conecte-se conosco

NáuticoPESérie BÚltimas

Hélio dos Anjos condiciona derrota à postura da equipe no 2º tempo

Publicados

em

Após a derrota para o Figueirense por 2×0, no Orlando Scarpelli, o técnico Hélio dos Anjos criticou a equipe pela postura na volta do intervalo. Para o treinador alvirrubro, o gol sofrido com um minuto do segundo tempo foi o responsável pelo resultado negativo, que fez o Timbu cair para o 18º lugar com 24 pontos e desperdiçar a chance de se aproximar da saída da zona de rebaixamento.

“O nosso retorno me deixou muito chateado, voltamos de forma inadequada. O campo não oferecia condições e demos o resultado ao adversário. Demoramos a competir num campo molhado. Condiciono a derrota ao primeiro gol que sofremos, logo com um minuto, que nos levou ao desespero. Na sequência, a chuva aumentou e perdemos mobilidade. Fazer um jogo nessas condições é difícil, mas tínhamos de fazer melhor”, lamentou o comandante alvirrubro.

Com o gramado encharcado, as bolas paradas e os chutes de fora da área foram as opções mais viáveis para buscar o empate. Porém, o Náutico também não teve eficiência nesses quesitos, reconhecido por Hélio dos Anjos.

“Faltou chutar e arriscar mais. Mas, temos de levar em consideração que o adversário nos tirou essa condição em todos os momentos. Não gostei também do aproveitamento das bolas paradas ofensivas, que é decisiva em uma condição como essa. Tivemos duas faltas na linha da grande área e a bola nem foi ao gol”, finalizou.

Foto: Caio Falcão/CNC

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados