conecte-se conosco
Vojvoda em última coletiva antes da final da Sul-Americana entre Fortaleza x Ldu Vojvoda em última coletiva antes da final da Sul-Americana entre Fortaleza x Ldu

CECopa Sul-AmericanaFortalezaÚltimas

Fortaleza: Vojvoda cita orgulho por estar na final da Sul-Americana e elenca motivos para sucesso do time

Publicados

em

Treinador do Fortaleza enalteceu mentalidade do elenco e afirmou que clube está vivendo “momento único”

“É um orgulho para todas nós estar nessa final”. Foi assim que o técnico Juan Pablo Vojvoda iniciou a sua última entrevista coletiva antes do Fortaleza enfrentar a LDU na final da Copa Sul-Americana, neste sábado (28), às 17h, no estádio Domingo Burgueño, em Punta Del Este.

Questionado sobre os méritos da sua equipe para chegar na final após superar rivais como Libertad-PAR, América-MG e Corinthians, o treinador argentino destacou o aspecto mental da equipe durante a disputa da Copa Sul-Americana.

“É um orgulho para todos nós estar nessa final. O primeiro é a mentalidade de clube. Sempre continuar o trabalho querendo crescer. O espírito de grupo é outra característica e, por fim, a humildade de todos para querer continuar o aprendizado. Cada competição tem a sua importância e sabemos do peso desta (Copa Sul-Americana) a nível internacional . É um momento único para o Fortaleza e faremos tudo para que possamos chegar ao nosso objetivo”, apontou o argentino.

Apesar de ter chegado à Sula após a queda na Libertadores, diante do Cerro Porteño, Vojvoda fez questão de destacar a ambição do clube de chegar à final – a sua primeira em nível continental. Dessa forma, caso vença a LDU, o Tricolor do Pici irá se tornar o primeiro time nordestino a conquistar um torneio da Conmebol.

“Desde a primeira fase essa era a nossa vontade, o nosso objetivo. Queríamos continuar e chegar o mais longe nessa competição e conseguimos chegar na final, que era nossa meta inicial”, explicou.

Por isso, o técnico fez questão de mostrar sua gratidão a todos que fazem o clube, além de agradecer aos torcedores e ao povo nordestino ao apoio durante a competição. Segundo ele, para que o Tricolor siga no caminho das vitórias, a mentalidade que vem se irraizando no Pici precisa ser mantida para que o Fortaleza continue crescendo.

“Quero agradecer à comissão técnica, aos jogadores e aos funcionários do clube, com quem compartilho o dia a dia, aos torcedores e ao povo nordestino. Essa unidade fez com que o Vojvoda fosse melhor como pessoa e como treinador. Sou muito agradecido ao Fortaleza por me abrir as portas do futebol brasileiro. Fizemos um bom trabalho e ele vai continuar, pois precisamos continuar com essa mentalidade para que o Fortaleza siga se tornando cada vez mais um grande clube”, finalizou.

Números, estatísticas e mais: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados