conecte-se conosco
Itamar Schulle, técnico do Santa Cruz, e Francisco Sales, gerente de futebol coral Itamar Schulle, técnico do Santa Cruz, e Francisco Sales, gerente de futebol coral

PESanta CruzÚltimas

Gerente de futebol, Francisco Sales se coloca à disposição para atuar como executivo no Santa Cruz: “Cabe ao presidente”

Publicados

em

Responsável por alinhar contratos dos primeiros reforços do Santa Cruz, Sales havia sido contratado inicialmente para tocar parte logística da equipe

Contratado como gerente de futebol da equipe do Santa Cruz logo após a eleição do presidente Bruno Rodrigues, Francisco Sales vem desempenhando uma função-chave para o início da temporada tricolor: ser homem das negociações dos reforços para a equipe comandada por Itamar Schülle.

Entretanto, essas seriam as atribuições do executivo de futebol, profissional que ainda estaria sendo procurado pela diretoria coral pensando na temporada 2024. Dessa forma, questionado sobre se teria as prerrogativas para atuar como executivo, Sales se colocou à disposição e disse que essa escolha compete apenas ao presidente coral.

“Essa pergunta eu não consigo responder, pois cabe ao presidente. Enquanto eu tiver aqui com essa incumbência (negociar a chegada de reforços), vou me dedicar ao máximo como é do meu feitio. Estou dedicado 24 horas ao Santa Cruz. É isso que tenho feito. A gente não tem almoço, a gente não tem janta, pois quero fazer parte dessa reconstrução do clube, colocando ele de volta no Campeonato Brasileiro, sendo competitivo a nível estadual e que possa voltar a disputar a Copa do Nordeste da forma mais honrosa possível. Esse é o meu pensamento como gerente de futebol, da comissão e da própria direção”, explicou.

Itamar Schulle, técnico do Santa Cruz, e Francisco Sales, gerente de futebol coral
No Santa Cruz, Sales voltou a fazer parceria com o técnico Itamar Schülle – Foto: Klisman Gama/NE45

Vale lembrar que a função de executivo não seria novidade na carreira de Francisco Sales, uma vez que em sua passagem no Botafogo-PB, antes de chegar ao Santa Cruz, o profissional tocou o futebol da equipe paraibana ao longo de cinco temporadas.

“Enquanto não tiver a figura do executivo e Sales tiver que estar tratando com empresário e com os atletas, eu vou estar aqui fazendo isso no dia a dia. Não é algo novo, pois fiz isso por cinco anos que estive no Botafogo-PB como executivo e me preparei para isso. Se, por ventura, vier algum profissional, eu estarei aqui para somar e dar o meu máximo. Se não vier, isso não poderá ser desculpa para se ocorrer algum insucesso. Estaremos aqui sempre trabalhando para fazer o Santa Cruz cada vez mais forte”, concluiu.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados