conecte-se conosco
Ceará perde para o Atlético-GO na Série B Ceará perde para o Atlético-GO na Série B

CECearáSérie BÚltimas

Ceará tropeça em casa contra Atlético-GO e praticamente dá adeus à luta por acesso

Foto: Felipe Santos/Ceará SC

Publicados

em

Um domingo amargo. Com direito a vaias e torcida indo embora antes do jogo acabar, o Ceará sucumbiu mais uma vez em casa diante de um adversário na Série B. Contra o Atlético-GO, o Alvinegro produziu pouco ofensivamente e foi ferido contragolpes do Dragão, que marcou com Luiz Fernando para conquistar a vitória por 1 x 0 na Arena Castelão.

Com o resultado, o Ceará praticamente dá adeus às chances de brigar pelo acesso. Ocupando a 11ª posição com 42 pontos, o Alvinegro está 11 atrás do Guarani, último time no G-4 da Série B. Vale lembrar que há somente 24 pontos a serem disputados na competição.

O jogo – Ceará x Atlético-GO

Ceará e Atlético-GO entraram em campo com forte senso de urgência na partida válida pela 30ª rodada da Série B. Com bastante movimentação ofensiva, os primeiros 15 minutos foram de franca trocação entre as duas equipes, que precisavam da vitória para seguir sonhando com a entrada na zona de acesso.

Contudo, conforme o tempo foi avançando, o ímpeto ofensivo dos dois times foi minguando. Dessa forma, com excesso de erros de passe e decisão de ambos os lados, a segunda metade da etapa foi inicial foi bastante monótona para quem esteve nas arquibancadas das Arena Castelão.

Enquanto o Atlético-GO focava em encaixar a marcação e não deixar o atacante Erick, acionado como meia ofensivo, municiar os atacantes, o Ceará pouco conseguia construir a partir da aproximação de Janderson, Saulo Mineiro e Nícolas. Portanto, a única finalização certa do Vovó na reta final foi um chute do camisa 11 alvinegro, que foi facilmente defendido por Ronaldo.

Na volta do intervalo, as duas equipes esboçaram reeditar o começo de jogo animado que se viu no primeiro tempo. Assim, a primeira chance de efetivo perigo do segundo tempo aconteceu logo aos 8 minutos. Em jogada de contra-ataque, Saulo Mineiro foi acionado na direita, avançou e cruzou rasteiro para Nícolas. O centroavante não conseguiu desviar, mas viu o zagueiro Alix Vinícius desviar contra a própria meta, exigindo excelente defesa de Ronaldo.

Contudo, o técnico do Ceará seguia Insatisfeito com o desempenho em campo. Por isso, Vágner Mancini mudou o time em atacado na segunda etapa. A prova disso é que com 21 minutos, o Vovô já tinha processado as suas cinco alterações.

Entretanto, as alterações não tiveram tempo para mostrar aqui vieram. Aos 22, em bela jogada ofensiva, o Atlético conseguiu abrir o placar. Após lançamento para a entrada da área, Matheus Peixoto fez o pivô e encontrou Luiz Fernando, que bateu colocado sem chances para o goleiro André Luiz, que estava adiantado no lance.

Depois do gol, o clima que era favorável na Arena Castelão acabou virando contra o time cearense. A torcida alvinegra começou a vaiar bastante a posse de bola do Ceará, que apresentava bastante nervosismo em campo.

Atônitos, o Vovô até se lançou para o ataque, mas se expôs ao contragolpe do Dragão, que quase marcou outras três vezes. Assim, o Ceará amargou mais uma derrota em casa com direito aos torcedores deixarem as arquibancadas antes do apito final.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Próximos jogos

O Vozão volta a campo já na próxima sexta-feira para mais um jogo importante para as suas pretensões na tabela da Série B. Diante do CRB, no Rei Pelé, o Alvinegro buscará voltar a vencer em partida que começa às 21h30.

Ficha do jogo

Ceará 0
André Luiz; Caíque Gonçalves, Tiago Pagnussat, Luiz Otávio e David Ricardo (William Formiga); Breno (Zé Ricardo), Guilherme Castilho e Erick; Saulo Mineiro (Jean Carlos), Janderson (Erick Pulga) e Nícolas (Guilherme Bissoli). Técnico: Vágner Mancini.

Atlético-GO 1
Ronaldo; Bruno Tubarão, Luiz Felipe, Alix Vinícius e Lucas Esteves (Heron); Matheus Sales (Rhaldney), Gabriel Baralhas e Shaylon; Kelvin (Airton), Luiz Fernando e Matheus Peixoto (Daniel). Técnico: Jair Ventura.

Local: Arena Castelão
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira (SP)
Assistentes: Fabrini Beviláqua Costa (SP) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Rodolpho Toski Marques (PR)
Gols: Luiz Fernando aos 22/2ºT (Atlético-GO)
Cartões amarelos: Jean Carlos (Ceará); Matheus Sales, Lucas Esteves e Alix Vinícius (Atlético-GO)

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados