conecte-se conosco
Técnico do Ceará diz que Barletta tem inflamação óssea no joelho e atleta deve ser reavaliado pelo DM alvinegro - Chrystian Barletta, atacante do Ceará Técnico do Ceará diz que Barletta tem inflamação óssea no joelho e atleta deve ser reavaliado pelo DM alvinegro - Chrystian Barletta, atacante do Ceará

CECearáCearensePEPernambucanoSportÚltimas

Na mira do Sport, Barletta alega débitos e pede rescisão indireta com o Ceará; veja detalhes e bastidores do caso

Foto: Felipe Santos/CSC

Publicados

em

Atacante pode deixar o Vozão de forma indireta e alega valores em atraso; Sport monitora

Nas últimas 24 horas explodiu a notícia de uma provável saída do atacante Barletta do Ceará com destino ao Sport. E, no entorno desta movimentação de mercado, um emaranhado de informações foi se formando a partir de apurações com os dois clubes e com o staff do jogador. Revelações de um dos lados são veementemente negadas do outro. Perguntas ficam sem respostas diretas. Neste texto o NE45 vai detalhar o que se tem de concreto no caso e onde ainda pairam interrogações.

A informação concreta: Barletta acionou a Justiça do Trabalho com um pedido de rescisão indireta com o Ceará. O jogador alega uma série de verbas atrasadas – incluindo salário, FGTS e direito de imagem. O advogado do jogador, Felipe Rino, enviou uma nota para os veículos de imprensa apresentando as reivindicações do atleta: “Barletta tem diversas verbas em atraso, que o Ceará SC deixou de pagar”, diz o início do pronunciamento.

“Há atrasos de verbas salariais, direito de imagem, FGTS e luvas, bem superiores a dois meses. Algumas verbas estão em atraso há 6 meses, desde sua contratação.O Barletta tentou por diversas vezes dialogar, receber, ter sua remuneração em dia. Infelizmente não foi possível, o clube não conseguiu colocar em dia o que está em atraso”, escreveu Rino.

Veja o que Barletta alega estar em atraso:

  • FGTS de Agosto, Setembro, Outubro, Novembro, Dezembro e 13o salário
  • Imagem de Outubro, Novembro e Dezembro
  • Férias
  • Luvas

A reportagem do NE45 questionou a quantia desses débitos, mas o advogado revelou que não poderia falar. Contudo, garante: “São valores extremamente significativos”.

O advogado garante que a ação judicial foi o último recurso possível depois de tentativas frustradas de negociação dos débitos com o Ceará: “A Lei Geral do Esporte prevê que em casos de atrasos superiores a dois meses (salário, direito de imagem ou FGTS) enseja na rescisão indireta do contrato de trabalho. E no caso do Barletta há atrasos de até 6 meses. E, nesse caso, o clube poderá ser condenado a pagar a cláusula compensatória desportiva, que são os salários até o final do contrato”.

O Ceará fez um investimento de R$ 6,6 milhões por 50% dos direitos econômicos do atacante, com contrato até o fim de 2028.

Felipe Rino também fez questão de negar que exista qualquer negociação em curso de Barletta com o Sport.

Técnico do Ceará diz que Barletta tem inflamação óssea no joelho e atleta deve ser reavaliado pelo DM alvinegro - Chrystian Barletta, atacante do Ceará
Foto: Felipe Santos/CSC

Ainda considerando apenas as declarações oficiais, o presidente do Ceará, João Paulo Silva, confirmou a saída de Barletta em entrevista ao jornalista Mário Kempes em seu blog. João Paulo, inclusive, admitiu turbulências financeiras no clube no fim de 2023 e expôs a dependência do adiantamento negociado com a LFF:

“Eu já havia conversado com alguns atletas no final do ano passado a respeito de uma dificuldade que estávamos passando, porque não recebemos uma parcela da Liga (acordo do clube com a Liga Forte União). Todos entenderam. E dessa forma o Barletta não vai continuar no Ceará. Agora, é tentar resolver isso da melhor maneira possível”, concluiu o presidente.

Posteriormente, o Ceará se pronunciou via assessoria de imprensa e alegou surpresa pela situação.

“O clube não só reconhece como reafirma o compromisso com cada um dos jogadores, comissão técnica e colaboradores. O Ceará segue aberto ao diálogo e acredita que assuntos de natureza interna podem ser resolvidos igualmente entre as partes envolvidas”, escreveu o clube.

Agora entram em cena as informações de bastidores, apuradas diretamente com os clubes. Elas são fundamentais para montar o quebra-cabeças.

Uma informação apurada no Recife indicava que o Sport havia retomado as negociações com Barletta – que foi o principal alvo do clube na última “janela de transferências” em 2023, justamente quando deixou o Corinthians e teve seus direitos econômicos comprados pelo Ceará.

A informação foi confirmada dentro do clube alvinegro. Mais do que isso. Veio à tona que Barletta, inclusive, já havia deixado o Ceará e estava realmente negociado com o Sport – em um movimento financeiro que envolvia a agência Elenko, que gerencia a carreira do jogador.

Em seu perfil no X (antigo Twitter), o influenciador Lel Fontenele, do Canal Fala Lel e também integrante da equipe de analistas do 45 Minutos, publicou informações obtidas com fontes do Ceará sinalizando a existência de um elo mais forte entre a Elenko e o Sport.

Só neste domingo vieram as primeiras informações do caso no lado rubro-negro. Inicialmente com uma negação veemente de qualquer elo entre o clube e a Elenko e tampouco qualquer relação com o processo de uma futura SAF. “História cabeluda” foi um dos termos utilizados. No lado do Sport, a informação era de que Barletta estava conseguindo a rescisão indireta na Justiça: “Estão perdendo o jogador assim como perdemos Adryelson”.

Barletta, atacante do Ceará
Foto: Felipe Santos / CSC

Naturalmente, foi negada qualquer negociação em curso com o atacante. Ao considerar um “imbróglio jurídico” complicado de desatar em um curto prazo, o Sport se coloca na condição de “espectador” e não de agente diretamente envolvido no caso. E nem poderia ser diferente.

A revelação da ação de Barletta na Justiça do Trabalho trouxe elementos novos à tona. Lel Fontenele em seu perfil no X disse que a Elenko autorizou a saída do jogador e até uma viagem ao Recife contando com a decisão favorável da Justiça – mas que esta acabou sendo negada.

Procurado pelo NE45 no início da tarde deste domingo, o advogado Felipe Rino afirma que o caso ainda não teve nenhuma decisão oficial e afirmou que, neste momento, o jogador está em sua casa, em Fortaleza, esperando as definições.

“Ainda não houve decisão sobre o pedido liminar. Foi concedido prazo de 5 dias para o Ceará SC se manifestar sobre o pedido. Esse prazo se encerra na quarta-feira. Apenas após o juiz decidirá sobre a liminar”, explica.

Com todas as apurações na mesa, o que se pode concluir até este momento é que a revelação da ação na Justiça do Trabalho mudou radicalmente o curso das primeiras informações sobre a saída de Barletta do Ceará. O que inicialmente se desenhava como um investimento milionário do Sport para ter o atacante agora se revelou um imbróglio judicial que deve se estender pelos próximos dias e com desfecho incerto.

Nos bastidores alvinegros, a Elenko foi colocada como agente determinante deste movimento que resultaria na ida do jogador ao Sport. No lado rubro-negro, negativas imediatas e estratégicas sobre qualquer negociação, mas com a clara sinalização de que o próximo passo depende do desfecho judicial.

Contratado em 2023, Barletta fez 11 jogos pelo Ceará, tendo marcado três gols nesse período.

A integra da nota do advogado de Barletta

Barletta tem diversas verbas em atraso, que o Ceará SC deixou de pagar.

Há atrasos de verbas salariais, direito de imagem, FGTS e luvas, bem superiores a 2 meses. Algumas verbas estão em atraso há 6 meses, desde sua contratação.

O Barletta tentou por diversas vezes dialogar, receber, ter sua remuneração em dia. Infelizmente não foi possível, o clube não conseguiu colocar em dia o que está em atraso.

A Lei Geral do Esporte prevê que em casos de atrasos superiores a 2 meses (salário, direito de imagem ou FGTS) enseja na rescisão indireta do contrato de trabalho. E no caso do Barletta há atrasos de até 6 meses.

E nesse caso, o clube poderá ser condenado a pagar a cláusula compensatória desportiva, que são os salários até o final do contrato.

Era a última opção do Barletta, que sempre privilegiou o diálogo e aguardou meses para regularização, mas ele precisou entrar com ação contra o clube, em virtude desses atrasos.

O que queremos deixar claro é que antes de entrar com ação, foram diversos diálogos e negociações com o clube, mas sem o pagamento integral da remuneração mensal dele.

Barletta, assim como todos os demais atletas, são trabalhadores, dependem da sua remuneração para sustentar sua família, tem contas a pagar. As contas vencem mês a mês, como de qualquer ser cidadão.

Ainda, O presidente disse em entrevista que “os valores cobrados pelo atacante são pequenos e que o clube tinha totais condições de pagar.”

Ora! Se é um valor pequeno e o clube tinha totais condições de pagar, porque não pagou? Por Lei, o 13o, Férias, Salários e FGTS tem dia certo para serem pagos. Porque então não foram? Igualmente, Contrato de Imagem prevê data específica para pagamento das Luvas e do Direito de Imagem. Se o clube tinha condições de pagar, porque não pagou?

E os valores não são pequenos, isso posso garantir.

E o Barletta está totalmente aberto a negociação, ele apenas quer receber pelo que já trabalhou. Mesmo após entrarmos com a ação, procuramos o jurídico do clube, passamos proposta de acordo, mas até hoje não tivemos retorno.

Por fim, não há nenhuma negociação com o Sport em andamento.

A integra da nota do Ceará

Causa estranhamento e surpresa a forma como o atleta Chrystian Barletta e seu empresário vêm conduzindo as renegociações de valores pendentes, inclusive expondo à imprensa informações de uma ação que corre em segredo de justiça.

O Ceará Sporting Club se notabilizou nacionalmente nos últimos anos pelo equilíbrio financeiro, bem como pelo diálogo constante e transparente entre diretoria, jogadores e colaboradores; inclusive na atual gestão, que não abrirá mão dessas prerrogativas.

O clube não só reconhece como reafirma o compromisso com cada um dos jogadores, comissão técnica e colaboradores. O Ceará segue aberto ao diálogo e acredita que assuntos de natureza interna podem ser resolvidos igualmente entre as partes envolvidas

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados