Connect with us
Jogo Vitória x Santa Cruz na Copa do Nordeste Jogo Vitória x Santa Cruz na Copa do Nordeste

BACopa do NordestePESanta CruzÚltimasVitória

Vitória sai na frente, mas cede empate ao Santa Cruz com gol no fim na estreia do Nordestão

Divulgação/SCFC

Published

on

Zeca e Yan Oliveira marcaram os gols do 1×1

A emoção foi até o final, mas o Santa Cruz buscou um empate aos 51 do 2º tempo contra o Vitória na estreia da Copa do Nordeste. Depois de um 1º tempo lento, o Leão abriu o placar com Zeca, mas desacelerou e viu o Tricolor empatar aos 51 do 2º tempo, com Yan Oliveira.

Em campo, os dois times apresentaram grandes dificuldades criativas ao longo do 1º tempo. Mas a etapa final entregou o que a 1ª deixou a desejar. No jogo aéreo, o Rubro-Negro abriu o placar aos 20, mas perdeu fôlego e deu espaço para uma blitz ofensiva até o empate.

Jogadores do Santa Cruz e árbitro Caio Max Augusto Vieira em jogo contra o Vitória
Reprodução/Nosso Futebol

Como fica?

Com o empate, a dupla larga em com um ponto na disputa do Nordestão. No grupo A, o time de Salvador aparece atrás do Fortaleza, enquanto os recifenses lideram o grupo B. Mas a rodada ainda trará mais cinco jogos, alterando bastante a classificação.

Agora, os dois times voltam o foco aos seus campeonatos estaduais. No Baiano, o Vitória joga às 19h15 da quinta-feira, visitando o Doce Mel em Salvador. Pelo Pernambucano, o próximo jogo do Santa Cruz será no mesmo dia, também em casa, recebendo o Caruaru City às 20h.

Vitória x Santa Cruz

1º tempo Domínio baiano

O Rubro-Negro foi dominante ao longo do 1º tempo. Melhor no meio de campo, o Leão conseguia ter mais volume de jogo, mas penava no último passe, sofrendo para transformar o grande poderio de posse de bola em boas oportunidades de gol.

O Tricolor, por sua vez, conseguia exercer um papel defensivo suficiente para anular a pressão leonina, mas também não mostrava muitas ideias quando tinha a bola. Assim, a 1ª etapa foi de poucas chances reais para os dois times.

Ao fim, apenas uma finalização realmente forçou uma bom trabalho ao goleiro adversário. E foi uma bola rubro-negra, em bola enfiada para Osvaldo, que parou em boa saída do goleiro Geaze, já aos 36.

2º tempo: Emoção até o fim

Depois do intervalo, o Santa Cruz voltou com outra postura. Se a 1ª etapa era de um Leão com a posse contra os corais com a velocidade, o Tricolor igualou as ações, fechou mais os espaços e buscou um jogo de maior troca de passes.

Mas isso mudou pouco a realidade do jogo. Com problemas latentes no setor de criação, os pernambucanos não conseguiam chegar com a bola na área. Mas essa também era a realidade leonina, com um Vitória que já não conseguia mais acionar seus jogadores de velocidade.

Meia Diego Torres, do Vitória, em jogo contra o Santa Cruz
Pietro Carpi/ECV

Mas tudo mudou nas substituições de João Burse. O treinador conseguiu colocar os pontas na ativa, ligar o jogo aéreo e dar uma nova vida ao ataque dos mandantes. Assim, a 1ª grande chance veio aos 19, mas Geaze fez uma defesaça na cabeçada de Eduardo.

No minuto seguinte, a cabeçada foi de Dibble para mais uma defesa incrível de Geaze. Mas, no rebote, Zeca apareceu para chutar pelo meio da defesa e abrir o placar no Barradão.

Atrás no placar, o Santa Cruz tentou subir o jogo e aumentar a pressão ofensiva, mas faltava qualidade técnica para superar a linha defensiva dos mandantes. Isso também abria mais espaços para contra-ataques , que pararam em mais uma grande defesa de Geaze, aos 30.

Mas a realidade é que a vantagem no placar tirou o ímpeto ofensivo do Vitória, que deu espaço para os tricolores aumentarem a pressão e buscarem espaço no ataque. Assim, a reta final de jogo foi de domínio total dos tricolores, frente a um mandante que não buscava jogo.

O 1º lance de perigo real para os corais veio aos 38, em chute de Arthur Santos de fora da área, parando em grande defesa de Dalton. Mas o gol de empate viria na 2ª oportunidade, aos 51, com Yan Oliveira subindo mais alto no escanteio para garantir o ponto coral na estreia.

Lance de Vitória x Santa Cruz na Copa do Nordeste
Reprodução/Nosso Futebol

Ficha do jogo

Vitória (1)
Dalton; Zeca (João Pedro), Dankler, Camutanga e João Lucas; Rodrigo Andrade (Léo Gomes), Gegê e Diego Torres (Eduardo); Osvaldo, Rafinha (Nilás Dibble) e Léo Gamalho (Santiago Tréllez). Técnico: João Burse.

Santa Cruz (1)
Geaze; Jefferson Feijão (Tharlles Rodrigues), Ítalo Melo, Yan Oliveira e Ian Rodriguez; João Erick (Baraka), Arthur Santos e Anderson Ceará (Anderson Paulista); Hugo Cabral (Marcelinho), Lucas silva e Michel Douglas (Dagson). Técnico: Ranielle Ribeiro.

Local do jogo: Estádio Manoel Barradas (Barradão), em Salvador-BA
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Jean Marcio dos Santos e Vinicius Melo de Lima (RN)
Gol: Zeca (21’/2ºT | VIT) e Yan Oliveira (51’/2ºT | SCZ)
Cartões amarelos: Diego Torres, Rodrigo Andrade (VIT), Anderson Ceará, João Erick e Tharlles Rodrigues (SCZ)
Público: 7.823 torcedores

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados