conecte-se conosco

PESportÚltimas

Presidente do Sport diz que atletas tiveram atitude ‘canalha e irresponsável’

Pedro Lacerda reiterou o pagamento do salário e disse que pode ter havido algum problema operacional

Foto: Arquivo pessoal

Publicados

em

O Sport passou por mais um dia agitado e polêmico fora de campo. Nesta terça-feira, no fim da manhã, o presidente provisório do clube, Pedro Lacerda, anunciou o pagamento dos salários de abril ao futebol e ao setor administrativo. Quitação, entretanto, que horas mais tarde, foi rebatida pelos jogadores, que se posicionaram via redes sociais dizendo que era ‘mentira’.

LEIA: Prazo chega ao fim e Sport tem três chapas inscritas para eleição

E, nesta noite, o episódio ganhou mais um capítulo. Em entrevista à Rádio Jornal, Pedro Lacerda afirmou que a conduta dos jogadores foi ‘canalha, irresponsável e antiprofissional’. Além disso, reiterou que foi determinado o pagamento por parte do clube, mas disse que pode ter havido algum problema operacional durante a transferência. 

Por fim, o presidente provisório do Sport disse ainda que o acordo feito com o elenco foi para quitação de abril até o dia dez de julho, tendo sido, portanto, antecipado.

“Eles têm consciência que o prazo era dia dez e houve antecipação para o dia seis. Se houve algum equívoco pontual operacional, seria retificado, como será. Minha forma de conduzir os assuntos do clube é olho no olho e com transparência, com a comissão técnica e plantel. Nada justifica, qualquer mágoa ou situação, com quem quer seja, uma atitude irresponsável, canalha e antiprofissional para com o clube, diretoria e comigo, que sou um homem de bem. Não sou mentiroso. Se tem mentira não é da minha parte. E eles vão ter que se retratar porque eles são profissionais e não podem agir como se fossem membros de um clube de pelada, irresponsáveis e colocar uma situação dessa expondo a situação do tamanho do Sport”, disse Pedro Lacerda. Veja, ao fim da matéria, a fala na íntegra, além de nota oficial do clube.

Quitado o pagamento do mês de abril, o Sport seguirá com o mês de maio em aberto, além do mês de junho nos próximos dias, que vence dia 10. Pedro Lacerda, aliás, está no comando do clube de maneira interina há cerca de três semanas, quando foi escolhido pelo Conselho Deliberativo (CD), órgão que preside, para assumir o Sport enquanto não é definido o novo presidente – eleição ocorre no próximo dia 15 – após as renúncias de Milton Bivar e Carlos Frederico.

Veja, na íntegra, a fala de Pedro Lacerda em entrevista

“Agradeço a oportunidade para reafirmar tudo o que foi dito mais cedo: hoje foi realizado o pagamento do mês de abril do futebol e do administrativo. O numerário já estava à disposição do clube, tínhamos nos comprometido com o elenco de que até o dia 10 deste mês seria efetuado o pagamento de abril. Quando conseguimos viabilizar o recurso, antecipei e determinei que a execução fosse realizada ao longo do dia de hoje, como de fato foi feito pela equipe financeira do clube. Então fui surpreendido há mais ou menos uma hora atrás com essa repercussão através das redes sociais de que o pagamento não havia sido realizado. Sou um homem respeitado, pai de família, advogado, que tenho palavra. Determinei o pagamento, que foi realizado. Se, por ventura, alguma TED ou transferência sofreu um problema técnico e não foi integralizado, amanhã, naturalmente, esse dinheiro vai retornar e será realizado o complemento do pagamento. Então gostaria de deixar claro, os jogadores têm conhecimento, a comissão técnica tem conhecimento, a diretoria de futebol está comigo integralmente alinhada nessa informação. O nosso prazo era o dia 10, antecipei para hoje. Se, por ventura, aconteceu algum problema, estamos no prazo e, mesmo que não estivesse no prazo, os atletas precisam ter uma consciência de profissionalismo e respeito à instituição. Eles sabem que o prazo está ainda distante e, se houve algum problema, deveria ter sido feita uma conversa dentro do ambiente do clube para se checar. Então fico perplexo com esse tipo de comportamento absolutamente reprovável que coloca essas pessoas que, por ventura, se colocaram assim, eles, sim, faltando com a verdade. Porque eu sou um homem de palavra. Eles sabiam da data e precisam, se assim fizeram, caso realmente isso tenha sido uma palavra deles, de se retratar. Porque o pagamento foi determinado, executado e mesmo que, por ventura, tenha acontecido algum tipo de falha na transmissão bancária, jamais deveria ser um comportamento público desses, uma vez que eles têm consciência do compromisso firmado”.

Os jogadores serão procurados?

“Para ser bem preciso, o pagamento foi determinado a execução e foi realizada hoje. Então o que estou esclarecendo apenas aqui é que eles sabem que foi realizada uma antecipação de quatro dias do nosso acordo. O prazo era dia dez, a execução foi hoje. Estou apenas frisando que se, por acaso, estiver acontecido, pontualmente, TED ou transferências que não aconteceram por um problema técnico, será realizada amanhã porque o numerário está disponível para o clube e jamais poderia, um profissional de qualquer segmento, se utilizar das redes sociais, de forma debochada, para falar com a verdade. Se tem mentiroso, não é o presidente do Sport Club do Recife nem a diretoria, composta por homens de bem, com serviços prestados ao clube e à comunidade esportiva pernambucana. Eu não vou tolerar comportamentos desse quilate. Se isso não foi uma felicidade coletiva ou um equívoco, eles terão que se retratar. E se não for, serão cobrados como funcionários do clube que são, devedores de respeito ao Sport Club do Recife, que é a entidade maior e seus empregadores. Eu não posso tolerar um comportamento desses como se se tratasse de peladeiros, irresponsáveis, colocando dessa forma um trato que eles sabem que vence no dia 10 e foi por mim antecipado para hoje. O Sport está acima de qualquer um e tem que ser preservado a instituição. É injustificável esse comportamento, que eu quero crer que será justificado”. 

A postura dos jogadores não pode ter a ver com o desgaste que chegou o Sport depois de tudo que vem acontecendo? 

“Independente de qualquer desgaste, tive a oportunidade de falar que não iria olhar para atrás. Temos que focar na solução e no futuro. Esou prestando um serviço ao clube, não dependo do futebol, sou um profissional liberal colaborando com a instituição que amo. Eles têm consciência que o prazo era dia dez e houve antecipação para o dia seis. Se houve algum equívoco pontual operacional, seria retificado como será. Minha forma de conduzir os assuntos do clube é olho no olho e com transparência, com a comissão técnica e plantel. Nada justifica qualquer mágoa ou situação com quem quer seja, uma atitude irresponsável, canalha e antiprofissional para com o clube, diretoria e comigo, que sou um homem de bem. Não sou mentiroso. Se tem mentira não é da minha parte. E eles vão ter que se retratar porque eles são profissionais e não podem agir como se fossem membros de um clube de pelada, irresponsáveis e colocar uma situação dessa expondo a situação do tamanho do Sport. Ninguém é maior do que o Sport. E eles precisam ter postura de profissionais. Se houve situação que faltaram com eles, não foi por mim. Pelo contrário: honrei, me desdobrei para colocar esse salário como de fato hoje o pagamento foi determinado. É preciso ter profissionalismo e maturidade. São jogadores e atletas profissionais que não poderiam, nem em tom de brincadeira, colaborar para uma estabilidade dessa em um momento tão difícil. Eu que sou voluntário estou tendo muito mais profissionalismo do que estrelas do futebol. Isso tem que ser dito. Sou um homem de bem, comprometido com o clube e não vou tolerar esse tipo de comportamento irresponsável e mentiroso que lança o clube numa situação de desgaste dessa”.

Veja nota oficial do Sport

Seguindo o que foi acordado com atletas, Sport paga folha de abril.

Sport Club do Recife informa que antecipando o que foi acordado com os atletas do Clube, o Sport quitou o salário de abril para atletas e funcionários. No acordo feito com os atletas, o pagamento deveria ser feito no dia 10 deste mês, no entanto, Clube realizou os pagamentos nesta terça-feira (6).

Os pagamentos, seguindo o que é de praxe no Clube, seguem um processo padrão e são feitos através de TEDs, depósitos bancários que têm um período para serem debitados. Por conta deste trâmite, ou por alguma falha pontual, alguns atletas podem não ter recebido na data de hoje (até o fim do dia). O Clube reitera que esses casos pontuais, terão seus pagamentos feitos na próxima quarta-feira (7).

Trending