conecte-se conosco
Gabriel Gazão, volante do Sampaio Corrêa, em jogo contra o Pinheiro, no Castelão, pelo Campeonato Maranhense 2024 Gabriel Gazão, volante do Sampaio Corrêa, em jogo contra o Pinheiro, no Castelão, pelo Campeonato Maranhense 2024

MAMaranhenseSampaio CorrêaÚltimas

Sampaio Corrêa fica atrás do placar duas vezes, mas busca empate com o Pinheiro pelo Maranhense

Publicados

em

Mesmo jogando em casa e criando muito, Tubarão sofreu para arrancar empate diante do Búfalo

Em jogo intenso, com boas chances criadas, mas também desperdiçadas, o Sampaio Corrêa ficou no empate em 2 x 2 com o Pinheiro, nesta quinta-feira (22), pela nona rodada do Campeonato Maranhense.

A Bolívia Querida teve muito mais chances de gol, mas o Búfalo foi eficiente no ataque e conseguiu ficar em vantagem duas vezes. Entretanto, não sustentou o resultado. Dieguin marcou os dois gols do Búfalo, enquanto que Gabriel Gazão e Bruno Baio marcaram para o Paio.

Classificação do Campeonato Maranhense

Com este resultado, o Sampaio Corrêa vai a 19 pontos e segue na vice-liderança do Campeonato Maranhense. Além disso, pode ver o líder Maranhão se distanciar ainda mais na liderança. Já o Pinheiro é o quinto colocado e vai a nove pontos.

Próximo jogo do Sampaio Corrêa

A Bolívia Querida volta a campo na próxima quarta-feira (28), pela primeira fase da Copa do Brasil. O Tricolor vai até o Acre para enfrentar o Humaitá-AC, na Arena da Floresta, às 21h30.

Números, estatísticas e mais sobre o futebol nordestino: Confira as últimas do Blog de Cassio Zirpoli

Sampaio Corrêa fica atrás do placar duas vezes, mas empata com Pinheiro

O jogo começou com as propostas das duas equipes bem definidas. Enquanto o Sampaio Corrêa se lançava ao ataque, o Pinheiro buscava os contra-ataques. E apesar do Tubarão pressionar mais, quem abriu o placar foi o time visitante. Aos 12 minutos, o Tricolor errou na saída de bola, Dieguin tomou a posse, avançou e bateu rasteiro da meia-lua para abrir o placar

O jogo seguiu intenso e a Bolívia Querida pressionou até conseguir empatar. Aos 33, Adauto Júnior cobrou falta pela esquerda e Gabriel Gazão subiu com liberdade para cabecear forte e empatar o jogo. Mas não demorou muito para o Pinheiro voltar à dianteira do placar. Aos 38, Matheus Rubens chutou cruzado e Dieguin desviou para as redes.

Gabriel Gazão, volante do Sampaio Corrêa, em jogo contra o Pinheiro, no Castelão, pelo Campeonato Maranhense 2024
Foto: Ronald Felipe/Sampaio Corrêa

No segundo tempo, só deu Sampaio Corrêa. O time, desde o início, insistiu bastante e empilhou chances criadas. A equipe tricolor buscava principalmente as jogadas pelos lados de campo, com cruzamentos, sejam eles pelo alto ou por baixo.

Bruno Baio tentou, Edrean, Gustavo Simões, Pimentinha, mas falhavam na conclusão. Além disso, o goleiro Danilo aparecia bem, com defesas seguras. Mas a insistência foi tão grande, que o gol saiu.

Pimentinha costurou a defesa pelo lado direito e foi derrubado na área. Pênalti que Bruno Baio cobrou bem, deslocando o goleiro, e empatando aos 28. Apesar do volume de jogo, o Sampaio Corrêa não conseguiu converter as chances em gol e ficou no empate dentro de casa.

FICHA DO JOGO

Sampaio Corrêa 2

Felipe; Franklin, Titi e Cortez (Thiago Rosa); Evandro (Dimas), Gabriel Gazão, Ferreira (Gustavo Simões) e Adauto Júnior (Thallyson); Edrean, Cláudio Cebolinha (Pimentinha) e Bruno Baio. Técnico: Thiago Gomes.

Pinheiro 2

Danilo; Matheus Rubens, Luis Fernando, Alisson (Felipe Cauã) e Igor Sanches; Lucas Santa Helena, Diego Vitor (Carlos Vitor), Neto (Manrique), Dieguin (Mateo) e Victor Pereira; Pedrinho (Robson). Técnico: Danilo Brito.

Local: Estádio Castelão, em São Luís-MA.
Árbitro: Jose Henrique de Azevedo Junior (MA).
Assistentes: Edna Cristina Santos Ferreira e José Carlos de Jesus (ambos MA).
Gols: Gabriel Gazão (33’/1ºT) e Bruno Baio (28’/2ºT) (SAM); Dieguin (12′ e 38’/1ºT) (PIN).
Cartões amarelos: Bruno Baio e Titi (SAM); Victor Pereira, Neto, Danilo e Matheus Rubens (PIN).

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados