conecte-se conosco
Fausto Filho/Ceará Sporting Club Fausto Filho/Ceará Sporting Club

CECearáSérie BÚltimas

Por tabela e punição, Ceará só terá ‘torcida completa’ na 14ª rodada da Série B, contra o Avaí

Fausto Filho/Ceará Sporting Club

Publicados

em

Alvinegro teve pedido de conversão de pena parcialmente atendido no STJD

Com pena a ser cumprida nas seis primeiras partidas como mandante no Brasileiro da Série B, o Ceará jogará quase um turno inteiro da competição sem a presença completa da sua torcida. Por motivos de tabela e punição, o Alvinegro só estará livre da sanção na 14ª rodada, já no final de junho, quando recebe o Avaí.

Vale lembrar que o cenário vivido pelo Vozão é um dos desdobramentos das invasões de campo na Arena Castelão na partida contra o Cuiabá, ainda pela 32ª rodada da Série A de 2022. Cenário esse, diga-se, que o departamento jurídico alvinegro até buscou reverter, com pedido endereçado ao Superior Tribunal da Justiça Desportiva (STJD). Mas a entidade só atendeu parcialmente.

Torcida do Ceará presente no Castelão. Crédito: Fausto Filho/CSC

Com isso, a punição em seis partidas se dividiu da seguinte forma: confrontos diante de Guarani, Vitória e Tombense – 2ª, 5ª e 6ª rodadas, respectivamente – acontecerão de portões fechados, enquanto os embates contra Novorizontino, Chapecoense e CRB – 8ª, 9ª e 11ª – terão mulheres e crianças até 12 anos presentes nas arquibancadas.

Peso da punição do Ceará

Dos nove jogos marcados para a capital cearense no primeiro turno da Série B, o Vovô só terá a torcida completa em três deles. Um prejuízo considerável, tendo em vista a importância do ‘fator casa’ em uma competição de pontos corridos. Ainda mais para uma equipe que chega como forte candidata ao acesso.

Abaixo, confira cenário detalhado:

PORTÕES FECHADOS
22/04 – x Guarani
10/05 – x Vitória
13/05 – x Tombense

MULHERES E CRIANÇAS
28/05 – x Novorizontino
02/06 – x Chapecoense
10/06 – x CRB

TORCIDA COMPLETA
27/06 – x Avaí
04/07 – x Botafogo-SP
18/07 – x Vila Nova

Alvinegro passará quase um turno cumprindo punição. Crédito: Felipe Santos/CSC

Entenda o caso 

Toda a história se desdobra a partir do dia 16 de outubro de 2022, quando o Ceará, vivendo momento difícil na luta contra o rebaixamento, apenas empatou com o Cuiabá, em 1 x 1, na Arena Castelão, pela 32ª rodada do Brasileiro da Série A. 

Antes do fim do jogo, torcedores do Alvinegro iniciaram uma confusão generalizada nas arquibancadas. O conflito se acirrou, cadeiras foram arremessadas e um grupo até invadiu o gramado para cobrar diretamente dos jogadores, que correram em direção aos vestiários. 

A partida, então, foi encerrada por falta de segurança. E a confusão foi julgada, com o Ceará punido com seis jogos sem torcida. Uma pena que depois foi aumentada em duas partidas, levando em conta os dois jogos já cumpridos pela equipe contra Fluminense e Juventude, ainda na reta final da A.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados