conecte-se conosco
Joaquim Bezerra, presidente do Santa Cruz Joaquim Bezerra, presidente do Santa Cruz

PESanta CruzÚltimas

Santa Cruz: Joaquim Bezerra renuncia ao cargo de presidente do clube

Foto: Santa Cruz/Reprodução

Publicados

em

O presidente do Santa Cruz, Joaquim Bezerra, renunciou ao cargo máximo do executivo do clube. O Tricolor fez o anúncio na noite deste sábado, após a vitória por 2 a 1 em cima do Vera Cruz, pelo Campeonato Pernambucano. Quem assume o comando do Tricolor é Marino Abreu, presidente do Conselho Deliberativo coral. Ainda de acordo com o clube, novas eleições serão convocadas nos próximos dias. O estatuto rege, no seu artigo 68, que o prazo é de até oito dias e o novo mandatário será escolhido através de eleição indireta. Ou seja, escolhido pelo Conselho.

Na carta de renúncia, apresentada por Joaquim Bezerra ao Conselho Deliberativo, ele falou sobre dois fatores que pesaram para ele que chegasse a essa decisão. Primeiro, os ataques pessoais sofridos por ele durante a sua gestão, e segundo os rumores de que o grupo Ser Educacional, do qual ele é funcionário, estaria interessado numa futura compra do Santa Cruz, em caso do clube se tornar uma Sociedade Anônima do Futebol (SAF). Ele também se pronunciou através de vídeo divulgado pelo clube.

“Quero me dirigir à torcida do Santa Cruz, em especial ao quadro de sócios do clube, que estou renunciando ao cargo de diretor presidente do clube. Eu relutei muito para que isso não acontecesse. Busquei alianças políticas, busquei unir as pessoas diferentes do Santa Cruz, para que a gente pudesse, de uma forma ordeira e organizada, resgatar o que o Santa Cruz tem de melhor. mas infelizmente a gente não consegue fazer isso no dia a dia político do clube”, afirmou Joaquim Bezerra em vídeo divulgado pelo Tricolor.

“São duas razões fundamentais que me fazem antecipar essa saída. A primeira é pessoa. Não posso sacrificar a minha família e a as finanças da minha família em função das coisas que eu preciso proporcionar ao clube. E a segunda é a questão profissional. Hoje eu preciso escolher trabalhar no emprego que eu tenho, ou ser presidente do Santa Cruz. E a minha opção é continuar trabalhando, pois não tenho outra forma de manter o sustento meu e da minha família”, acrescentou.

Joaquim vê criação da SAF como crucial para o Santa

Ainda no pronunciamento, o mandatário falou sobre a forma que encontrou o clube em 2021, afirmando que atuou em mudanças estruturais nas dívidas do clube. Ainda segundo ele, a criação da SAF do Mais Querido é algo crucial para que o Tricolor possa ser gerido nos próximos anos. O ex-presidente falou que é a saída efetiva para que o clube se mantenha daqui para frente.

“Entendemos que a saída do Santa Cruz passa, efetivamente, pela criação da SAF e a venda do capital dela para um investidor. O Santa Cruz não tem como se manter, ser vitorioso, se não tiver uma injeção de capital estruturada daí para frente. Para a equalização da dívida, o Santa Cruz já tomou medidas, como um pedido de recuperação judicial para a reestruturação do seu passivo. Essa questão política é de fundamental importância, e precisa ser tratada de forma profissional”, pontuou Joaquim.

Vale lembrar que já foram apresentados os documentos para a proposta da SAF e o edital de convocação dos sócios também foi publicado, a ser realizada no dia 27 de março, a partir das 8h30. Clicando na imagem abaixo, é possível conferir mais sobre a situação dessa proposta, na análise do Blog de Cassio Zirpoli.

Joaquim Bezerra também falou que o não conseguiu ter paz no comando do clube, ao longo desse período em que esteve no cargo. Ele afirmou que os problemas causados pelos diferentes grupos políticos precisam ser deixados de lado e apoiar o futuro gestor do Mais Querido.

“Os diferentes grupos precisam entender que as suas diferenças políticas não podem ser maior que o Santa Cruz. O clube está agonizando e precisa efetivamente de ter sossego. O gestor que entrar no Santa precisa de paz, tranquilidade e apoio para trabalhar. E eu não tive isso em 14 meses de gestão. Isso é um ponto crucial”, completou.

Veja a carta de renúncia de Joaquim Bezerra, do Santa Cruz

Carta de Renúncia de Joaquim Bezerra do Santa Cruz
Foto: Reprodução/Santa Cruz

Confira a nota emitida pelo Tricolor

O Santa Cruz Futebol Clube informa que o diretor-presidente, Joaquim Bezerra, acaba de renunciar seu cargo. Neste momento, Marino Abreu, presidente do Conselho Deliberativo, assume como presidente e irá convocar eleições para os próximos dias.

Informamos que Joaquim Bezerra não concederá entrevistas sobre o assunto.

Trending

Copyright © 2020 NE45. Todos os direitos reservados