento no Castelão é o 2º pior da história do Alvinegro num turno de abertura, sendo uma inédita atuação com mais pontos fora de casa que dentro seus mandos. Ao fim, o desempenho longe compensou e o time fechou dentro da sua média de pontuação.

Ceará - Marquinhos Santos
Vozão fez nove pontos em oito jogos com Marquinhos Santos – Felipe Santos/Ceará SC

Os números do Ceará

Ao longo do 1º turno, o Vozão atuou em casa em nove jogos e parou em apenas 11 pontos. Isso representa um aproveitamento de 41% – o 4º pior do campeonato. Atrás do Alvinegro, apenas Botafogo (10 pontos) e os lanternas Juventude (9) e Fortaleza (9).

Em suas outras seis temporadas na Série A de pontos corridos, o Ceará só chegado à 20ª rodada com uma pontuação tão baixa em 2018, ano do pior turno de ida da sua história. Naquela temporada, o Vozão só fez 10 pontos nos 10 primeiros jogos em casa.

A diferença entre as duas temporadas ficou pelo rendimento como visitante. Nas seis campanhas anteriores, o Ceará sempre terminou o 1º turno com cinco ou seis pontos como visitante, algo que muda agora, com o clube somando 13 pontos fora de casa.

O único recorte de campeonato melhor para o Alvinegro foi o do 2º turno da Série A de 2020. Aquele, inclusive, era o único turno do Ceará com mais pontos fora de casa que como mandante, com 20×8. Dessa vez, o 13×11 é a 1ª vez que isso acontece num 1º turno.

Campanhas do Ceará

  • 1º turno 2010 (11º) – 25 pontos (19 em casa/6 fora)
    2º turno 2010 (14º) – 22 pontos (17 em casa/5 fora)
    Fechou em 12º
  • 1º turno 2011 (13º) – 25 pontos (19 em casa/6 fora)
    2º turno 2011 (20º) – 14 pontos (7 em casa/7 fora)
    Fechou em 18º
  • 1º turno 2018 (19º) – 16 pontos (10 em casa/6 fora)
    2º turno 2018 (8º) – 28 pontos (19 em casa/11 fora)
    Fechou em 15º
  • 1º turno 2019 (13º) – 22 pontos (17 em casa/5 fora)
    2º turno 2019 (17º) – 17 pontos (13 em casa/4 fora)
    Fechou em 16º
  • 1º turno 2020 (11º) – 24 pontos (18 em casa/6 fora)
    2º turno 2020 (10º) – 28 pontos (8 em casa/20 fora)
    Fechou em 11º
  • 1º turno 2021 (12º) – 24 pontos (18 em casa/6 fora)
    2º turno 2021 (20º) – 26 pontos (19 em casa/7 fora)
    Fechou em 11º
  • 1º turno 2022 (12º) – 24 pontos (11 em casa/13 fora)
Torcida do Ceará na Arena Castelão
Torcida do Ceará vem tendo boa presença no Castelão – Divulgação/Ceará SC

E os números do campeonato

De acordo com o levantamento de Pedro Pereira, do Podcast 45 Minutos e da página ECBahia Números, essa pontuação iguala a média história da 12ª colocação da Série A, mas, ao seu redor, a faixa de pontuação está um pouco abaixo do que costuma estar.

Assim, o Ceará tem uma concorrência um pouco mais aberta para brigar por uma vaga na Copa Sul-Americana ou, quem sabe, ajustar o desempenho em casa e entrar na disputa por uma vaga inédita na Copa Libertadores.

Mas olhando para baixo, o Ceará não está longe de risco. Abrindo o Z4, o Cuiabá tem 20 pontos, também acima da faixa histórica para o 17º lugar. A folga do Vozão é de apenas quatro pontos e isso pode ser alterado em curto prazo se o time não melhorar o mando.

Arte: Pedro Pereira/@ECBahiaNumeros

E até onde dá para chegar?

O Vozão vem de dois anos com melhora de rendimento no 2º turno. Isso se repetindo, o time terá uma campanha tranquila para uma vaga na Copa Sul-Americana. Mas o cenário atual é de estabilidade dentro do desempenho alvinegro.

Apesar das críticas sobre o trabalho do treinador Marquinhos Santos, os números mostrar um aproveitamento muito similar ao total do time no campeonato. Com ele, o time somou 42% dos pontos disputados, com uma vitória e três empates em casa.

Antes, sob comando de Dorival Júnior, esse aproveitamento era de 43%, justamente na mesma faixa do atual treinador. Em casa, porém, o desempenho era pior, com dois empates e duas derrotas, algo compensado pelos pontos longe do Castelão.

VIDEOGUIA DA SÉRIE A: RETURNO – 45 MINUTOS

Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados